Psicóloga Responde

Dicas úteis para o dia-dia

Amor platônico é saudável?

Abrindo o jogo ou partindo para outra, você tem que tomar uma atitude

Vladimir Maluf

Você vive um amor platônico por uma mulher? Que tal enfrentar a situação? De acordo com Léa Michaan, psicóloga, psicanalista e terapeuta de casais, “o mais saudável é quando o amor pode ser declarado e correspondido”. Se o amor precisa ser platônico, a dica dela é entender quais são as razões que levam você a conter este sentimento.

De acordo com Léa, existem vários motivos para o medo de se declarar apaixonado. “Se a pessoa se sente muito aquém daquele que ama ou se a pessoa amada é comprometida, por exemplo. Ou, ainda, se está apaixonado por uma mulher que não tem acesso, como uma estrela de cinema” exemplifica ela.

O primeiro passo, portanto, é descobrir primeiro os seus motivos e se é um amor possível. “Em geral, quando alguém vive uma paixão platônica, este alguém está vivendo em um mundo de fantasia e perdendo tempo de viver a vida real, portanto, o amor platônico não é saudável. Tira a pessoa da realidade”.

Amores possíveis

Se a mulher amada não faz idéia dos seus sentimentos, seja sincero. “É sempre bom falar a verdade, mas tenha cautela. Sonde o terreno antes de pisar nele e, na medida em que você for se sentindo mais seguro, vá abrindo seus sentimentos, mas sem assustar a moça”, aconselha a psicóloga Léa Michaan.

“Agora, se ela for dessas mulheres que gostam que lhe digam as coisas ‘na lata’ vá em frente, mas sempre dê uma sondada primeiro para não se arrepender depois.” E se ela é seu amor platônico, fica fácil conhecer o jeito dela apenas observando o seu comportamento – coisa que você já vem fazendo.

Amores impossíveis

Saiba enxergar se a relação não tem como dar certo. Nesse caso, a recomendação de Léa é partir para a outra. “Infelizmente, nem sempre mandamos em nosso coração”, concorda a psicóloga, mas lembre-se que é preciso sublimar um sentimento fantasioso que não tem futuro. “Parta para outra, mas não use uma mulher para tentar esquecer alguém. Isso faz mal para ambos, quem usa e quem é usado”.

Eles sofreram, mas superaram

“Vivi um amor platônico por uma pessoa que me desprezava e, para ser sincero, essa história ainda me incomoda um pouco”, conta Paulo*, 32 anos. “Na verdade, ela sabia dos meus sentimentos, apesar de eu tentar esconder, e abusava disso. Me iludia e tirava proveito toda vez que precisava”. A solução que ele encontrou foi ocupar a mente com outras mulheres.

“Não conseguia me apaixonar, mas comecei a viver aventuras que me fizeram bem. Aos poucos, me afastei dela e do grupo que frequentávamos. Nunca mais telefonei e evito ao máximo os encontros”, conta o homem que admite que, enxergar que era perda de tempo se dedicar a essa mulher, foi a melhor saída.

A amada de Jorge* era bem diferente da de Paulo. O homem de 33 anos era apaixonado por uma mulher casada e ele, também casado e com filhos, não conseguia desatar o nó. “Ela é uma mulher especial, maravilhosa. Tanto que jamais trairia seu marido ou permitiria que eu traísse a minha mulher”. Mesmo assim, depois de muito tempo, ele abriu o jogo.

“No princípio, ela ficou assustada, mas me tratou com muito carinho e respeito. Fez com que eu entendesse que a relação era impossível”. Hoje, o casamento de Jorge acabou. O dela, não. “Ela me ajudou a enxergar que era no meu casamento onde estava o erro. Agora, solteiro de novo, tenho um relacionamento muito saudável e que me completa”.

Anúncios

28 de Julho de 2009 - Posted by | relacionamento afetivo

5 comentários »

  1. Uma gracinha, ela. Sua confidente, amante platônica ou sei lá o quê, compreensiva, só analisando os erros dos relacionamentos dos outros. Assim fica fácil e ainda sai de boa. Idônea, amiga, compreensiva, fiel. E os erros do relacionamento dela vc tb analisou ou ela sequer comentou????

    Gostar

    Comentar por Lucia | 15 de Fevereiro de 2012 | Responder

  2. Tive um amor platônico mas após 2 anos, o cara me beijo é depois daí ficamos mais algumas poucas vezes. Não rolou sexo, só mesmo intensos beijos e abraços (sentia o coração dele bater forte enqnto nos beijavamos).
    Não sei o motivo mas ele do nada n quis mais saber de mim, passou a me evitar e até de cumprimentar. Atualmente soube por ele mesmo q ele está num relacionamento, mas mesmo tendo se passado meses n consigo esquece-lo e o meu amor “platônico” por ele parece ter retornado. Isso é possível reviver um amor q um dia deixou de ser platônico e passou para a esfera real?
    Pergunto pois, mesmo q ele tenha deixado bem claro q nda quer comigo, sinto uma imensa necessidade de me ideclarar a ele, contar tudo q eu sinto por ele mesmo antes de a gente ter ficado. Não sei se é conviniente dizer isso ele,mas, é pq prá mim é algo tão intenso q gostaria q ele apenas soubesse oqnto eu gosto dele e nada mais. Estou fazendo terapia, pedindo conselhos aos amigos e todos são contra eu me declarar já q o rapaz já chegou até ser rude comigo, mas, n sei pq é mais forte q eu, parece algo de ordem espiritual, preciso falar c ele e nda mais. N me importa o q le vai achar se vai me desprezar, o q for…sinto uma inmensa vontade de fazer c ele saiba e nda mais.
    Gostaria de saber qual é a sua opinião. Desde já agradeço.

    Gostar

    Comentar por Floriana | 16 de Novembro de 2012 | Responder

    • Olá Floriana, penso que nem é dele que voce gosta e sente tanta falta, mas do jeito que você ficava em relação a você mesma, ao mundo, aos outros e a vida quando estava junto a ele. Você quer dizer para ele o que sente em relaçao a ele porque nao suporta a indiferença, você sente necessidade de mobilizá-lo, mexer com ele, fazer com que ele olhe pra você, te escute, coloque a mente e as emoções a teu serviço, nem que seja apenas por alguns momentos, e nem que depois ele te despreze mais. Mas, ele não é a pessoa significativa e expressiva que vai ajudar voce a se constituir e se fortalecer. Você está investindo na pessoa errada, voce esta idealizando-o, acreditando que a pessoa que irá preencher o seu vazio interno é ele, mas pela maneira que ele te desconsidera, penso que você está enganda. Ele só vai te enfraquecer e aumentar o rombo de sua carencia e vazio interno. Procure alguém mais sensivel, que se importa mais com você, que te acolha, e qu e abra espaço dentro da subjetividade dela pra voce se constituir. Esta pessoa não é ele. Desejo força e felicidade, Um abraço, Léa  

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 16 de Novembro de 2012 | Responder

  3. Boa tarde . Conheci uma pessoa à quase 35 anos atrás e o mais íntimo q tive foi um beijo q fez meu coração e o dele bater muito forte, sensação q nunca mais senti com ninguém, tinha meus 16 anos e ele 19 mas o destino nos separou e nos casamos com outras pessoas. Durante 12 anos de casada esse sentimento me acompanhou q ao passar dos anos hj eu com quase 33 anos de casamento . Depois de uma troca de e-mail e de ter falado uma só vez por telefone com esta pessoa meus sentimentos vieram a tona mas impedida de reviver pois temos nossas família s. O q fazer ?

    Gostar

    Comentar por Jacqueline | 4 de Setembro de 2016 | Responder

    • Aceitar o que é possível você ter que, por enquanto, são as lembranças de um amor. Recordar é passar de novo no coração e tudo o que você pode viver agora são estas lembranças.
      Se depois estes encontros fortuitos forem levar vocês para outros caminhos. As coisas podem mudar. Vocês precisam ponderar, pensar, e sempre lembrar que existem famílias em jogo, porque se as ações não forem bem pensadas, poderão magoar muitas pessoas, inclusive vocês próprios,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 16 de Setembro de 2016 | Responder


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: