Psicóloga Responde

Dicas úteis para o dia-dia

Como esquecer um grande amor?

Caro leitor,

Recebi uma comovente carta de um rapaz perguntando quanto tempo leva para esquecer um grande amor. Em sua mensagem ele diz que já se passaram dois anos e ele não consegue esquecer.

Aqui compartilho a resposta porque penso que pode ser útil para muitas pessoas:
Meus caros sofredores de amor perdido saibam que cada pessoa reage de forma diferente e o tempo para esquecer, elaborar e se libertar do amor perdido é relativo. Não existe uma resposta exata.
Mas, mesmo assim partilho uma dica sobre o que pode ser feito para esquecer-se da maneira mais rápida possível um amor perdido.
Em primeiro lugar saibam que gostar ou não de alguém é uma escolha. Parece que inconscientemente você escolheu continuar gostando desta pessoa. Pode parecer um paradoxo que conscientemente você quer esquece-la e inconscientemente, não.
Por quê? Talvez você esteja aprisionado (a) no que esta pessoa representou em sua vida, nem é dela mesma que você gosta e quer (pelo menos não é esta que ela é hoje – esta pessoa que não te valoriza e não te deseja), mas você está preso nos significados da relação de vocês: como você se sentia com ela, o futuro que você planejou junto a ela, a família que construiriam, os sonhos, etc.

Pode ser também que o seu lado masoquista impede que você pare de sofrer por ela e faça com que você encarne o papel de vítima. Além disso, quando a gente perde um amor, junto a isso perdemos o passado (que planejávamos), o presente (que precisamos reinventar um novo cotidiano sem esta pessoa) e o futuro que eram nossas expectativas junto à pessoa. Você permanece preso a ela porque não conseguiu abrir mão de tudo isto. Será necessário aceitar a realidade, fazer o luto da relação que você sonhou para vocês dois e depois libertar-se para a nova realidade, novos sonhos, expectativas e planos. Enquanto a sua energia esta presa na melancolia, não fica livre para aceitar, pensar, planejar e encontrar novas possibilidades. Esta pessoa que você se relacionava, mesmo estando fisicamente viva, morreu. Ela não é a mesma que você considerava “o seu grande amor”. Aquela só existe em sua cabeça. Aceite isto, enterre o que já morreu e liberte-se para viver novas possibilidades!
Um abraço,
Léa

6 de Julho de 2012 Posted by | esquecer um grande amor | 1.354 Comentários

   

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 113 outros seguidores