Psicóloga Responde

Dicas úteis para o dia-dia

Minhas amigas já se tornaram mulheres e eu ainda não. E agora?

Na adolescencia algumas meninas ficam incomodadas em verem que suas amigas estão mudando, virando ‘mulheres’, e com ela isso ainda não aconteceu (como ter a primeira menstruação, por exemplo). Como lidar com isso? Qual a melhor pessoa para pedir ajuda?

Olá querida leitora, é muito comum a gente ficar se comparando com a colega e se sentir pressionada quando vemos que algo aconteceu antes com ela do que com a gente. Pode ser a menstruação que chegou primeiro para a amiga, pode ser o desenvolvimento dos seios, pode ser o primeiro beijo, o pedido de namoro, etc. Saiba que cada pessoa é diferente da outra e assim como é diferente o tempo de cada um para brincar, amadurecer, menstruar e namorar. O melhor é poder aceitar o timing interno do nosso organismo e curtir a vida conforme o nosso tempo interno de forma espontânea e sem comparação. A comparação entre as pessoas é uma grande injustiça, porque cada um nasce com habilidades diferentes, organismos diferentes, educação diferente, genes diferentes, tendências diferentes e talentos diferentes. Saiba que a maior parte do tempo da vida de uma mulher ela esta menstruando. Então se a sua menstruação não chegou ainda, aproveite para curtir ao máximo este delicioso tempo de menina. Garanto que depois você sentirá muita saudade!

A melhor pessoa é uma adulta experiente com a qual você se sente acolhida e a vontade para falar de suas questões intimas. Se for a sua mãe, ótimo, se não, pode ser uma tia, uma professora legal, a psicóloga da escola.

P: Qual a melhor forma de abordar os pais para pedir ajuda e aconselhamento? É um momento importante, mas de conflito, como ‘amenizar’ esses sentimentos?

LM:A melhor maneira de conversar com os pais e ser sincera e preparar um pouco o terreno antes de falar para não haver decepção. Diga que você gostaria de falar sobre um tema natural, muito importante para o momento da sua vida, mas que você tem receio de não ser levada à sério. Isto os ajudará a se abrirem para você e legitimarem seus sentimentos. Diga para eles se colocarem no seu lugar, lembrarem-se de quando eles próprios eram adolescentes.

Saiba que adolescentes ainda não possuem experiências de vida e por isso todas são inseguras! Algumas para encobrir a insegurança fingem serem as donas da verdade. Não agem assim por mal é uma defesa. Estas talvez sejam as mais inseguras, porque nem conseguem assumir este aspecto, tanto que nem conseguem entrar em contato com a própria insegurança. A indecisão e os conflitos internos são muito comuns nos adolescentes. Quando você viver algum conflito e não souber o que fazer, não faça nada. Tente tolerar o não saber. É melhor do que fazer algo e se arrepender depois.

P:E entre as amigas? Vale pedir ajuda e conversar ou melhor buscar alguém mais experiente?

LM: Conversar com as amigas da mesma idade é muito gostoso porque elas vivem exatamente o momento de vida que nós vivemos. Com certeza nossos assuntos não interessaram aos nossos pais assim como os deles não interessam a nós. Mas, quando for uma questão séria, ou alguma decisão, sempre é bom a orientação de alguém mais experiente.

P:Como lidar com as ‘competições’ entre as meninas? (Desde quem está mais avançada corporalmente até quem está mais avançada com os meninos…) Em alguns casos pode ser melhor se afastar das amigas?

LM:Se você tem alguma colega que tira sarro das amigas, rebaixa os outros, vive falando mal e só registra os aspectos negativos das pessoas, saiba que ela é destrutiva. Com certeza ela não faz isso por mal, mas é porque sente inveja e precisa inferiorizar os outros para se sentir bem consigo mesma. Ela com certeza sofre, embora não pareça, mas é uma companhia que não levará você a crescer e evoluir. Viver competindo é muito ruim porque impede você de curtir o momento. O tempo todo a sua mente fica pensando: quem é mais bonita? Que vestido é mais da moda? Você olha o tempo todo para as outras e coloca muita energia nisso e acaba faltando para você se envolver com os amigos, desfrutar e curtir a vida. Enfim competir é perder tempo da vida. Cada pessoa tem qualidades diferentes e se você ficar competindo, a competição engolirá a sua criatividade.

Se sua amiga já ficou com meninos e você ainda não. Não se preocupe, cada um tem o seu tempo, e um segredinho para te tranquilizar: Quanto mais tempo demorar a transformação de menina para mulher, mais encantadora ela será. Ou seja, tudo que é feito rápido demais, em geral, não é feito com capricho. Tenha paciência, deixe o tempo fazer o trabalho dele em você, afinal, qual é a pressa? Ninguém ficou menina para sempre!

P:Em geral, qual a melhor forma de contornar esses probleminhas da puberdade?

LM:A puberdade é um momento de transição. Na puberdade já não somos mais crianças, mas também ainda não somos adultos, por isso parece que não nos encaixamos em nenhum lugar. Nosso corpo sofre transformações e a gente ainda não sabe lidar com o corpo que está indefinido. Os hormônios agem dentro de nós a todo vapor e precisamos dar vasão aos impulsos que nos inquietam. Saber disso ajuda você, a saber, que tudo o que está passando é normal e isto diminui a sua ansiedade e angustia. Tenha paciência com você. Tente pensar antes de agir. E aproveite para curtir ao máximo, com responsabilidade, esta fase tão difícil e deliciosa da vida.

 

Anúncios

20 de Fevereiro de 2012 - Posted by | adolescencia: quando há demora para se tornar mulher

6 comentários »

  1. Olá Léa!Minha filha tem 11 anos e meio, preciso muito de sua orientação a respeito de como agir com ela.É uma menina bem inocente em comparação com as amigas da turma.Em certos momentos age como uma pré adolescente,quer ser independente, mas ao mesmo tempo tem atitudes bem infantis.É a única q acredita em papai noel ainda, as amigas zoam com ela, mas ela bate o pé firme q ele existe pra quem acredita, pois foi oq sempre falamos pra ela.Achamos q naturalmente esse ano ela já teria formado outra opinião a respeito disso, mas não foi oq aconteceu.Agora disse q pediu ao papai noel um presente q não está ao nosso alcance pra comprar, tentamos argumentar dizendo q ele não dá presentes caros mas ela contestou dizendo que esse será o último ano que vai poder pedir pq ano q vem já terá 12 e aí ele não atende mais aos pedidos.Eu e meu esposo não sabemos oq fazer ,pq além de não termos condições de comprar oq ela pediu, ainda temos a preocupação por ela ainda acreditar nisso.Enfim Léa, nos ajude.Devemos ou não contar a verdade? De que forma fazer isso sem talvez decepcioná-la.Até onde isso é saudável ou não?Obrigada!

    Gostar

    Comentar por Michelle A. De Paula Ferraz | 12 de Dezembro de 2016 | Responder

    • Lea, por favor, não deixe de me responder,preciso muito da sua ajuda.O natal está chegando e preciso de uma solução.Obrigado!

      Gostar

      Comentar por Michelle A. De Paula Ferraz | 14 de Dezembro de 2016 | Responder

    • Diga a ela que o papai noel tem muitas crianças pra atender e o dinheiro não vai dar pra comprar presentes caros. Se ele comprar coisas caras vai faltar dinheiro pra comprar para outras crianças.
      Dizer isto é educativo porque a criança começa a dar valor pras coisas e desenvolve a compreensão de como funciona o dinheiro.
      Diga que o papai noel pediu para os pais conversarem com seus filhos e para eles pedirem um presente mais barato porque este ano tem crise. Diga que crise é que as pessoas estão sem muito dinheiro. Peça pra ela pensar em algo mais barato. Você pode ajudar olhando o que é podsivel comprar pela internet,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 14 de Dezembro de 2016 | Responder

    • Diga a ela que o papai noel tem muitas crianças pra atender e o dinheiro não vai dar pra comprar presentes caros. Se ele comprar coisas caras vai faltar dinheiro pra comprar para outras crianças.
      Dizer isto é educativo porque a criança começa a dar valor pras coisas e desenvolve a compreensão de como funciona o dinheiro.
      Diga que o papai noel pediu para os pais conversarem com seus filhos e para eles pedirem um presente mais barato porque este ano tem crise. Diga que crise é que as pessoas estão sem muito dinheiro. Peça pra ela pensar em algo mais barato. Você pode ajudar olhando o que é podsivel comprar pela internet,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 14 de Dezembro de 2016 | Responder

      • Obrigada Léa por responder!!!Mas e qto a ela já ter quase 12 anos e ainda acreditar, isso é normal, ou devemos nos preocupar com a sua imaturidade?Temos medo q ela passe vergonha ou seja excluída do grupo das amigas por ser muito infantil.O pai dela acha q devemos contar q papai noel não existe.

        Gostar

        Comentar por Michelle A. De Paula Ferraz | 15 de Dezembro de 2016

      • Digam para ela que no mundo existem duas dimensões: uma dimensão simbólica e outra concreta.
        Simbólico se refere a tudo que representa algo, mas não é a coisa em si. Por exemplo, papai Noel representa o amor, a solidariedade, a fraternidade e a união entre as pessoas. Por isso, alguém se veste de papai Noel para concretizar estes sentimentos que pairam no Natal.
        Por isso na época do natal existe “papai Noel”. No sentido simbólico.
        A alegria e a fraternidade que a figura do papai Noel representa e invade nossos corações quando vemos ele é verdadeira!

        Gostar

        Comentar por leamichaan | 26 de Dezembro de 2016


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: