Psicóloga Responde

Dicas úteis para o dia-dia

O que fazer quando “Não consigo viver sem o outro” ?

Quando a gente pensa que não pode viver sem outra pessoa, é porque não estamos conseguindo ser companheiros de nós mesmos. É porque só sentimos que nossa existência faz sentido na presença do outro, perante e diante do outro.

Isto acontece porque não desenvolvemos a capacidade de nos relacionarmos com nós mesmos.

Dizer “não consigo viver sem ele” é sinal de que estamos com problemas.

Lembre-se, para haver uma relação a dois é preciso antes de tudo que haja um.

Alguém que diz “não consigo viver sem ele” não está integrado, não se formou como uma pessoa inteira e é bem comum que o outro desta relação sinta-se sufocado.

Quando alguém diz: “Não posso viver sem ele”, é sinal que a autoestima está prejudicada, e que a pessoa só encontra sentido em sua existência para o outro porque sente que viver para si mesma é impossível, não vale a pena, é pouco.

Sugiro a você, que se identificou com este artigo, procurar uma ajuda profissional para cuidar de sua autoestima, desenvolver a capacidade de ser companheiro de si mesmo e tornar-se uma pessoa integrada.

Só assim você poderá viver plenamente uma relação de amor saudável e feliz.

Um abraço,

Léa

20 de Setembro de 2012 - Posted by | O que fazer quando "Não consigo viver sem o outro" ?

165 comentários »

  1. Estou a beira da morte ou como posso dizer ja estou morta a vida pra mim ja não tem sentido não quero fazer mais nada a não ser morrer porque nesse mundo nada me agrada mais isso tudo porq conheci uma pessoa que namoramos 1 ano e 2meses dentro desse tempo agente ja terminou e voltou umas vinte vezes ou mais é assim ele quando quer ficar sozinho inventa desculpas e termina depois vai pra farra os final de semana quando acaba o fim de semana depois que ele fez o que quiz vem chorando e falando q me ama e eu acabava voltando depois dentro de uma semana a mesma historia se repetia e eu voltava de novo sempre na esperança q dessa vez tudo ia ser diferente acabamos de terminar de novo e luto pra não voltar com ele mais, mais uma coisa dentro de mim mais forte do que eu diz q não consiguirei viver sem ele mesmo ele me fazendo sofrer tanto estou com ele não estou feliz ,sem ele tbm não sou feliz o que é isso não sou normal ou não sei amar peço ajuda.

    Gostar

    Comentar por josy | 30 de Setembro de 2012 | Responder

    • Cara Josy, sua vida parece estar totalmente vinculada a este homem, e isto não é saudável, aliás, é doentio. Sem ele você está morta? Por isso ele não te valoriza, pois nem você mesma se valoriza. Está na hora de começar a se interessar por alguém que te ama, e te valoriza e para isso poder se dar valor e viver por você mesma, caso contrário você fica obssecada pelo namorado e sufoca-o, não se dá valor e ele também não. Viva por você e não pelo outro,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 3 de Outubro de 2012 | Responder

    • Minha esposa faleceu por um nada, há 1 ano ano e 3 meses. Éramos casados há 33 anos. Começamos a namorar, tinha completado 19 e ela 18 anos. Nunca nos separamos!. Só em perdê-la minha deixava louco de pensar. Hoje, sofro, choro, apareceu uma pessoa na própria família, mas não consigo deixar de pensar na minha esposa falecida.Ela era evangélica e me levou, também, a conhecer o Deus vivo. Deixou dois filhos, um solteiro e outro casado. Sinto que minha vida acabou, não tenho mais brilho e entusiasmo para nada, e somente Deus poderá explicar o porque disso, e se quiser!. Como também, lavar o nosso coração e seguir a nossa vida. Muito difícil, mesmo!. O seu caso, minha querida amiga, é menos dolorido e emotivo, uma vez que, se abrir os olhos e olhar para sua relação com o seu namorado, verá fragmentos e fragilidades de comportamentos e confiança do mesmo. Acho que você está se deixando trair pela emoção de uma fantasia. Se o seu namorado já apronta hoje, imagine quando vocês, se for o caso, chegarem a casar-se?. Pense nisso!. analise bem!., quem sabe, orando a DEus Ele poderá abrir os seus olhos e partir para frente!. O bastante é confiar em Deus e valorizar um pouquinho , você!!. Deus te abençoe!!. walmiruchoa@gmail.com

      Gostar

      Comentar por Walmir U. Araújoi | 17 de Junho de 2015 | Responder

      • Se ela te levou a conhecer Deus. E vc sabe a boa pessoa que era é… então não acha que esta sendo egoísta?
        Ela esta com ele agora. Porque a missão dela aqui foi concluída.
        Doi pq queremos ter a pessoa que amamos, e não teremos mais. Porém a bíblia nos mostra claramente que a morte nada mas é que a passagem para vida… ela esta em um lugar maravilhoso. Coitado e de nós que ainda estamos no mundo de cão.me sinto assim também, mas vou brincando de felicidade ate encontra ela verdadeiramente!

        Gostar

        Comentar por Paula | 24 de Janeiro de 2016

    • Josy, você já tentou se adaptar a essa situação? Veja bem, o fato de ele querer sair final de semana sozinho não significa que não te ama e que não queira estar com você….significa que precisa de vez em quando de se divertir sozinho. Mas se você não aceita essa condição melhor encontrar outra pessoa. Quando duas pessoas se amam e querem estar para gente juntas é preciso fazer adaptações. Nos relacionamentos tem que existir racionalidade. Você não precisa viver um modelo de relacionamento, não existe isso.

      Gostar

      Comentar por Solange Maia | 18 de Novembro de 2016 | Responder

  2. Ai minha amiga meu marido foi embora a 4 meses mas tinha-mos uns reencontros de vez em quando sendo que agora descobri a existencia de uma outra mulher! O que devo fazer?

    Gostar

    Comentar por Giselle gouveia de moura | 10 de Janeiro de 2013 | Responder

  3. eu não do conta de fica cem minha mulher ela termino tudo mais não to conta de aceita isso eu vou atras dela e ela não ta nei ai pra mim eu to lutando mais ela falou qui e luta perdida qui nao mim que mais mais nao to conta de viver cem ela que qui eu faço ….

    Gostar

    Comentar por jhony | 1 de Fevereiro de 2013 | Responder

    • Nós somos aquilo que acreditamos! Acredite que você sim pode viver sem ela. Você não nasceu grudado nela, e esta relação de dependencia faz mal aos dois, é sufocante e doentia. Primeiro você precisa aprender a viver com voce mesmo sem a dependencia do outro, e depois poderá viver uma relação afetiva madura e sadia.
      Pense nisso!
      Felicidades,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 1 de Fevereiro de 2013 | Responder

  4. Olá Léa,eu me enquadrei em algumas coisas desse seu post e minha amada já me disse que não quer absolutamente nada comigo,ela diz que achava que gostava de mim e descobriu que não gosta,eu persisti várias vezes,me humilhei e fui pisado por uma segunda chance mas ela não quer. Estou tentando esquecer ela,porém ela ainda quer minha amizade (eu continuo sendo amigo dela porém eu não sei se faço isso porque ainda a amo) e eu não sei se vou conseguir conviver com ela sendo apenas um amigo,afinal o sentimento de afeto que criei por ela é que foi responsável por aprofundar tanto em uma amizade e ter algo com ela. O que pode me dizer dessa situação?

    Desde-já lhe parabelizo por esse blog,pois ajuda muitas pessoas!!

    Gostar

    Comentar por Iago | 8 de Fevereiro de 2013 | Responder

    • Agora é hora de pensar em você. Se você sente atração por ela e a quer como mulher, porque vai se sacrificar para ser amiguinho dela? Só para contentá-la? Se você sente que ainda a ama e ela já disse que não quer nada além de amizade com você, faça o que é melhor para você. E o melhor para você é retirar suas energias dela, deixar de pensar nela e de ve-la. Caso contrário você estará colocando o sofrimento em sua vida. Além do mais, saiba que se ela não te ama é porque não te merece e não poderá fazer você feliz. O fato dela não te amar não retira de você o seu valor e o merecimento de ser amado e feliz!

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 8 de Fevereiro de 2013 | Responder

      • Obrigado Léa,suas palavras me fizeram refletir muito na decisão que tenho de tomar para voltar a viver minha vida normal,sem ela. Tá sendo um processo lento,difícil e doloroso,mas não aguento sofrer mais com isso,é muito desgastante e cansativo!

        Gostar

        Comentar por Iago | 10 de Fevereiro de 2013

    • Nossa,eu vivo a mesma situação,tõ enlouquecendo,amo meu ex e ele diz me querer apenas como amiga,mas as vezes ele quer ficar comigo,e eu muito idiota acabo me entregando,depois sofro mais ainda,porque ele some por um tempo e depois volta,é torturante.

      Gostar

      Comentar por Simone Martins | 27 de Maio de 2015 | Responder

  5. estou vivendo essa situação atualmente na minha vida,namorei com a mesmo pessoa durante 5 anos e estou casada com ele, nisso já se vão 13 anos atualmente. E ultimamente estou dia sim dia não tendo brigas banais q rápidamente se transformam em um DSEUS NOS ACUDA ele diz q a culpa é minha e realmente eu num sei como é q só ele chegar perto q dá uma raiva do nada até q ele tá sendo paciente mas, uma hora essa paciencia acaba né…e eu diise q ia procurar uma ajuda e é o q eu estou fazendo AGORA MAS ELE DIZ Q VAI TERMINAR ai eu fico sem chão sei que AMO ele, mas estou confusa no momento perdida pra falar a verdade e nossas filhas são pequenas me ajude por favor!!!!

    Gostar

    Comentar por dianilce carmem do nascimento martins | 7 de Março de 2013 | Responder

    • Minha cara Dianilce, você transformou o seu esposo no depositario de suas frustrações. De forma inconsciente você o responsabiliza por todas as suas frustrações em relação a sua vida, seus desejos e seus sonhos. Por isso sente tanta raiva dele. Retire esta carga negativa de seu marido. Saiba que você é a única responsável pela vida que tem. Sabendo disso voce poderá pouco a pouco transformando a sua vida e a sua existencia de forma que seja mais satisfatória para você, enquanto você o culpa por tudo, você tem ódio dele e não atina que a força motriz para mudar está só em suas mãos. Como disse o filosofo Sartre: “O inferno são os outros”
      Felicidades,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 8 de Março de 2013 | Responder

      • Léa de que maneira posso melhorar essa situação… me dê uma luz uma direção pois não quero fikar assim por favor

        Gostar

        Comentar por dianilce carmem do nascimento martins | 8 de Março de 2013

  6. Agora você já sabe, já tem consciencia sobre os seus sentimentos e a carga negativa que deposita nele. Então quando a raiva vêm, ao invés de descarregar sobre ele, pense! Pense, e pense. O caminho para a felicidade é pensar antes de falar, brigar e agir. Não deixe o impulso ir da “barriga” para a lingua. Antes de descarregar pense.

    Gostar

    Comentar por leamichaan | 9 de Março de 2013 | Responder

    • Muito obrigada Léa vc está me ajudando imensamente bjus

      Gostar

      Comentar por dianilce carmem do nascimento martins | 11 de Março de 2013 | Responder

  7. Boa noite Lea!
    Estava procurando algo que me ajudasse diante do meu problema.
    Acho que o meu caso é o pior e mais estranho de todos. Conheci uma pessoa em 2004 e me apaixonei por ele instantaneamente. Peguei seu telefone com o amigo dele e liguei pela primeira vez. Nos encontramos algumas vezes e eu me apaixonei de vez. No começo nos viamos com frequencia, ele dizia que gostava de mim, porém ele desaparecia, ficava semanas sem dar noticias e as vezes eu ligava e não o encontrava. Quando conseguia falar com ele as vezes marcavamos de nos encontrar e era só. Depois ele sumia novamente. Com o tempo ele foi se distanciando ainda mais e os encontros ficaram cada vez mais espaçados. A minha paixao aumentava a cada anos que passava. Um dia eu o chamei para conversar e explicar sobre o amor que sentia, ele disse que nunca me amou, que queria ser livre e que era pra eu não o procurar mais. Disse ainda que poderia ser que com o tempo ele mudasse. Eu nunca quis invadir sua vida, sempre respeitei o fato de ele querer ser livre, mas a saudade me torturava e eu sempre ligava para implorar uma migalha de seu amor. Ele vinha me encontrar, mas sempre deixava claro que não sentia nada por mim. O tempo passou, esse amor cresceu ainda mais. Ficamos um bom tempo sem se ver e se falar, nas ultimas vezes que eu falei com ele ele foi mto gentil e educado, mas me tratou com frieza. O meu amor por ele so aumentou nesses ultimos anos. Embora ele nunca me desse, eu tinha esperanças de ele mudar e se cansar da vida que vivia e um dia ficarmos juntos, já que ele me disse uma vez que poderia mudar. Pois bem, no começo de fevereiro ele foi assassinado, e com ele morreu um pedaço de mim. Embora nunca tenha tido chances com ele e ter sofrido demais esses longos anos, eu o amava demais e tinha esperanças de reencontrá-lo. Estou sofrendo muito com sua perda, principalmente por ter tido ele tão pouco em minha vida. Por favor Léa me ajude, não tenho amigos e preciso de um conselho, estou enlouquecendo. Sinto um buraco no peito, um vazio enorme, vontade de morrer.
    Agradeço imensamente sua atençaõ.

    Gostar

    Comentar por vitória | 14 de Março de 2013 | Responder

    • Cara Vtória. Quando uma pessoa morre, nós costumamos idealizá-la. Você amava o modo como se sentia junto a ele.
      Pelo que li, você é uma pessoa com garra que vai atrás do que quer. Não deixe que esta fatalidade estrague esta energia que há em você.
      Você estava “aprisionada” pelo fascínio que esta pessoa exercia sobre você, mas agora ele não existe mais. Você pode chorar, ficar triste, mas precisa “enterrá-lo”, sem nenhuma parte sua junto!
      Ele pode ficar na sua lembrança como algo bom e bonito que acabou, mas, é primordial que você reencontre a sua garra e vá em busca de alguém junto a quem ser feliz. Parece que com ele você sofria muito, mas estava aprisionada. Liberte-se e seja feliz,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 15 de Março de 2013 | Responder

      • Obrigada Lea poe sua ajuda. Eu ainda estou mto amargurada, choro demais, não consigo mais trabalhar e penso nele 24 horas por dia. O que mais me entristece é que eu acho que durante esses anos eu poderia ter lutado mais por ele, ter feito tudo diferente, pois no começo ele parecia também gostar mto de mim. A vezes acho que deve ter se irritado com algumas atitudes minhas sei lá, mas tudo que fiz foi sempre no intuito de agradá-lo. Sinto um vazio mto grande, acho que o deixei escapar por entre meus dedos devido a alguma infantilidade ou imaturidade e agora que ele se foi pra sempre não terei como recupera-lo. Só sei que perdi de vez a vontade de viver, se antes a minha vida já não me motivava, agora tudo se perdeu de vez.

        Gostar

        Comentar por vitoria | 15 de Março de 2013

      • Penso que você estava obsecada por ele. Você colocou nele seus sonhos de futuro e vivia para agrada-lo, então também depositou nele o seu presente. Agora que ele não vive mais o seu mundo caiu. Você investiu tudo nele e todo o resto ficou desinvestido, perdeu o sentido. Talves você precise de ajuda profissional. Procur uma terapia.

        Gostar

        Comentar por leamichaan | 17 de Março de 2013

      • Boa tarde Lea.
        Realemente eu preciso mesmo de uma terapia, estou procurando por uma boa psicologa gostaria de saber sobre seu atendimento particular, preços e funcionamento. Por gentileza me passe por email? Estou mto pprecisando de ajda, antes que seja tarde e eu não consiga mais sair do buraco que estou me afundando. Desde já agradeço e fico no aguardo.

        Gostar

        Comentar por vitoria | 17 de Março de 2013

      • Meu e-mail é: leamichaan@uol.com.br

        Gostar

        Comentar por leamichaan | 17 de Março de 2013

  8. Lea, conheci seu blog a pouco tempo, parabens pelo belo trabalho, pois vendo casos parecidos com o meu acaba me ajudando de certa forma, enfim, quero contribuir com aqueles que sofrem..
    A 4 anos conheci um rapaz, nos gostamos de imediato, namoramos eu estava perdidamente apaixonada, e entao a boa fase passou e começamos a brigas muito mas morria de medo de perde-lo. Ele era mto ciumento e imaturo.
    Namoramos por 1 ano e meio e terminamos diversas vezes… e mesmo depois de terminar nos encontravamos as vezes eu amava conversar com ele e teve uma epoca que ate achei que nao gostava mais dele, mesmo sabendo que ele ainda gostava de mim, pensando nisso decidi dizer a ele que estava gostando de outro rapaz, que nos sabiamos que esse dia chegaria.. mas era mentira, uma maneira que encontrei de fazer ele me deixar viver mais livremente e de que ele se apaixonasse de novo por outra menina. Até que tudo que eu desejava pra ele aconteceu, ele conheceu uma menina 10 anos mais nova que ele (ele tem 25) na minha cabeça é ridiculo, mas depois que descobri que ele realmente tinha seguido em frente minha vida que nao era das melhores piorou… senti que estava enlouquecendo, como se nao bastasse a diferença de idade ela mora a 150km de distancia dele.. no dia que começou o namoro eu ja estava implorando pra ele voltar pra mim que nao era certo, era perigoso esse relacionamento,ficamos um tempo sem se falar mas nao consigo me manter distante… eu acho que sei de tudo que tenho que fazer pra esquecer oq ele foi pra mim, mas nao consigo, nao consigo nem sair da cama sair da cama sem pensar nele… as vezes sinto que amo perdidamente, as vezes acho que só nao gostei de ser passada pra tras mas sempre chego a conclusao de que quero viver minha vida com ele mesmo com as dificuldades.,, uma semana antes de começar a namorar ele me disse que ainda gostava de mim.. e agora ja diz amar a nova namorada (tem 1 mes de namoro).
    ele diz que estou no passado dele, na maior naturalidade, como se os 4 anos fossem 4 dias…
    Sinceramente nao sei oq fazer, dia estou bem dia estou mal, me prejudicando inclusive em meus estudos (4 abo de ciencias contabeis) e em meu trabalho… pois a todo momento saio da minha mesa para chorar…
    Não sei se estou com depressão mas nada me anima, estou sendo o tipo de pessoa que torna uma festa em velorio.
    Não sei se devo ir atras dele e implorar por diversas outras vezes, que ele pense na gente no que vivemos e pondere as coisas como eram…como eu gostaria que voltassem a ser, me ajuda…
    Me magoei muito com ele e ele sabe… em resposta a isso eu tambem acabei o magoando…
    Ultimamente nao estou vivendo e sim sobrevivendo…. sem querer mais sobreviver

    Gostar

    Comentar por Cristina | 16 de Março de 2013 | Responder

    • Penso que esta pessoa nao é merecedora de todo o seu amor. Nem ele e enm ninguém, porque depositar todo o nosso amor em uma só pessoa não é saudavel.
      Saudável é transitar amando diferentes pessoas e áreas da vida: Amigos, família, trabalho, estudos, lazer, esporte, cultura, etc.
      Penso que voce viveu carencias importantes no passado e elegeu esta pessoa para suprir todas as suas carencias afetivas. Isto e mal porque você pode, sem querer sufocar o outro. Sugiro que você procure um profissional e faça terapia para resolver as questões do passado e desenvolva a capacidade de amar de maneira saudável e possa escolher alguém que te mereça. Tambem o trabalho terapeutico te ajudará a enxergar sentido nas utras áreas da vida além do amor.
      Você merece viver, e não apenas sobreviver e ainda sem querer sobreviver!
      Seja feliz!!
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 17 de Março de 2013 | Responder

    • Olá Léia, a minha situação é um pouco diferente. Namorei durante quase 5 anos um rapaz. Durante esse tempo terminamos e voltamos 3 vezes.Numa das vezes que terminamos foi porque eu descobri que ele me tinha enganado com outra.Eu estava estava em erasmus e ele em Portugal, a gente se falava todo dia pelo msn ou skype e pelo telemovel tbm.No entanto eu notei que as atitudes dele estavam estranhas e ele me disse uma vez que ia viajar com amigos por 3 dias e nao poderia falar comigo. Eu achei estranho pk nao via motivo pra ele nao poder me telefonar. Resumindo fiquei sabendo mto depois que ele nao podia falar porque ele estava com outra mulher que conheceu no trabalho, era uma cliente e ele se meteu com ela.Aliás ele sempre foi muito simpatico com as mulheres e isso era uma coisa que eu não gostava , pq uma coisa é ser educado outra é ser de ter um comportamento que parece k está ao engate. Ele passou esses dias com ela, foram viajar. Uma mulher que ele nao conhecia de lado nenhum.Eu ai terminei com ele mto magoada. Até pk eu descobri e ele negou sempre so quando eu provei a ele que sabia foi que admitiu mas ele tentou por as culpas pra cima de mim, disse k fez isso pk eu estava longe e ele estava carente.Eu no entanto depois de terminar tive outro namorado. So que nunca o esqueci e passados uns meses perdoei e voltamos. Passaram se varias outras coisas pelo meio. Tbm outra coisa que quero salientar é que ele perde a cabeça rapidamente, se é contrariado passa a agressao verbal e despreza a pessoa. Mas tbm havia coisas boas. No entanto eu sempre me senti em segundo plano e posso explicar pk. Eu nao me importo que ele saia com amigos. Até pk moramos longe e nao podia estar com ele frequentemente.Mas acho que se sai e esquece que eu existo aí ja é diferente. Ele era do tipo de mandar msg varias vezes ao dia mas isso so se estivesse sozinho, mas se estiver com amigos já nao manda nem uma msg a perguntar se cheguei bem a casa.Ele era completamente diferente quando estava sem o que fazer e qdo tinha algum convite pra sair. Em virtude de varias coisas terminamos de novo isto tem uns 4 meses. So que sentiamos sempre a falta um do outro.Neste ultimo tempo eu tive um acidente e nao podia nem sair de casa. Mas planejamos uma viagem pra tentar uma reconciliaçao.Durante o mes de dezembro falamos disso e planejamos ir logo a seguir ao Natal. Porém minha mae teve um avc pouco antes do natal e eu nao pude viajar mas disse a ele que iramos em janeiro ate pk eu ja tinha comprado as passagens. Qdo eu disse isso a resposta dele foi ” entao eu vou viajar com umas pessoas conhecidas ” e com isso ele queria dizer com mulheres e homens a irem pra mesma casa, isso é uma situaçao que eu nao gosto e me senti traida com isso. Pk percebi que ele tinha um plano B, caso nao viajasse comigo iria com outros e nada me tinha dito. Senti me triada e magoada até pk ele nem conhecia as mulheres com quem ia dividir a casa. Tivemos uma discussao sobre isso. Ele foi e durante o tempo que la esteve nao me ligou nem mandou msg, fui eu que liguei e nao ouvi barulho nenhum.Quer dizer pensei logo que a situaçao que se tinha passado anos atraz estava a acontecer novamente, ate pk ele se negou a atender o tlm qdo estava deitado.Dizia por msg que eu tinha que confiar nele, tal e qual aconteceu da outra vez. Eu mais magoada e traida me senti. E ainda por cima estando eu com a minha mae mto mal no hospital. Eu entao no ultimo dia que ele la estava disse lhe que iria la mas ele nao me pareceu entusiasmado. Pedi a um amigo k me levasse ate perto de onde ele estava k ainda eram quase 200km saimos as 14 horas e ate as 20 horas ele nao me ligou nao me mandou msg a perguntar qdo chegava. Agiu como se nao tivesse interesse em ver me, eu entao as 20 horas mandei msg a ele dizendo onde estava e resolvi voltar sem ve lo pk achei que se ele tivesse interesse teria ligado.Depois disso ainda falamos ao tlm e mesmo me sentindo traida e enganada eu tentei ver nele aquela atitude que ele teve ate Natal e disse lhe isso, disse lhe que tinha as 2 passagens e queria ver nele um pouco de carinho ou arrpendimento pelo que fez. Ele nada, nao mudou e ainda dizia que nao tinha feito nada de errado, que so nao falou comigo pelo fato de eu nao ter gostado dele ter ido. E que se eu gostasse dele iria a mesma encontrar mecom ele mesmo apos todos os insultos que e disse, mesmo apos ele nao ter atendido o tlm la e mesmo apos ele ter ignorado o estado que eu estava devido a minha mae. E as frases que ele costuma dizer e k pra mim nao se diz a uma pessoa que se gosta.Ele costumava dizer k queria sair e conhecer outras mulheres e que é eu nao gostava que isso acontecesse. So que eu nao gostava pelo simples fato dele sempre me ter escondido qdo conhecia e pelo fato de que quando ele conheceu mulheres novas no passado, com uma me traiu e com outras 2 tbm se envolveu mas nao chegou a traiçao fisica. Se eu soubesse que podia confiar nele ou se ele nao me dissesse isso com frequência eu nao me importaria.Hoje foi o dia da viagem, eu tinha 2 passagens e vim. Acabei de chegar e preciso desabafar. Pk me sinto sufocada por ter acreditado que ele na realidade gostava de mim. Coisa que ele diz ser verdade alias nao admite que eu diga ao oposto. Diz que fez muito por mim pelo fato de quando estive fora do pais ele falar comigo pelo msn, mas eu pergunto a vc leia, eu tbm fiz isso, eu tbm deixava de sair la pra poder falar com ele pk isso era a unica maneira que tinhamos. E eu nao digo que foi tempo jogado fora pois que fazia isso pk gostava dele, se ele diz que é tempo jogado fora é pk fazia sem ter vontade. Hj como disse estou aqui e ele poderia estar tbm ou entao vir ca ter comigo, se tivesse me demonstrado k nao me traiu na tal viagem ou se tivesse demonstrado o carinho e o sentimento que demosntrou quando queria viajar mas que deixou d demonstrar após a tal viagem. Podiamos ter uma vida em comum mas ele pelo que me deu a entender quer uma vida com uma mulher que encaixe nas exigencias dele e que aceite as saidas dele sem dizer nada.
      Queria a tua opiniao sobre isto até pk me sinto bastante triste

      Gostar

      Comentar por tatiana | 6 de Janeiro de 2014 | Responder

      • Você sabe o que ele quer: “…quer uma vida com uma mulher que encaixe nas exigencias dele e que aceite as saidas dele sem dizer nada” e você se encaixa nesta mulher? Parece que pra ele as saídas é como praticar um esporte ou tomar um sorvete gostoso, pra você é romance e traição. Ele é um homem que não se contenta com uma única mulher, e você é uma mulher que precisa de um homem exclusivo. Este é o ponto da discórdia. Tenha um diálogo interno, faça a sua escolha e depois converse com ele.
        Feliz 2014,
        Um abraço,
        Léa

        Gostar

        Comentar por leamichaan | 7 de Janeiro de 2014

  9. Boa noite estou sofrendo muito a dois anos atras fui trocada pelo meu marido ele chegou em casa com a menina e disse que queria ficar com ela eramos casados a 5 anos e desde esse dia nao vivo mais nao tenho animo choro direto e sempre saio com ele
    somente com ele perdi meu emprego. fico em casa pensando nele e na mulher dele sai da casa que moramos e ela ja estar morando com ele, ele diz que gosta de mim e que vai voltar mais nunca voltar cada dia to sofrendo mais e mais ate vontade de morrer eu tenho … sinto inveja dela e acho ela melhor do que eu
    me ajude pelo amor de deus
    responda esse meu email no meu email… peço mt a sua ajuda

    Gostar

    Comentar por leiliane de assis borges gomes | 29 de Maio de 2013 | Responder

    • Este homem é muito malvado! O que ele fez com você e imperdoável. Esta moça com quem ele está é também perversa por aceitar te esnobar deste jeito. Minha cara Leiliane, fuja de gente assim. Vá morar em um lugar bem longe destas pessoas cruéis. Saiba que o que eles fizeram com você é sinal evidente de que eles são pessoas muito, muito piores do que você. Se eles tiveram a coragem de fazer isto, você só pode esperar coisas ruins por parte deles. Se você está com dificuldade em fazer isto, pode ser que a sua autoestima esta baixa, então procure terapia, procure ficar na companhia de pessoas boas que te façam bem e não mal.
      Seja feliz minha filha e para isto você precisa se afastar desses dois que não têm alma e nem coração!
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 30 de Maio de 2013 | Responder

  10. Isso é mentira!!! Então pq as pessoas se casam ???????? Ninguém consegue ser íntegro sozinho.

    Gostar

    Comentar por Laura | 1 de Junho de 2013 | Responder

    • Existem pessoas que mesmo “casadas” moram em casas separadas e outras que não precisam ter alguém sempre a tiracolo, outros não sabem viver sem namorar e por aí vai, cada pessoa é diferente da outra, cada pessoa é única e singular! A arte de viver bem é encontrar a felicidade nas condições possíveis!

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 3 de Junho de 2013 | Responder

  11. Boa Tarde amigos leitores, a um mês fui feito de idiota, e terminei um relacionamento de 6 anos, vim aqui para deixar meu depoimento como todos fazem, e tive o seguinte conselho: siga sua vida em frente, foque em seus objetivos, e passe pelo luto do fim do relacionamento.
    Sinceramente, é quase impossivel, afinal 6 anos você passa com uma pessoa é tenso.
    Meu caso é muito parecido com todos de vocês e gostaria de agradecer a todos por me mostrar que o caminho é recomeçar.
    Amo ela, faria tudo pra ter ela ao meu lado, só que infelizmente não podemos forçar ninguem a nos aceitar.
    E frustrante, dolorido, e ainda doi muito.
    Mas sinceramente, ela está vivendo a vida dela, e muito bem, a pessoa que tinha conhecido, infelizmente não existe mais, então deixei a partir e agora estou tentando recomeçar novamente, no inicio é muito chato e doloroso, pois tudo te lembra, você tem sonhos, você se pergunta onde errou, por que que aconteceu assim, para terem uma ideia pensei em tentar tirar minha vida.
    Vale a pena?
    Nunca irá valer, afinal temos que nos amar, temos que gostar de nós mesmo, pq vejo pessoas maravilhosas aki desabafando e contando historias iguais, diferentes, e algumas parecidas, então vamos nos achar, vamos nos encontrar.
    Segui os passos de voltar a gostar de mim.
    Voltei a praticar atividades fisicas, ” isso ajuda muito a esquecer os problemas”.
    Parei de deixar a bebida me controlar, pois é momentanea.
    Sumi da vida dela, larguei ela de lado.
    Comecei a focar no meu trabalho, faculdade e etc. ” melhor forma de se sentir bem”
    Mas ainda conto a vocês, é dificil esquecer mas se estou conseguindo dar a volta por cima, acho que todos conseguem.
    Obrigado a todos pelos comentarios, pois me confortou e se precisarem de algo estou a disposição.
    Meu agradecimento total vai a uma pessoa que é uma pessoa inteligente que realmente tem otimos concelhos que é a Léa.
    Brigado por tudo e um grande abraço a todos.
    Atenciosamente,
    renan.c.o@hotmail.com

    Gostar

    Comentar por renan | 1 de Julho de 2013 | Responder

    • Agradeço o carinho e o apoio que você está dando aos leitores através do seu relato! Um abraço, Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 1 de Julho de 2013 | Responder

      • Voce pode me ajudar .? 😦
        doi muito.

        Gostar

        Comentar por Suely Alcantara | 28 de Julho de 2013

      • Leia minhas palavras abaixo e pense bem nisso. Procure ajuda terapêutica, você é um ser humano, único, singular, sensível que merece ser feliz!

        Gostar

        Comentar por leamichaan | 28 de Julho de 2013

    • Olá Renan! Muito bom seu depoimento!
      Faz duas semanas que terminei o relacionamento, sei que existe vida sem ele, mas também que a vida com ele é mais colorida e bonita. Ninguém sabe como acabou. Hoje não nos olhamos um nos olhos do outro e sinto que o medo é mais forte.
      Ele saiu de casa e me trata com frieza, para alguns amigos em comum ele diz que fez isto por me amar muito. Não consigo entender como alguém que te fazia juras de amor, pode começar a te tratar com frieza assim. Sei que ele me ama muito, pois eu sinto o batimento acelerado dele quando me vê.
      Eu o amo tanto que chega a faltar o ar, sei que não pode ser saudável, mas ele me fazia feliz, muito. Fui impulsiva e isto também afastou ele.
      Hoje, não sei o que fazer. Tem horas que quero ir lá, olhar nos olhos dele e dizer um lindo e sonoro “eu te amo”, sei que o coração dele vai tremer, mas hoje, algo nele é maior: o orgulho.
      Meus dias são inconstantes. Só quero que essa dor passa, o problema, é que minhas atividades físicas, acadêmicas, são com ele. Como me recupero diante disto?

      Gostar

      Comentar por Vanessa | 12 de Julho de 2013 | Responder

      • quero mt ser feliz sem pensar no meu ex to me matando aos poucos

        Date: Sun, 14 Jul 2013 13:14:59 +0000 To: leileboti@hotmail.com

        Gostar

        Comentar por leile gomes | 27 de Julho de 2013

      • Pensar no ex te mata porque ao invés de você curtir, aproveitar, se relacionar com quem ta aí, vivo! Você está morta para a vida, para o mundo, para as outras pessoas, para as oportunidades só pensando nele que já “morreu”. Enquanto você coloca suas emoções, sua mente e faz o seu coração bater pelo ex. Não sobra nada de você para o que tem de bom na vida, como se você estivesse morta pra tudo isso mesmo! Salve-se! Escolha viver e não enterrar-se junto com o ex, que já morreu!
        Seja forte!
        Felicidades,
        Léa

        Gostar

        Comentar por leamichaan | 28 de Julho de 2013

  12. -Deus Injusto.

    Nao nao supoorto mais viveer.
    seem teer ele naa minha vida, eh tudo que eu preciso so ele e mais nada.

    PREFIRO morreeeeeeeeeer QUE VER TUDO ISSO ACONTECER COMIGO ,JA NAO GUENTO MAIS.

    QUE SITUACAO MEU DEEUS.
    ja teentei evitaar..
    Tenteei me mataar, e nadaa.
    Sao esses os planos de deus pra miim?
    so sofreer ? 😥

    Gostar

    Comentar por Suely Alcantara | 28 de Julho de 2013 | Responder

    • Você prefere o ex do que a si mesma? Sem ele você não existe? Que loucura??
      Saia já dessa! Ele é só uma pessoa, e no mundo existem milhões de pessoas maravilhosas, até mais maravilhosas do que ele!!
      Esta dependência que você desenvolveu por ele, fala de uma necessidade de terapia para você se resgatar para si, para o mundo e para a vida! Para você conseguir ter relacionamentos saudáveis não é possível tanta dependência!!
      Aproveite esta dor para resolver as questões da infância que te deixaram assim tão carente, aproveite para cuidar de sua autoestima e conseguir se relacionar de maneira saudável e feliz!
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 28 de Julho de 2013 | Responder

      • Eu juro que ja tentei.
        Mas ele sempre aparece.
        Eh muito dificil para me controlar e eu acabo ficando doente. Vida Vazia’
        Eu nao preciso de mais nada so ele ao meu lado.. so isso!

        Gostar

        Comentar por Suely Alcantara | 31 de Julho de 2013

      • z que só precisa dele ao lado, é sinal de adoecimento psiquico. Porque isto é uma obsessão. Uma´pessoa precisa transitar por diferentes campos da vida, isto e saudável. Quando você diz que so precisa dele, você deposita nele  a imcumbencia de satisfazer todas as suas carencias, e isto pode sufocar.

        Gostar

        Comentar por leamichaan | 2 de Agosto de 2013

      • Gostei pessoal isso mesmo viva por si naum pelo outro

        Gostar

        Comentar por karol | 11 de Novembro de 2015

  13. Muiito diifiicil.
    Passar poor tuudo isso.
    _ queeero doormir e nao acoordar mais.

    estoou no fundo do poço.
    Acabou a minha vida.

    Eh facil os outros pedirem para que nos esqueca.
    Dificil ta ai ,esquecer.!.

    queero nadaa maiis.
    marcos#euteamo#prasempre#querovcdevolta#porqueteamo#amor#naoconsigoviversemvoce

    Gostar

    Comentar por Suely Alcantara | 28 de Julho de 2013 | Responder

  14. Eu namoro a 2 anos e 4 meses, só que de algum tempo pra cá eu ando fissurada pelo meu namorado, não consigo me imaginar sem ele, hoje posso dizer que só vivo por ele, nada mais faz sentido.. E o pior é que a distância entre nós é grande, a gente mora longe um do outro, e isso torna tudo mais difícil, e o pior disso tudo é que eu não consigo me livrar desse medo que eu sinto aqui dentro, eu não consigo distinguir se eu estou ficando doente ou apenas preocupada demais com ele, sei que necessito de ajuda e preciso de apoio.

    Gostar

    Comentar por Natália Brito | 30 de Agosto de 2013 | Responder

    • Cara Natália, não é nem um pouco saudável viver por alguém. Você diz que está fissurada, isto significa que você “morreu” para todas as outras áreas da vida. Você está colocando todas as suas energias nele e isto faz muito mal a vocês. Você pode sufoca-lo, e de fato, acabar perdendo ele. Transite por todas as áreas da vida com animo e dedicação. Alimente-se de todas as outras riquezas da vida, além dele. Se você não consegue, procure ajuda terapêutica,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 1 de Setembro de 2013 | Responder

  15. Tinha ate 15 dias atras um relacionamento de dependencia, ele era totalmente dependente de mim, pois nao tem amigos e folho unico.Ele mesmo me dizia ser dependente de mim, fez tudo pra me prender a ele,pediu em noivado com 5 meses de namoro,fez tatuagem e sempre fazia de tudo pra m,e agradar,em contrapartida me sufocava,pois o via todos dias,me ligava de 20 em 20m ,me mandava caminhao de msgs,vevia pra mim, eu tb tonha que viver pra ele,nao me deixava fazer nada sem ele, e como agora voltei a estudar,e ir pra facu ele passou a desconfiar de mim, e ate na academia ele ia tras de mim, entao passei a nao corresponder as suas declaraçoes, foi ai que ele nao aguentou de tanta carencia e terminou comigo, e ate hj nao me procurou,sendo ele tao depende de mim, por eu nao corresponder,ele se sentiu desvalorizado e frustado.Queria saber o que estar agora na cabeça desse ser,pois decidi nao ir atras,pois vejo que ele quiz virar o jogo,como ele proprio diz que me ama ,que vai sofrer ,mas vai pensar nele agora.

    Gostar

    Comentar por giselle | 11 de Setembro de 2013 | Responder

  16. Boa tarde!!
    Fazem quase 4 meses que terminei um noivado, foram 4 anos de relacionamento e sinceramente, não sei por que terminamos.
    Nos eramos muito amigos antes de começar a namorar, e quando nos encontramos como casal, foi tudo muito marcante. Eu sentia que ele me completava, nos víamos todos os dias,e durante esses 4 anos não houve sequer um dia que um não disse para o outro que amava. Muitas coisas aconteceram nesse tempo, minha mãe faleceu, e ele sempre esteve comigo, dormia comigo no hospital, cuidava da minha mãe, eramos muito companheiros um do outro. Com todas as tribulações da vida, fomos nos tornando cada vez mais dependentes um do outro, até que decidimos casar. Em março desse ano, ele veio morar comigo e marcamos nosso casamento para 27/07 desse ano, só que nesse tempo as coisas ficaram complicadas, não sei se foi a pressão e a correria dos preparativos do casamento, mas passamos a brigar muito, e estávamos perdendo o respeito um com o outro. Faltando um mês para o casamento, sentamos e conversamos e decidimos terminar. Minha maior cobrança em cima dele, era para ele estudar e ajudar nas despesas de casa uma vez q ele estava morando lá, ele ganhava pouco e o que ganhava ele pagava no apartamento sozinho, e na época eu não soube reconhecer. Terminamos numa boa, sem brigas ou confusões. Mas depois de uns dias eu me senti muito mal, pois ele não me procurava mais, era como se ele nunca tivesse entrado na minha vida, eu sofri muito, era uma dor que parecia me sufocar, eu não saia mais, só chorava, mas mesmo assim não ia atras dele. Quando decidi fazer isso, foi por telefone mesmo e ele me falou que não sentia mais nada por mim, que não me amava mais, que as brigas tinham deixado feridas e que ele estava bastante magoado com as coisas que foram ditas, e q isso tinha feito com que ele desgostasse de mim, pra mim seguir minha vida e ser feliz. Confesso que meu chão caiu. Mas apartir dali eu vi que tinha q recomeçar de novo. Hoje conheci uma nova pessoa, mas sinto que meu coração já tem dono, não consigo me libertar. É um sentimento muito forte e eu não sei o que fazer com ele, porque eu amo muito meu ex-noivo, porém sei que não há mais o que fazer…

    Gostar

    Comentar por Polyana | 12 de Setembro de 2013 | Responder

  17. porfavor eu so quero uma opiniao pois estu em muita duvidas
    o ok conheci uma menina a 5 meses atras comercei a namorar cm ela e cm 3 meses descobri que ela estava mi traindo pelo facebook e eu terminei cm ela depois ela mandou mensagen e ligou choramdo pidindo perdao e que ia deleta a conta dela do face pq so quweria viver comuigo entao eu cm muita magua dela eu assim mesmo resouvi voutar para ver se ela iria mudar de verdade mais tipow quando estou cm ela as vesses ela nao olha nos meus olhos e eu ja estudo um pouco sobri isso e vejo que ela esconde algo ela nao sai muito de casa disso eu sei sabe
    entao eu nao confio nela e eu goato dela mais tenho capacidade de esquecela disso eu tenho certeza so que eu fico pensando e sse ela mudou mesmo ?
    as veses eu acho que ela nao sab que me ama de verdade acho que ela gostava da vida que tinha antigamente e tipow ela mi traio com um exnamorado dela voces acham que eu deveria da uma chansse para ela mesmo? ela mi traia no face cm 3 meses de namoro
    voces achanm que vale apna da uma chamsse a ela??? porfavor agradeço mesmo pelas resposta e opinioes

    Gostar

    Comentar por frankly | 14 de Outubro de 2013 | Responder

    • Tenha uma conversa bem franca e sincera. Fale de suas suspeitas, e diga que você quer ser correspondido no seu amor. Fale que esta será a última chance e se ela trair, é sinal que o namoro não vai dar certo, é sinal evidente que ela não merece o seu amor! E mantenha a sua palavra!

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 14 de Outubro de 2013 | Responder

      • voce axha que vale apena perduala?

        Gostar

        Comentar por frankly | 14 de Outubro de 2013

      • Dê uma última chance para vocês dois!

        De: Psicóloga Responde <

        Gostar

        Comentar por leamichaan | 14 de Outubro de 2013

  18. mais lea eu acho que nao vai da certo por que ela e daqueles tipow de pessoa que foi mimada pelos pais e so pensa nelas mesmo porque a família não deixaram ela viover na realidade sab
    e tbm ela antes de mi conhecer estava com depressao e eu ajudei ela sab
    eu sinto isso imperduavel pois eu fui o unico que estendeu a mao para ela
    e ultimamente nois briga muito porque ela n me intende quer q eu fassa td que ela quer pq a familia dela faz isso
    pronto cauculando tudo ela e a quelas pessoas que sempre quer ser a conitadinha da historia
    ai quando o bicho pega ela muda fika toda santinha sab
    e agora veio com um papo de tipow
    vamos se falar menos para gente briga menos
    eu falei blz mais isso nao tem norçao vc nao acha
    ela tbm acho q uisso e um poblama psicologico dela sab
    tipow ela a na rua e td mundo ela acha q olha para ela
    lea mi diz o que vc faria se forsse vc

    vamos ti botar no meu lugar ok presta atençao

    voce conhece um cara e voces 2 comerça a ficar depois ele vai e pede que vc va ate a familia dele para voce pedir ele e namoro ok a familia dele e legal gosta de vc entao vc percebi que a algo de errado cm ele porque ele nunca olha nos seus olhos sab vc e psicologa vx sab que ele esta mentindo entao vc temta descobri >
    entao vc cm 4 meses de namoro vc descobre que ele ta te traindo pelo face com uma ex-namorada dele
    o pior enviando fotos pelado para ela
    vc descobre e termina o relacionamento e ele liga dizendo que vai morrer se matar vai sumir do mapa e talz pq nao vive sem vc
    e antes desse cara te conhecer ele nao sorria nao tinha um moticvo porque sofriar cm falta de amor de verdade
    e depois que vc xegou ele sorri ate a familia te elogia por ter mudado o cara
    entao vc foi a unica pessoa que pode ajudar ele
    a tirar ele da depressao e ele fez essa covardia cm vx

    vc tem serteza que voutaria cm ele?

    vc voutaria ater confiança nele ?

    ele blocquio o face dele mais ele pode ter outro nao er?

    lea me ajuda eu consigo para de gosrta dela pq eu me amo so que eu nao consigo e ver as pessoas sofrer

    pq eu sei que sem mim essa dali vai morrer
    ,lea o que vc faria se bota no meu lugar pfv
    eu agradeço lea e muito

    Gostar

    Comentar por frankly | 15 de Outubro de 2013 | Responder

    • Penso que esta moça ainda é imatura prra você!  Quem sabe seja melhor desisitir dela e se libertar para conhecer alguem mais madura, com valores que se ajustem as seus. Felicidades, Léa

      De: Psicóloga Responde <

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 15 de Outubro de 2013 | Responder

      • mais eu quer saber se forsse voce o que faria?

        Gostar

        Comentar por frankly | 15 de Outubro de 2013

      • Só passando pela situação pra saber! Dialogue consigo mesmo e você encontrará a solução dentro de você, afinal cada pessoa é diferente, é única e singular! Confie em si mesmo! Léa

        De: Psicóloga Responde <

        Gostar

        Comentar por leamichaan | 16 de Outubro de 2013

  19. ok obrigado lea ^^ esse utimo comentario me ajudou muito rsrs serio moesmo

    Gostar

    Comentar por frankly | 17 de Outubro de 2013 | Responder

  20. Olá, Doutora! Me ajude por favor. Meu caso é o seguinte: Tenho uma namorada há 4 meses e hoje nos amamos e somos fieis, mas que no começo da nossa relação ela ficou até com um amigo meu mais sem eu saber. no começo não mostrei que a amava e ela se sentiu sozinha e ficou com outras pessoas, mais nos ficavamos uma vez por semana desde sempre. e hoje em dia imagino que não consigo/quero largar ela por conta de nos amarmos. mais não consigo superar essa história. ainda mais porque é um amigo meu que está envolvido. o que posso fazer doutora ? como saber se eu supero ? como saber se só não estou com ela por carência ? e como superar essa carência ? Obrigado!

    Gostar

    Comentar por David Oliveira | 30 de Outubro de 2013 | Responder

    • Olá David, como você mesmo disse, no início você era diferente com ela e hoje você é outro. Na mesma medida que você se transformou, ela também. Hoje ela não é mais a mesma garota que ela era quando ficou com o seu amigo. Saiba que a garota do nosso amigo torna-se muito atraente para nós, e na época vocês não viviam esta relação fiel que estão vivendo agora, era mais uma “ficação”, então não foi uma traição por parte do seu amigo. Tanto você, quanto a sua namorada e o seu amigo estão transformados desde o dia em que ele ficou com ela. Ficar encucado com isto é o mesmo que ressucitar os mortos de dentro do túmulo!
      Curta a sua namorada e seja feliz com ela e com o seu amigo também!
      Quanto a carencia, saiba que todo o ser humano é carente por natureza, e se ela dá conta de tamponar a sua carencia e você a dela, então aproveitem,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 31 de Outubro de 2013 | Responder

      • Boa Noite Doutora, Obrigado por responder. Eu entendo os fatos. E agora o difícil pra mim é manter a relação com os dois ao mesmo tempo. Vou ficar incomodado por exemplo se eu for em um bar, cinema, restaurante e encontrarmos meu amigo. Consigo ser amigo dele. E namorar com ela. Mais os dois no mesmo ambiente eu vou amargar demais essa historia. rs. nossa incomodaria bastante. Ela supri todas as minhas carências, mais será que esse “constrangimento” vai desaparecer ? Valeu doutora. Abraço.

        Gostar

        Comentar por David Oliveira | 31 de Outubro de 2013

      • A sua namorada já esqueceu ele, ele já está em outra, o único que ainda falta se libertar desta história do passado é você! Liberte-se e seja feliz!

        De: Psicóloga Responde <

        Gostar

        Comentar por leamichaan | 1 de Novembro de 2013

  21. Tolice pura de quem nunca sofreu abandono a vida inteira e que não sabe o que é não querer sentir o que sente, porque foi induzida a um asco sem fim de atitudes. Tolice de quem nunca encontrou alguém que fez a diferença de verdade! Não conseguir viver sem o outro é normal.Anormal é querer viver sem ninguém1

    Gostar

    Comentar por Marcia leal | 3 de Novembro de 2013 | Responder

  22. BOA TARDE EU CONHECI UMA MENINA E D ACORDO COM A NOSSA CONVIVENCIA EU ME APAIXONEI POR ELA MAIS EU TIVE Q MUDAR DA CIDADE ONDE A GENTE MORAVA EM QUESTAO DE TRABALHO MAIS ELA NAO GOSTOU DA NOVA CIDADE E VIVE QUERENDO IR EMBORA ELA ME AMA MAIS NAO QUER VIVER NA CIDADE ATUAL ELA ESTA LONGE DE SUA FAMILIA OQ EU FAÇO ALGUEM ME AJUDA .

    Gostar

    Comentar por MAX | 23 de Novembro de 2013 | Responder

    • A gente desenvolve o gosto pela cidade em que se vive, conforme fazemos coisas que nos realiza, que nos preenche. Tente auxilia-la a procurar cursos, academia, grupos de pessoas que possam ajuda-la a se adequar mais na nova cidade.

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 24 de Novembro de 2013 | Responder

  23. Ei Léa, eu estava em um relacionamento há um ano e quatro meses, vivia com ele, mas já não existia amor, paixão, por eu descobri mentiras, fofocas, traições da parte dele.. Terminei o namoro, ele veio atrás, pediu chance, mas nesse um ano e pouco, eu já tinha dado milhares de chance e isso tudo desgastou.. Dai comecei fica com outro, logo que terminei e esse novo sempre querendo pressa em tudo, me assumindo e tudo mais, eu sempre recuando, pedindo pra ir com calma, pra gente dar um tempo, rever tudo e depois fica juntos, mas ficamos juntos e meu ex atrás, fazendo merda, inventando coisas.. Esse novo que eu ficava, teve 4 namoradas, das 4, 3 traiu ele, a última antes de mim traiu com o professor da faculdade!! Então ele sempre dizia ter medo de se envolver comigo por tudo que viveu, que tinha muito medo de sofrer tudo de novo, por que a ex antes de mim traiu ele e eles tinham 2 anos e pouco de namoro.. Dai ficamos 2 meses, envolveu família, amigos, tudo.. E terminamos, nisso já tínhamos vivido um inferno, muitas fofocas e tudo mais, então ele veio falando de termina por que sofreu, que estava com medo, que ele tinha 28 anos e eu 19 anos, que ele queria uma coisa pra casar, que não sabe o que quero, que quer pensar, assimilar tudo que vivemos, que isso e aquilo.. Dai como eu já queria um tempo, pra assimilar, deixa meu ex pra lá, tira ele do meu pé, aceitei, mas com isso descobri que gostava de verdade, que era mais que costume, fui atrás, conversei e ele sempre com o mesmo papo, que gosta de mim, mas não esta pronto pra nada hoje, que ainda tem medo de se envolver e depois ele sofrer.. Fiquei quase um mês atrás, e nada!! Dai estou deixando ele mais na dele, não indo atrás, por que as vezes eu pressionava e ouvia coisa desnecessária, até mesmo que fica no pé enjoa.. Então estou na minha, deixando ele curti a vida, estamos separados quase 3 meses, ele não veio me procurar, também não dei brecha, alias, dei mais sempre demonstrei demais o que sinto.. Resolvi deixa ele de lado e senti minha falta, por que ele sempre foi besta com mulher, as mulheres sempre pisavam nele e ele dava valor, as que são boas, ele nem… Ta tenso, gosto dele, mas não posso me humilhar, fazer mais papel de besta!! Comecei viver, sair, curtir.. Sempre moderadamente, nem ai pro que falam.. Ele também esta pegando outras por ai, mas não fui tira satisfação, nem nada, por quer ele não me deve nada mesmo, mas dói saber..

    Gostar

    Comentar por Rhai | 25 de Novembro de 2013 | Responder

    • Dói porque você é humana. Dói porque você se entregou e foi porosa pra relação deixando que ele penetrasse em sua mente e em suas emoções. Dói porque você investiu nesta relação, porque você teve sonhos junto a ele, e agora tudo isto está sendo vivido por outra pessoa, muito rápido, como se fosse descartável, e isto dói. Saiba que seria muito pior se não doesse, porque daí era sinal de que você é uma pessoa fria, insensível, que você não o via como um ser, mas como se ele fosse um objeto. Dói porque você é humana, verdadeira e sensível. Eu sei que é duro tolerar esta dor, mas, acredite que você atravessa a dor, esta dor é passageira. E como o filosofo falou: ” O que não me destrói, me fortalece”. Esta dor pode te fortalecer!
      Felicidades,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 26 de Novembro de 2013 | Responder

  24. olá!! gostaria de sua opinião sobre a minha situação: namoro há 3 anos e 3 meses, meu namorado sempre foi ciumento, mas ao mesmo tempo muito atencioso, carinhoso e fiel; ultimamente tudo que faço e o desagrada ele diz que vai embora! minha família vai viajar para passar o natal em brasília, na casa de meu irmão; eu queria ir mas para não desagradá-lo resolvi ficar…porém devido a esse comportamento possessivo em outras ocasiões me fez pensar e resolvi comprar as passagens! ontem avisei para ele que foi embora e disse que eu morri pra ele!! fiquei bastante decepcionada com isso, mas fez-me ver o quão infantil e imaturo és..o meu desejo é que ele refletisse sobre isso e voltasse atrás…porém acho que seu orgulho será mais forte..é muito triste pq eu o amo muito; abri mão de tanta coisa por ele..acho uma ingratidão a pessoa terminar assim…por favor me dê uma luz!! obrigada

    Gostar

    Comentar por lou | 9 de Dezembro de 2013 | Responder

    • Ele é muito possessivo! Relacionar-se afetivamente não é mandar e nem controlar a vida do outro. É preciso compreender que podemos entrar em acordos, no caso conversar se vocês vão passar o natal e o ano novo juntos, ou não ou compensar de outras maneiras, mas ele sentiu-se roubado, como se você fosse posse dele e não tivesse o direito de fazer escolhas que o desagradem. Como se você só tivesse o direito de existir em função dele. Este relacionamento está adoecido e precisa ser tratado. Em primeiro lugar será preciso tratar a relação dele com ele mesmo, e depois dele com você!

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 9 de Dezembro de 2013 | Responder

  25. Olá,preciso de sua resposta!!!!!

    Gostar

    Comentar por July | 13 de Dezembro de 2013 | Responder

    • Já respondi!!

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 16 de Dezembro de 2013 | Responder

  26. meus amigos depois da faculdade a maioria se casou,trabalhou e moram com os pais, mas muitos todos fracassaram, ficaram estranhos também me sinto sozinha querendo morrer e ir para o alem ficar com eles. Todos eles tiveram suas vidas interrompidas por drogas e aids… o velho antigo bairro não tem mais criança sem eles… meus luto friends: kyle carrington, mike henson,, bill henson vanessa crazy..celia jovem…joey sterfanos…nardos e meu ex namorado Julio …….fico pensando porque eles não tinham fe e Deus no coração….que descansem em paz…

    Gostar

    Comentar por jessica fernanda@hotmail.com | 21 de Dezembro de 2013 | Responder

  27. Olá Léia, tenho 28 anos e estou em uma relação enrolada há cerca de dois anos com uma mulher que fará 36 anos. Ela me ama e já demonstrou isso em algumas atitudes, me separei dela por 6 meses para voltar pois minha ex noiva, deixei ela mais duas vezes por ciúmes e por problemas financeiros mas ela não desiste quanto a digo que nado quero mais que não acredito na motta relação ela não desiste. Porque não acredito, ela tem manias do antigo casamento, ela quer exigiir condiçõe, ela sempre fala sobre eu não ter conforto, a família dela não gosta de mim,a filha dela acha que ela merece alguém melhor, só coisas que abaixam a estima.
    Mas ela não me deixa…
    Eu a amo!
    Nas minha razão diz pra deixá-la…
    Meu coração pra assumi-la

    Gostar

    Comentar por Haldey Leonardo | 4 de Janeiro de 2014 | Responder

    • Você vive um conflito entre razão e emoção. a pergunta é: Você vê um futuro pra vocês? Você é feliz com ela? Sua autoestima está sendo destruída nessa relação? Você está investindo tempo e energia numa relação que vale a pena?
      Você diz que está com ela porque ela não te larga. E você quer largar ela? Será que você está se deixando ser um fantoche nas mãos dela?
      Seja dono de sua vida. Conduza-a e não deixe-se ser conduzido.
      Feliz 2014,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 5 de Janeiro de 2014 | Responder

  28. Olá eu conheci uma pessoa a 30 anos atrás, mas nunca tivemos nada até porque eu era uma pessoa muito nova e não sabia o que era o amor nesta época. Mas por obra do destino alguém me deu o telefone dele, sendo que eu moro em outro estado, daí resolvi ligar e ele convidou me para sair, aceitei, ele levou me para um sitio distante da cidade sem se quer falar uma palavra ou convidar me para um suco ou algo parecido, chegando neste local ele desceu conversou com uma senhora e disse que iria estacionar o carro mais abaixo do portão , daí eu subi e a senhora me disse: – Ele esteve aqui com a mulher dele na segunda feira, bem não dei ouvido pois ele havia me dito que era casado somente no papel, dai ele veio e disse que havia esquecido da chave da casa , mas mesmo assim ele ficou provocando me , retornamos para o centro e ele conseguiu o que queria, retornei para meu estado e fiquei sempre pensando nele , daí resolvi ligar e ele convidou me para sairmos novamente e aceitei, mas depois disso o homem iniciou uma jornada de agressões contra minha pessoa , falando coisas horríveis e veja que é uma pessoa que hoje esta com 63 anos. Ainda penso neste homem terrível o que devo fazer ? estou muito só e as vezes me sinto sem participação alguma na vida, sendo que tenho formação, trabalho e tudo que preciso para viver, mas esse homem após esse encontro me derrubou estou muito fragilizada não tenho ninguém para ajudar eu apagar da lembrança esse homem do passado que vivia olhando para mim 24 horas por dia e hoje acabou comigo e apenas 2 encontros.

    Gostar

    Comentar por Bar | 7 de Janeiro de 2014 | Responder

    • Este é o tipo de homem que após a conquista desvaloriza a pessoa conquistada. Imagino o quanto você está sofrendo! Acreditou nas palavras dele e depois que ele conseguiu você, não se interessou mais. Você merece alguém que saiba o valor de um ser humano, e não que usa as pessoas para aumentar o numero de conquistas pessoais. Este homem usa as pessoas como se fossem objetos. Sei que dói muito e a única coisa que você pode fazer com a experiencia, é pensar que enquanto vocês estavam juntos também foi bom pra você e ninguém vai poder tirar de você estes momentos bons. Agora isto é parte de sua vida. Se foi bom pra ele, foi bom pra você também. E outra coisa a fazer com esta vivencia que hoje te faz sofrer, é aprender com esta experiencia, e ficar muito esperta.
      Neste momento é preciso acolher a sua dor e ter paciência para que ela passe. Não deixe que ele destrua a sua auto-estima! Não é porque ele não sabe te valorizar que você não tem valor! Lembre-se disso!
      Feliz 2014,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 7 de Janeiro de 2014 | Responder

      • Léa

        Boa Noite

        Agradeço de coração sua preocupação com as pessoas que realmente possuem conflitos, suas palavras muito me ajudou e é realmente o que farei, pois essa pessoa me pareceu muito amarga.

        obrigado de coração

        Continue fazendo esse sucesso em ajudar as pessoas, pois é difícil encontrar pessoas para nos ajudar.

        Feliz 2014

        Gostar

        Comentar por Bar | 7 de Janeiro de 2014

  29. Boa tarde Léa!
    Acho que o meu caso é bem “normal” pra você. Pois eu sei que acontece muito. Mas acho que será bom desabafar com uma pessoa conhecedora do assunto. Tem um menino, no qual antes mesmo de conhecê-lo, já tinha uma certa “fascinação” por ele. Ele trabalha numa locadora perto da minha casa, eu ia pegar filmes só para vê-lo. Até que comecei a ter mais intimidade, ele começou a ir na minha igreja comigo a sair com os meus amigos, assistir filmes juntos e tudo mais. Mas até então, ele tinha namorada. Ele tinha problema de depressão, e eu estava ajudando ele. Eu me apaixonei absolutamente por ele. Largava tudo pra estar com ele quando ele dizia que estava mal, com vontade de parar de viver, e assim foi, eu entrei na vida dele, e eles terminaram o relacionamento. Porém, mesmo com o término, ainda continuaram com o vínculo. Ele era loucamente apaixonado por essa menina e ela o deixou pelo fato dele ser Ateu e ela cristã (os pais não aceitavam). Nós dois começamos a ficar após o termino do namoro, porém eu sempre me sentia rebaixada pelo fato de ver eles trocando mensagens sempre e eu saber que ele ainda a amava. O tempo foi passando e por diversas vezes eu tentei “larga” ele. Chegava a falar que não ficaria mais com ele pois eu sabia que o coração dele pertencia a outra e ele dizia que não. Dizia que estava apaixonado por mm e que não conseguiria mas viver sem mim. Com isso nós fomos criando mais intimidade e foi nascendo uma paixão. Eu sempre fiz de tudo por ele. Levava comida, fazia companhia, fazia de tudo pra que deixasse de ser uma depressiva e tudo mais. Até que então ele parou de tomar os remédio e nós dois já tínhamos uma vida de casal mesmo. E foi cada vez ficando melhor. Ele é muito carinhoso comigo, me dava presentes e me fazia muito feliz mesmo. Mas eu sempre senti como se ele me escondesse dos amigos e tudo mais. Emfim… passamos alguns meses juntos, e ele “é” o amor da minha vida. Nós planejamos casamento, filhos e essas coisinhas todas. Sou muito feliz com ele, me sinto completa. Nós dois estávamos juntos, como namorados, mas sem ser uma coisa oficial. Até que mês passado ele me pediu em namoro. Nós viajamos com a família dele e estava tudo perfeito. O problema é: Quando eu estou triste, não sinto o companheirismo de volta. Não sinto que ele se importa comigo. E comecei a ficar obcecada nele. Com muito ciúmes e um medo apavorante de perde-lo. Comecei a sentir como se a depressão tivesse saído dele e me invadido. Comecei a não ver mais sentido na vida e querer morrer. E a única coisa que eu queria era estar com ele. E ele me deixou, em um dos dias mais difíceis que eu passei com essa depressão. Eu acho ele perfeito pra mim, é a única pessoa que eu quero na vida. Ele diz que me ama muito. Terminei com ele, ele disso que isso é besteira e que ele me ama mas não consegue demonstrar. Eu não acredito nisso pois acho que o amor é capar de tudo. Mas enfim, eu to desesperada, eu só quero ele e mais ninguém, quero muito voltar pra ele. E não sei se é o certo a se fazer. O que você acha? Muito obrigada Léa. Tenha uma boa tarde!

    Gostar

    Comentar por Amanda | 13 de Janeiro de 2014 | Responder

    • Você diz que o ama, mas descreve uma obsessão por este rapaz. Penso que há um misto de amor e obsessão. Esta obsessão pode destruir este relacionamento. Você sente medo de perde-lo porque intui e pressente o sufocamento da obsessão. Sugiro que você procure um profissional o quanto antes para tratar dessa obsessão que leva a cobranças e exigências e adoece o relacionamento. Penso que você idealizou este namoro e agora percebe que a ideia difere da vida real. Esta frustrada e insatisfeita. Procure um profissional para tratar destas questões. Se você mora em São Paulo fique a vontade de me procurar, se mora em outra cidade peça indicação. Saiba que o maior e melhor investimento é na nossa cabeça, ela pode construir ou destruir nossa vida!
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 14 de Janeiro de 2014 | Responder

  30. Bom o meu caso é idêntico ao dessa moça, mas após receber um comentário da D. Léa resolvi refletir um pouco mais pois eu também sofria de obsessão por um homem , mas estou saindo aos pouco dessa situação e olhando um pouco mais para minha pessoa não é fácil , mas precisa tentar mesmo sofrendo.
    Obrigado D. Léa e espero que essa moça também procure olhar um pouco mais por ela.

    Gostar

    Comentar por Bar | 14 de Janeiro de 2014 | Responder

    • Agradeço seu depoimento será útil para muitas pessoas, Um abraço, Léa

      De: Psicóloga Responde <

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 15 de Janeiro de 2014 | Responder

  31. Tenho 20 anos de idade e fiquei 4 anos e 7 meses com meu namorado que no caso foi o meu primeiro, passamos por inúmeras situações difíceis, pois minha família não aceitava nossa relação, mas mesmo assim fomos vivendo, sempre tivemos problemas, sempre fomos de discutir, de brigar, porém de uns tempos pra cá as coisas só pioraram, ele já mentiu pra mim várias vezes saindo escondido com os amigos, quando eu descobria ficava desolada “terminava” mas logo aceitava de volta, sempre fui louca por ele, sempre o amei, o respeitei acima de tudo, porém depois de um tempo também saia e não comentava com ele mas o meu sair era passar uma tarde no shopping fofocando, ou ir até uma sorveteria com amigas, nada na maldade, porem depois que ele soube disso começou a pensar que eu pudesse estar escondendo mais coisas, então começou a fuçar nas minhas coisas, principalmente em meu celular, me irritei com isso pois ele me fazia acusações sem razão por isso terminei no dia 13-01-2014, ai de madrugada ele aparece na minha porta descontrolado querendo saber aonde eu estava sendo que eu estava em minha casa, mas não sei o que ele fez que tipo entrou nas configurações do meu celular e via minhas localizações, nessa madrugada ele estava tao descontrolado que tentou relar em mim, no dia seguinte chorou e se arrependeu porem nos dias seguintes continuou me perseguindo vindo na minha porta de madrugada querendo que eu assumisse uma coisa que eu não fiz, ele insiste que eu o trai, diz que tem provas, que são coisas que estavam em meu celular(conversas, mensagens e etc..) porem eu não fiz nada disso, não conheci ninguém, não fiquei com ninguém, não me interessei por ninguém mas ele não acredita, esta cego, chegou até a invadir a minha casa quando percebeu que eu não estava e também por não saber aonde estava né, meus pais que já não gostavam muito dele agora querem que eu mantenha distancia porem o que eu sinto por ele é tão forte que não consigo enxergar as coisas direito sabe, to sofrendo demais como nunca pensei que fosse possível, é uma dor física não só psicológica, dói de verdade, é um aperto no peito, uma angústia,não consigo mais fazer nada, choro a todo momento, to sofrendo por sentir falta dele, por lembrar dos nossos momentos e por pensar que nunca mais vou ter aquilo e pior por imaginar que ele vai ser de outra, não sei se sinto tudo isso pois ficamos muito tempo juntos, se é por ele ter sido o meu primeiro namorado, por todas as minhas lembranças e experiências serem com ele sabe, mas não sei o que fazer, me sinto num abismo, me dizem que isso vai passar, mas e até lá o que eu faço? sinto vontade de estar com ele, mas ele insiste na idéia de que eu o trai, de que estou escondendo algo, mas não estou e não sei mais o que fazer, penso que se ele chegou a pensar nessa possibilidade é porque realmente não soube me conhecer em todo esse tempo junto, mas ainda sim eu o amo e não sei viver sem ele, o que fazer meu Deus, ta doendo muuuuito!

    Gostar

    Comentar por Daiane | 25 de Janeiro de 2014 | Responder

    • Cconverse com ele. Ele tem delírios de ciumes. Precisa de ajuda psicológica!

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 27 de Janeiro de 2014 | Responder

  32. estou sofrendo porque conheci ohomem da minha vida aos vinte nove anos perdir minha virgemdade com ele nem vida sexual ele nao me deu tempo de ter para que eu soubesse oque e isso e ainda se casou com outra que ja nao era nada e ele afaz feliz estou muito revotada da vida com tudo isso

    Gostar

    Comentar por berenice vitorino da silva | 26 de Janeiro de 2014 | Responder

    • Só um detalhr, este homem não é o amor da sua vida. É um aproveitador. Você esta desiludida. Dói muito. O melhor a fazer é tentar esquece-lo e partir pra outra, se entregar pra alguém que te mereça!

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 27 de Janeiro de 2014 | Responder

  33. bom…já faz algum tempo que conheci um garoto…
    não ficamos nem nada…só que desde quando o conheci senti algo mais forte
    no inicio era só atração física porém fui conhecendo ele cada vez mais e foi chamando minha atenção.Até hoje nunca nem o beijei só nos falamos pelas redes sociais e telefone.Não consigo ficar nem um minuto sequer sem falar com essa pessoa estou tipo assim “viciada” não paro de pensar nele><
    só que esse sentimento está me sufocando …minha cabeça chega a doer quando não falo com ele…preciso de ajuda

    Gostar

    Comentar por Kadar | 15 de Fevereiro de 2014 | Responder

    • Tem razão, precisa de ajuda, você está num movimento obsessivo compulsivo por este rapaz, e o melhor a fazer é procurar ajuda antes de sufocar a relação.
      Procure psicoterapia e não deixe de fazer antes que esta compulsão destrua seus relacionamentos e até a sua vida,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 16 de Fevereiro de 2014 | Responder

  34. Léa por favor me ajuda. Vou contar minha historia.Tenho 17 anos , Ha 1 ano atraz conheci um rapaz de outra cidade que tem 23 anos. começamos a conversar , eu me interessei por ele e ele por mim. Dai marcamos de nos encontrar. Começamos a namorar mais depois de 5 meses de namoro ele não aguentou mais a distancia , largou o trabalho na cidade que morava e veio morar comigo. Fez por conta propria. não pedi nada.. Dai começamos a morar junto. E começaram também as brigas quase todos os dias por conta dos meus ciumes. pq ele ficava olhando para as meninas que passava eu não gostava e começava a brigar. muitas vezes terminamos e voltamos. ele sempre dizia que eu tava sufocando ele e tal. e eu nunca cai em mim. Faz 2 semanas que ele terminou comigo. juntou as coisas e foi embora. Motivo: brigas constantes. Eu sei que eu errei por ser tão ciumenta e insegura. Mais estou arrependida e quero ele de volta. Sinto q ele me ama ainda. ele vive postando frases romanticas. do nada ele mandou eu escutar uma musica de j. quest – so hoje. bem romantica sabe. o menino me marcou em um print e ele ficou super enciumado dizendo que ja to de conversinha com uma amigo novo. ficou super furioso. me mandou um video bem romantico. Mais não fala em querer voltar. não sei mais o que fazer. não consigo desejar outro homem so ele me satisfaz. Não consigo esquece- lo. Séra que ele ainda me ama ? hoje decidi me declarar pra ele , falei que o amava muito e pedi que voltasse. Ele disse não adiantava voltar atras da decisão que tomou. Enfim.. não sei o que fazer da minha vida. Sera que ele me ama ainda ? Séra que ele ainda vai voltar ? Não consigo viver sem ele. To sofrendo demais. O que eu faço pra ele voltar pra mim ? por favoorr me ajuda!!

    Gostar

    Comentar por Mirella Biatriz | 20 de Julho de 2014 | Responder

    • Olá Mirella, quando não conseguimos viver sem alguém é sinal que não conseguimos viver com a gente mesmo, e também significa que estamos sufocando, porque se a outra pessoa é tão vital para eu conseguir viver só posso estar sugando ela. O que fazer? Em primeiro lugar precisamos nos integrar como uma pessoa que pode viver consigo mesma, porque para que hajam dois, primeiro é preciso que haja um. Você não está integrada, não está se sentindo uma pessoa inteira, por isso depende tanto de outro. Para atingir esta estado, sugiro que você procure uma terapia. Quando você se sentir bem com você mesma e não tão dependente de outra pessoa para viver, então você estará preparada para se relacionar afetivamente de modo saudável e feliz!
      Pense nisso e cuide de você,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 20 de Julho de 2014 | Responder

      • Não tenho condições de fazer terapia. Eu quero saber o que faço para ele voltar pra mim e correr atras de mim ?

        Gostar

        Comentar por Mirella Biatriz | 20 de Julho de 2014

  35. sou casada, ou melhor, era, há 10 anos, tivemos duas filhas que hoje tem 7 anos, ontem tudo entre nós acabou, porque chegamos ao ponto da agressão, mas hoje, quando acordei me perguntei, o que vou fazer da minha vida. não sei viver sem ele, tudo me lembra ele e me faz pensar que a ausencia dele so me fara mal. minha vida depende da dele. penso em varias coisas, fugir, me matar, é como se minha vida tivesse mesmo acabado, tenho tomado remedio para dormir desde ontem, mas quando desperto, queria ele aqui. não vou suportar isso mto tempo, tenho lampejos de querer continuar sem ele , lutar pelas minhas filhas, mas o que me domina é o desejo de desistir. não vou abandona-las nesse mundo, o que quer eu faça, onde quer q eu va, as levarei comigo

    Gostar

    Comentar por dias | 2 de Setembro de 2014 | Responder

  36. que dor horrível. Não aguento mais pensar neste traste

    Gostar

    Comentar por paula | 3 de Novembro de 2014 | Responder

  37. vivi desde meus 15 anos um conto de fadas,vivia somente pra ele, fazia tudo por ele e ao meu ver o nosso relacionamento sempre foi normal.
    fazíamos planos de morar juntos e ter filhos, ele que tomava a iniciativa de imaginar como ficaria minha barriga e até beijava minha barriga imaginando como seria. eu era a mulher mais feliz do mundo, estava na faculdade, estava pronta pra passar pra um novo setor no trabalho e tinha um namorado que me amava, era tudo que uma mulher sonhava.
    hoje com 21 anos o a princesa caiu do cavalo e tomou um tombo feio, ele começou a ficar estranho comigo e terminou. até ai beleza eu ia superar, estava sofrendo mas esta dor iria passar, ia me arrumar, ficar bem bonita e continuar seguindo a vida. acontece que uma semana depois do término eu descobri que estava gravida e fiz de tudo pra voltar com ele. Ele está com outra, assumiu a garota pra todo mundo.
    estou com oito meses e ele me trata com nojo e desprezo. eu não entro em contato com ele, não falo com ele, mais penso nele 24h por dia mesmo tentando fazer de tudo pra esquecer ele.
    no começo fiquei muito mal tentei me matar, agora estou um pouco melhor mas ainda penso muito nele, sinto muita raiva do que ele fez, não consigo dormir a noite, não saio nos finais de semana pois a minha barriga esta enorme e não tenho animo pra nada, tranquei a faculdade pois não conseguia me concentrar e sei q foi a maior burrice que fiz, eu era tão inteligente, comecei a faltar no trabalho e por isso continuei no cargo q estava.
    tudo que eu quero é saber o que fazer pra me acalmar, parar de pensar nele, sei que o pior já passou e depois que minha filha nascer vou ficar linda outra vez e voltar as atividades normais e me distrair muito cuidando dela, só preciso de ajuda pra acabar com esta ansiedade que esta quase me deixando louca. não tenho coragem de voltar pra ele se ele se arrepender.
    só quero saber o que fazer pra manter o equilíbrio, ficar calma, parar de pensar nele. eu tinha uma vida muito agitada e estou assim por que minha mente fica vazia e me sinto presa sem poder fazer nada por causa da barriga e do cansaço, pés inchados, coisas de gravida. eu sei que depois que a minha filha nascer vou esquece-lo rápido, mas neste momento preciso controlar esta ansiedade.

    Gostar

    Comentar por paula | 3 de Novembro de 2014 | Responder

    • Procure fazer coisas que te deixem feliz, que te preencham de forma que você se sinta realizada, pode ser hobbies, elementos da cultura alguma atividade especial para gravidas, enfim. Respire fundo mentalizando que entra um ar puro, limpo, bom e revigorante e quando expirar, imagine que sai de você o ar tóxico e poluido. Se você não aguenta mais pensar nele, simplesmente não pense. Ocupe sa mente com coisas que te fazem bem e não mal. Saiba que nós temos controle apenas sobre a nossa musculatura estreada e na nossa atenção. Seja forte e pense em coisas que te façam bem!
      Desejo felicidades, garra e determinação,
      Um forte abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 5 de Novembro de 2014 | Responder

  38. Olá Dra.
    Tenho 33 anos e meu ex marido 42
    Conheci meu ex marido com 15 anos…
    fomos morar juntos quando tinha 18…com 21 tivemos nossa primeira filha…sai do mercado de trabalho pra me dedicar a ela e a ele…ele sempre foi um homem calado nunca demonstrou seus sentimentos…mais amava ele demais e ainda o amo…com 31 anos tivemos outro filho até ai tudo bem…
    em setembro de 2014 ele começou a mudar comigo…se arrumar mais pra sair e tal começou a fazer academia.
    em outubro recebi uma ligação que ele tinha outra pessoa…coloquei ele contra a parede e ele confirmou que havia saido com outra mulher. ..
    Nos separamos…estou morando em uma casa que ele paga todas as despesas pois fiquei fora do mercado de trabalho não tenho meus pais perto…ja fiz inscrição na creche para colocar meu filho pra poder arrumar um emprego.
    MAIS SOFRO DEMAIS NÃO CONSIGO ESQUECER ELE…NÃO CONSIGO FOCAR EM MIM…ELE DEMONSTRA ESTAR FELIZ…FAZ COISA COM OS FILHOS QUE NÃO FAZIA QUANDO ESTÁVAMOS JUNTOS…
    PRECISO DE AJUDA PRA SUPERAR…CHORO O TEMPO TODO.

    Gostar

    Comentar por Ana | 31 de Março de 2015 | Responder

    • Parece que sair do mercado de trabalho te retirou do universo onde você se relaciona com outras pessoas e com o mundo. Pode ser que você ficou desinteressante para o seu marido estreitada na casa e nos filhos. Voce sofre porque ele era o único meio com a vida, o mundo e as outras pessoas. Agora chegou a hora de você se abrir para outras pessoas e possibilidades e expandir-se.
      Sei que está sofrido, mas você está diante da oportunidade de crescer e evoluir quanto pessoa.
      Seja forte e você verá que sta situação vai se reverter para o seu bem e a sua expanção,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 3 de Abril de 2015 | Responder

      • Obrigada…!!!

        Gostar

        Comentar por Ana | 7 de Abril de 2015

  39. Fico uma semana com meu namorado, mas quando fico dois dias sem ele já não consigo dormir direito, pego o celular a cada segundo para ver se ele me mandou alguma mensagem ou respondeu… No começo do namoro éramos 24hrs nos comunicando, ele me mandava mensagem toda hora, e eu no gostava porque achava que ele estava afobando nossa relação, aí ele diminui e agora eu que sinto essa falta de atenção!!
    Será que estou louca!? Kkkk

    Gostar

    Comentar por Thayssa | 11 de Abril de 2015 | Responder

    • Somos todos loucos assim como você! Quando o outro nos dá muita atenção a gente não valoriza, quando dá pouca a gente sente falta, nestes momentos a gente ve que era feliz e não sabia! tudo o que temos em abundancia, não valorizamos, o que é escasso, supervalorizamos.

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 14 de Abril de 2015 | Responder

      • Não compreendi a sua questão?

        Gostar

        Comentar por leamichaan | 19 de Abril de 2015

      • Bom dia,estou acompanhando seu blog diariamente e resolvi compartilhar e pedir um conselho sobre meu caso,eu conheci um rapaz a 10 anos atras,nós namoramos por 9 meses,sempre nos demos bem,mas mesmo depois de terminar continuamos a nos encontrar,e é assim até hoje,não temos nada sério. Já falei com ele que eu amo muito ele e tenho planos de namorar,casar,mas ele diz querer somente minha amizade por enquanto,isso me mata. Mas ele sempre vem em casa pra ficar comigo,me chama para sair e aí eu acabo sedendo,pois amo ele e acho que agindo assim temos chance de voltar,ele me deixa em dúvida pois diz para os amigos e para a mae que gosta de mim,mas ele não decidide o que quer,nem me deixa e nem me assume. E o pior de tudo é que quando saio com ele e agente fica,ele some por um tempo e as vezes fico dias,semanas e até mesmo meses sem vê-lo e sem se falar,e se eu o procuro ele me ignora e despreza e diz estar sem tempo para ir em casa. Isso é humilhante e me fere muito,choro,me desespero e não sei o que fazer mais,isso já tem 10 anos,eu estou enlouquecendo com essa situação,me ajude!

        Gostar

        Comentar por Simone Martins | 27 de Maio de 2015

      • Chegou a hora de da um BASTA! Tenha uma única conversa bem sincera e verdadeira e diga com todas as letras que ou ele assumi, ou chega! Se ele disser que vai assumir e sumir, já fica avisado que não terá volta! Mas, antes de falar com ele você precisa tomar esta decisão internamente!
        Se ele sumir, aceite que acabou e faça o luto para libertar-se para novas possibilidades!
        Força de vontade e determinação!
        Abs, Léa

        Gostar

        Comentar por leamichaan | 27 de Maio de 2015

      • Bom dia,é verdade,isso tá me desgastando,me deixando deprimida,mas nem está tendo como conversar com ele,quero ter essa conversa definitiva,mas nem estamos nos vendo mais,ele não me liga,nem fala comigo pelo whats,eu fico na minha,não puxo conversa,parece que sou um tento faz na vida dele,é horrível,se ele nem me procura mais,como vou conversar com ele? Seria melhor deixa do jeito que está ou procurá-lo para ter essa conversa?

        Gostar

        Comentar por Simone Martins | 1 de Junho de 2015

  40. ola gostaria de saber o que eu faco.pois eu e minha amada terminamos ela conheceu alguem mas no final acabamos voltando,so que ela ainda fica conversando com ele e eu nao gosto,sei q a relacao nao sera mais a mesma.mas nos nos amamos mesmo.so que estou em maguas,pois a amo muito e quero que ela pense so em mim.antes brigavamos muito.mas eu amadureci muito e mudei.mas desde que voltamos nao vejo o mesmo amadurecimento e vontade de recomecar.sem brigas bobas.viver em funcao um do outro.digamos sai do namoro para casamento.eu a amo muito e estou sofrendo entre “”.o que eu deveria faze

    Gostar

    Comentar por alex | 6 de Maio de 2015 | Responder

    • Viver em função um do outro é um relacionamento adoecido, porque a maneira mais saudavel de se relacionar com alguém é transitando por vários campos da vida: amigos, trabalho, estudos, lazer e namorada. Quando a gente vive em função de alguém se torna obsessivo e sufoca a outra pessoa. Além de não se preencher nem se alimentar e nem se enriquecer de outros elementos da vida.
      Abraços,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 19 de Maio de 2015 | Responder

  41. Não consigo fazer mas nada sem minha namorada , fico pensando nela o dia todo …. Fico sem forças quando ela está longe ,o que faço Léa? Por favor

    Gostar

    Comentar por Henrique | 19 de Maio de 2015 | Responder

  42. Bom dia,estou acompanhando seu blog diariamente e resolvi compartilhar e pedir um conselho sobre meu caso,eu conheci um rapaz a 10 anos atras,nós namoramos por 9 meses,sempre nos demos bem,mas mesmo depois de terminar continuamos a nos encontrar,e é assim até hoje,não temos nada sério. Já falei com ele que eu amo muito ele e tenho planos de namorar,casar,mas ele diz querer somente minha amizade por enquanto,isso me mata. Mas ele sempre vem em casa pra ficar comigo,me chama para sair e aí eu acabo sedendo,pois amo ele e acho que agindo assim temos chance de voltar,ele me deixa em dúvida pois diz para os amigos e para a mae que gosta de mim,mas ele não decidide o que quer,nem me deixa e nem me assume. E o pior de tudo é que quando saio com ele e agente fica,ele some por um tempo e as vezes fico dias,semanas e até mesmo meses sem vê-lo e sem se falar,e se eu o procuro ele me ignora e despreza e diz estar sem tempo para ir em casa. Isso é humilhante e me fere muito,choro,me desespero e não sei o que fazer mais,isso já tem 10 anos,eu estou enlouquecendo com essa situação,me ajude!

    Gostar

    Comentar por Simone Martins | 27 de Maio de 2015 | Responder

  43. Bom dia Doutora!
    Preciso muito de ajuda.Sou do nordeste e aos 16 anos conheci um rapaz que tinha ido visitar os pais que eram meus vizinhos, e acabamos ficando e nos apaixonamos e ele voltou para Goiás onde morava e continuamos namorando a distancia, de 3 em 3 meses nos víamos, desde do inicio ele deixou claro que queria algo sério,então aos 17 anos ficamos noivos e aos 18 nos casamos(tinha acabado de terminar o ensino médio).casamos em janiero de 2012 e vim embora com ele para goiás, deixando toda a minha familia.chegando aqui até o segundo mês tudo maravilha, depois ele começou a beber e me deixar em casa sozinha(eu ja sabia que ele bebia,porém ele disse que não me deixaria em casa sozinha para beber,mas tambem nunca prometeu que iria deixar de beber). ai começaram as brigas, então vi que não ia aguentar longe da minha família, então ele temendo eu ficar doente resolveu ir embora para o nordeste comigo, chegando lá não deu certo porque lá não estava dando para ganhar dinheiro, então voltamos, mas exigi que ele me deixasse trabalha, então voltamos pra goiás e comecei a trabalhar, melhorou um pouco porque agora tinha menos tempo para sentir saudade de minha familia, e tinha meu proprio dinheiro,mas ele nunca mudou, não me deixa sair, fico só em casa, nem me leva para lugar nenhum, e as brigas so aumentando, sem contar que ele é muito ignoarante,ele é daquelas pessoas que não aceitam opnião,toda vez que ele sai para beber que ele chega é uma briga, e no outro dia fica sem falar comigo porque diz que eu não compreendo que ele precisa desistressar, te tanto brigarmos ele agora vive falando que é melhor eu ir embora.esses dias me mandou de novo, e agora perguntei para ele se ele quer que eu vá e ele diz que eu quem sei se quero ir. ou ficar,mas ele quer que eu aguente tudo calada, e não em deixa fazer faucldade, devo viver de casa para o trabalho, sem reclamar porque ele me deixa em casa sozinha(ele sempre bebe aqui perto de casa e la so tem homem,sei que não há traição)mas queria uma vida a dois,ele não entende. o problema é que eu amo ele, não tenho coragem de ir embora, acho que não vou conseguir viver sem ele, mas meus pais me dar o apoio para voltar, estudar,enfim, fazer tudo que come ele não posso fazer.fico ou vou embora?será que vou superar?
    tenho 3 anos e 6 meses de casada, tenho 21 anos, ele 35 anos.

    Gostar

    Comentar por Lane Lima | 24 de Junho de 2015 | Responder

    • o que você está atravessando ao lado deste homem não é vida! Você fica sozinha, longe das pessoas que ama, só vai da casa pro trabalho, não pode estudar e ter uma profissão, fica triste e amargurada. que vida é esta? Ele já disse que não vai mudar e que você pode fazer o que quiser. Você quer viver assim pro resto de sua vida? Você ainda é muito jovem e pode encontrar um novo amor.
      Seja corajosa e escolha viver!
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 1 de Julho de 2015 | Responder

  44. Boa tarde!
    Gostaria de compartilhar minha história e pedir uma orientação sobre o que devo fazer em relação ao meu relacionamento.
    Bom, namorei 5 anos um rapaz (eu tinha 17 anos e ele 21), no início ele era muito ciumento tornando nosso relacionamento muito sufocante e marcado por brigas, mas ele buscou ajuda profissional e conseguimos controlar a situação. Passamos os primeiros 4 anos de namoro muito bem, um era companheiro do outro, crescemos e progredimos juntos, porém devido a profissão dele, ele teve que trabalhar em outra cidade, bem distante da minha, mas ele sempre trabalha quinze dias e folga quinze dias, enfim, passamos um ano nessa situação de namoro a distância e nesse período que as brigas começaram, que as desconfianças surgiram e que os términos e voltas de namoro começaram. Isso tudo me fez muito mal, já tentei terminar definitivamente, porém sempre acabo voltando e nada muda, tudo permanece igual. Foi então há uns 2 meses atrás que terminamos pra valer (vi que cada um precisava do seu tempo), porém ele caiu em depressão (só chorava, queria largar o emprego público, até tirar a própria vida) porque é infeliz na cidade onde trabalha e com a profissão que tem… então tentei ajudá-lo (pois gosto muito dele e quero vê-lo feliz), mas acabei me envolvendo de novo com ele, porém resolvemos que durante esse período de recuperação seríamos apenas amigos. Nesse processo, começamos a sair juntos de novo, beber demais, ir pra várias baladas e ele me disse que quer ficar comigo, que gosta de mim, mas que quer um tempo pra voltar ao normal e decidir se ele quer algo mais sério comigo (casamento). Porém, não quero mais viver nessa situação pq isso me faz mal (fico preocupada com os problemas de todo mundo e não cuido de mim mesma), não quero viver numa ilusão/mentira, então resolvi me afastar de vez, mas ele continua me procurando, me ligando e td isso me deixa com muitas dúvidas, e eu ainda amo muito ele, não sei se espero ele decidir o q ele quer da vida e fico ao lado dele esse tempo ou se deixo ele sozinho com a confusão q se passa na cabeça dele. Não sei se nos acomodamos e nos acostumamos um com o outro ou se o que sentimos é amor realmente. Estou muito triste, não tenho vontade de nada… é como se fosse um luto ficar longe dele, mas não quero viver numa ilusão e deixar ele controlar a minha vida. Ele já está bem melhor da depressão, procurou ajuda profissional e sei q ele vai ficar bem de agora em diante. Mas agora tenho q pensar em mim, em progredir e evoluir na vida com ou sem ele… não sei se me afasto de uma vez dele ou se espero ele se recuperar (e fico junto com ele)…
    Léa, me ajude…
    Abraços

    Gostar

    Comentar por Laura | 26 de Junho de 2015 | Responder

    • você sabe que não consegue ficar sem ele, você já tentou inumeras vezes e voltou. Você escreveu que o ama, e também não sabe se você se acostumou ou se é amor, eu penso que são os dois: costume, hábito e amor. Vocês passaram por inumeras fases durante este tempo de namoro e pode ser que agora a fase de namoro saturou e é hora de passar pro proximo passo: casamento. você sabe que não existe homem perfeito e nem mulher perfeita, todos nós temos nossas deficiencias e você já conhece as deficiencias dele e se ahbituou. sugiro uma boa conversa com ele para decidir se vai ou racha!
      Felicidades,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 1 de Julho de 2015 | Responder

  45. Preciso de ajuda. Sou uma pessoa que teve uma infância muito problemática e que me deixou sequelas na vida de adulta. Sou uma mulher muito carente que não sei viver pra mim. Passei a minha vida inteira vivendo para os outros literalmente. Minha vida teve sentido quando os meus filhos nasceram (tenho 3 filhos homens, todos maiores). Sou divorciada 2 vezes (do pai deles e de um homem que é 16 anos mais jovem). Hoje convivo com um homem da minha idade, mas que esperou por mim por 15 anos. Mas mesmo assim não consigo sentir o amor dele por mim. Sempre vivi minha vida em função dos outros e para os outros. E por conta disso (por ouvir muito as outras pessoas) acabo sempre tomando decisões contrárias a mim. Hoje sofro por não saber viver sozinha e ao mesmo tempo é só o que eu penso. Já tive muitas pessoas em minha vida, mas não sinto o amor delas por mim (apesar de saber que me amam). Quando estou sozinha não penso duas vezes em aceitar o carinho e a atenção de qualquer um e é claro logo, logo eu enjoo e já quero partir para outro. Entro numa de só ver os defeitos da pessoa e ninguém é bom o bastante para mim. Mas é claro isso acontece sempre depois de me sentir velha, feia e incompetente de conviver com qualquer pessoa que seja. Resumindo não me amo e não sei viver só comigo e para mim. O que eu posso fazer para mudar isso. E também sofro de pensamentos disfuncionais. É horrível, tem dias que parece que vou ficar louca, literalmente. Não consigo organizar o pensamentos e isso está acabando comigo. Por favor me ajude!

    Gostar

    Comentar por Dalva | 2 de Julho de 2015 | Responder

    • O fato de não ter recebido amor, afeto, carinho, ser aceita e querida durante a infancia que é a fase de sua constituição fez com que você não acredite que alguém possa te amar de verdade. Você não desenvolveu a confiança e a segurança de que é uma pessoa amável, por isso continua carente, porque o outro te ama mas você não consegue se alimentar desse amor. Se não se sente amada, também não consegue amar, porque projeta no outro o desamor que introjeta das pessoas (complicado?). Esta dinamica prejudicou a sua autoestima, por isso também não acredita que alguém possa te amar, e você vive para o outro porque não “vale a pena viver por você” devido a sua baixa autoestima, e também para mostrar para as pessoas como você é boazinha e quem sabe elas vão te amar de verdade (tudo isto inconscientemente)
      Uma boa terapia pode te ajudar, releia e refleta sobre estas palavras,
      Um forte abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 2 de Julho de 2015 | Responder

  46. Tipo tem um amigo que conheci a 6 meses simplesmente se torno o melhor amg .. Como nao ter irmaos.. Sim irmas muito chatas e por isso dou muito valor as mimhas amizades quero me comunicar com as pessoas diariamente quase td tempo … E acabei d muda d escola com isto muitas pessoas se afastaram fazendo com que este novo amigo fique mais proximo … Sendo assim acabei acostumando com ele muito e um bom amg … Mas quando nao o vejo ou nao saio com ele fico triste ….. E aconteceu uma situaçao q ele acabou gostando da mesma menina q gosto com isto fiquei meio abalado … Pensando q ele nao seria mis aquele amg d antes q iria se afastar vendo situaçoes onde nao existem … O que faço devo parar d sair com ele um pouco para meu proprio bem e ocupar meu tempo com outras coisas???

    Gostar

    Comentar por Alisson | 18 de Julho de 2015 | Responder

    • Vocês podem continuar amigos mesmo gostando da mesma menina. Pode ser que ela nunca fique com nenhum dos dois, daí vocês vão parar de sair juntos à toa? Além disso, vocês podem conversar sobre o que sentem por ela, compartilhar o seus sonhos pela menina. Caso algum de vocês tente ficar com ela e ela topar, então aquele que ficar sem esta menina pode se abrir para tentar se envolver com outra! Ela não é a única garota do mundo! Existe um filme muito legal chamado Tenha Fé, é a história de 2 amigos que gostam da mesma menina. Vale a pena assistir. Se você deixar de sair com este amigo só por causa da menina, você não vai ter nem a menina (que não é garantia nenhuma que vai ficar com ela) e nem o amigo! O amigo você já tem, então não o perca! Além disso, que tal abrir o leque de amizades e tentar se aproximar de mais amigos?
      Felicidades,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 19 de Julho de 2015 | Responder

  47. Sei bem como é. Fui fazer uma viagem e me diverti mt, mas o meu namorado ficou inventado q mudei depois de voltar, o q eu acho é que ele achou um absurdo eu ter conseguido me divertir sem ele, enquanto ele, teve uma pessima semana,

    Gostar

    Comentar por anonimo | 27 de Julho de 2015 | Responder

    • Sim, ele sofreu porque você ficou bem sem ele e porque ele se comparou com você e enquanto a sua semana foi ótima, a dele foi péssima! Quanto mais proxima a pessoa é de nós, mais ela se compara com a gente, e a comparação é o veneno da nossa vida.

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 28 de Julho de 2015 | Responder

  48. Não sei mais Oque Fazer Amo meu ex de mais e quero encontrar uma solução, pra gente ficar juntos novamente mesmo com a distância que nos impede de sempre estar juntos

    Gostar

    Comentar por Danikely | 29 de Julho de 2015 | Responder

    • Para eu conseguir te ajudar a pensar numa solução para a distancia que há entre vocês eu preciso de mais dados…No entanto, você escreve que não conseguem sempre estar juntos e isso me faz pensar que as vezes vocês conseguem ficar juntos e se a distancia for só de ordem geográfica, sei que é duro não tocar, não sentir o cheiro e não estar fisicamente perto da pessoa que a gente ama, mas a tecnologia ajuda muito. Acredite que tenho vários pacientes espalhados pelo mundo que fazem terapia por skype e estou tão disponivel para eles e eles para a terapia que tem sido uma experiencia terapeutica maravilhosa!
      A gente se vira como pode nessa vida cheia de limites!
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 29 de Julho de 2015 | Responder

  49. Oi Léa fui viajar pra casa da Vó do meu marido e lá encontrei muita paz, amor e união , quando vim embora , vim chorando pq todos queriam q a gente ficasse , pois aqui onde eu moro só tem briga e violência , agora dia 31 vou voltar pra lá de novo mas só eu e minhas duas filhas e pretendo ficar um mês , mas meu marido não vai. Será q consigo ficar sem ele. Obs; no nosso relacionamento está tendo brigas…

    Gostar

    Comentar por Kerem | 16 de Agosto de 2015 | Responder

    • Claro que você consegue ficar sem ele por um mês, afinal, vocês não são colados. E ainda mais se há brigas, melhor passar um tempo longe mesmo, para sentir falta, sentir saudade, pensar sobre a parcela de responsabilidade de cada um no relacionamento. durante esta viagem, procure ser compreensiva e mais acolhedora quando falar com ele. Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 16 de Agosto de 2015 | Responder

  50. Oi Léa ,nos começamos a namorar e depois de 30 dias fiquei sabendo que eu ia ser papai,os primeiros meses foram ótimos para nos e para o bebê,no dia 5 de Maio meu filho nasceu fui uma felicidade enorme daí eu comecei a morar com os pais dela até o meu filho ficar maiorzinho mas depois que ele nasceu vieram muitas brigas todos os dias brigavamos por pouca coisa as vezes brigávamos por um calça pendurada no banheiro ,teve uma vez que minha ex mandou mensagem ela fico irritada e queria terminar daí se passou 1 mês e briga atrás de briga no dia 15 de agosto ela termino comigo era num sábado na hora que eu ia trabalhar aquilo foi uma bomba que tinha caído em cima de mim fui trabalhei na hora que eu parei eu fui na casa dela perdir para voltar mas ela não quis até ajoelhei na frente dela ela fez de conta que eu nao tava ali e disse para min não ficar me humilhando e daí e só vou la para ver meu filho mas será que tem chance de voltar comigo pq ela nem apago nossa fotos juntas.

    Gostar

    Comentar por Lucas vieira | 25 de Agosto de 2015 | Responder

    • Vocês tem um filho juntos, vocês são uma família. Seria interessante você compreender bem as razões que fizeram com que ela terminasse com você e conversarem melhor sobre isto de forma adulta e madura. Se vocês se separarem por besteira será uma irresponsabilidade porque o seu filho sofrerá demais, afinal não haverá um pai tão bom para ele quanto você!
      Ela tem muita sorte de constituir família com você que a ama e deseja lutar para manter este amor e está família!
      Espero que ela saiba reconhecer isto,
      Felicidades,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 27 de Agosto de 2015 | Responder

  51. Oie então vamo la , eu gosto de uma pessoa,meu melhor amigo.mais ele ficou com minha amiga .uma longa história.enfim será que contínuo esperando até ele se tocar e ver q eu amo ele e quero ele pra mim?

    Gostar

    Comentar por Hellen | 5 de Outubro de 2015 | Responder

    • Só esperar? Não tem uma maneira como ele saber de seus sentimentos por ele?

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 7 de Outubro de 2015 | Responder

  52. Olá, Boa tarde. Tenho 24 anos. Namoro há 1 ano e meio, foi um namoro muito intenso, um casal muito bonito, apaixonados, companheiros. Tivemos nossas briguinhas, ciumes, como todo casal… mas de alguns meses pra cá ele estava mais distante de mim, e não me falava aquelas coisas lindas que ele sempre falava. Ele está desesperado porque acabou de formar e não consegue um emprego. Mas enfim.. Daí há algumas semanas atrás ele chegou pra mim e disse que não via mais futuro entre nós, que o sentimento dele não era igual ao do começo. E falou que aquilo não estava certo, porque eu merecia alguém que estivesse 100 por cento. Que ele nunca iria encontrar uma pessoa como eu, mas que não queria me fazer sofrer porque está confuso. Terminamos faz duas semanas, ele chorou mas disse que era o melhor a ser feito. Eu estou sofrendo muito.. mandei algumas mensagens e ele me disse que está confuso, pois senti falta de mim mas não sabe sabe oq é melhor . Ele foi em uma festa sábado pra espairecer, minhas amigas que estavam lá me disseram que ele estava mais perdido que tudo, que não chegou em ninguém e nem deu moral pra ninguém e que percebia que ele estava sofrendo também. Mandei uma mensagem pra ele dizendo pra gente tentar novamente, que seremos felizes.. mas ele disse que estava confuso e não queria decidir nada agora. Não sei o que faço, fico com vontade de mandar mensagem mas tenho medo dele não gostar e colocar tudo a perder. Será que acabou mesmo o amor por parte dele? Será que vale a pena eu lutar? Eu amo demais ele. E quero voltar, mas voltarmos firmes e fortes pra seguirmos em frente .

    Gostar

    Comentar por Leticia | 10 de Novembro de 2015 | Responder

    • Se você o ama, se ele não é um cafageste, pelo seu relato, ele se afastou de você porque esta depressivo, triste, pode ser com a dificuldade em encontrar trabalho. Provavelmente ele esta frustrado com o mundo e com a vida este é o caso de você lutar pelo homem que você ama. No entanto, ele deixa claro que não consegue manter o namoro, parece que ele perdeu o tesão por tudo, inclusive por si mesmo. Agora seria o momento de se aproximar de forma sutil, respeitando o momento de vida dele. Aproxime-se como amiga que quer apoiar, escutar, acolher, compreender, e espere ele dar a deixa e não cobre, nem pressione. Penso que ele vive um momento muito delicado da vida e precisa ser respeitado. Dessa forma a relação fortalece para vocês seguirem juntos!
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 11 de Novembro de 2015 | Responder

  53. Olá, Bom dia, estou namorando alguém que sofre de depressão, e há duas semanas ela vem me tratando mal, distante, seca. Ontem ela falou que queria terminar, q ela precisava ficar sozinha, q não me amava mais, q ela não me merece, sendo q ela falou as mesmas coisas no final de setembro e depois voltou atrás, pediu pra voltar e voltei porque a amo. Queria ajuda para saber o q fazer, pois não quero me separar dela, quero ela muito, e também acho q se a gente se separar ela vai piorar. Para piorar a situação sempre fui uma pessoa tímida, introvertida e carente, fico pensando q se ela partir, além de eu perder uma ótima pessoa, não vou conseguir ninguém. O que eu faço? Quero ficar com ela, muito mesmo, ela não consegue perceber o quanto me faz bem, mas não sei se é o melhor pra nós dois, mesmo eu sabendo que posso ajuda-la muito na depressão. Sábado vou na casa dela pra gente resolver isso, ela fala que não vai mudar de ideia como fez na ultima vez, que pensou muito, e num primeiro momento vou tentar convencer ela que a gente devia ficar junto, mas não sei se é a melhor opção. um abraço.

    Gostar

    Comentar por João | 19 de Novembro de 2015 | Responder

    • Uma pessoa adoecida psicologicamente e emocionalmente precisa desejar melhorar. Este é o primeiro passo para a cura. Parece que ela desistiu dele mesma ao desistir de você, mas você não é obrigao a desistir dela. Você sabe que vai precisar de muita força, garra, animo pra manter este relacionamento. Ela não sente vontade de sair, passear, se diveritir e nem de curtir a vida, e isto é um problema pra sua vida. Você está mesmo disposto a se sacrificar por esta mulher? Se sim. Arregaçe as mangas e use a criatividade para fazer vocês dois darem certo e serem felizes. Ela precisa de um psiquiatra que dê um antidepressivo para ela!
      Te desejo muita garra e determinação,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 23 de Novembro de 2015 | Responder

  54. Como não sei se o outro comentário foi postado então vou colocar outro, Meu nome é João e namoro uma pessoa que sofre de depressão, e há duas semana ela vinha me tratando mal, seca, distante, e ontem ela disse que queria terminar, que não me amava mais, que precisava de um tempo, que ela não me merecia, sendo que ela já fez isso no final de setembro, falou as mesmas coisas e depois mudou de ideia e quis voltar, e eu voltei porque a amo muito. Ela disse que já pensou muito e que não vai mudar de opinião como da ultima vez. Não quero terminar, quero ficar com ela mesmo, e também acho q ela vai piorar ficando longe de mim, porque sei q ela me ama, alias ela que começou esse relacionamento. Sábado agora vou na casa dela resolver isso e queria ajuda pois estou um pouco desesperado, devo tentar convencer ela, como fiz na ultima vez, e como quero? Ou devo aceitar? tenho certeza que é a doença falando, não ela, não queria perder ela por causa disso, Estou me sentindo muito mal por causa disso, de estar de certa forma de mãos atadas nessa situação, ela é uma pessoa maravilhosa, me faz muito bem. Obrigado e um abraço.

    Gostar

    Comentar por Joao Silva | 19 de Novembro de 2015 | Responder

  55. Hoje estou no meu primeiro dia de “aceitação” depois de longas semanas correndo atrás e buscando uma suposta “volta”, depois de muito gelo, patata e até o próprio pai dela me proibir de falar com ela, “acá” estou eu, imaginando como posso seguir minha vida sem ela e blá,blá,blá. É reconfortante saber que tantos homens também passam por isso, mas agora me parece que eu sou o único na terra que sofre ahaha parece que ela é a única no mundo capaz de me fazer feliz, até porque foram 7 mesês apenas, mas foram mesês intensos, até porque ela foi a primeira garota da qual eu apresentei toda a minha familia, amigos e amigos de igreja, fiz planos e depositei todas as minhas expectativas. Eu ainda gosto muito dela, ela disse que terminou comigo porque que não sentia que nosso relacionamento era de Deus depois de tantas brigas e que não gostava mais de mim, depois descobri que ela senti ciúmes ainda, daí eu deduzi que ela ainda gosta sim, pouco talvez, mas gosta, nessas semanas ela se aproximou de um rapaz da igreja dela, filho do pastor, tem dinheiro, carro, é gordo ahahah mas é gente boa, é amigo dela, os amigos dela gostam dele e apoiam os dois e tal mas ela disse que por enquanto quer ser só amiga dele e que gosta sim dele e ele dela, falou pra mim dar um tempo pra ela porque ela precisa de um tempo, um tempo dela, mas o que mais me deixa na dúvida e que pra que ela quer esse tempo? é pra pensar em ser a minha amiga ainda? ou voltar comigo? uma vez ela disse “Cara, deixa eu sentir saudades de você, você não deixa” porém já surgiu essa rapaz e não é da indole dela ir atrás de alguém mesmo ela gostando ainda, como ela poderá sentir? O que fazer?

    Gostar

    Comentar por Matheus Rodrigues | 16 de Dezembro de 2015 | Responder

    • Esta moça precisa sentir o perigo da possibilidade de perder você para te valorizar.
      Seja mais orgulhoso, seja mais seguro e principalmente valorize-se. Ela não tevaloriza porque você aceita tudo e fica à disposição, a mercê dos caprichos dela. No minuto que ela ver que você pode se interessar por outra mulher é que você não deixa ela te fazer de gato e sapato, ela vai te valorizar. Como ela mesm pediu: deixa ela sentir saudades,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 16 de Dezembro de 2015 | Responder

  56. Olá Léa,

    Achei super interessante seu trabalho de aconselhar as pessoas através desse blog.
    Estive num relacionamento relativamente curto (10 meses ao todo). Ele foi meu primeiro namorado e eu me apaixonei desde a primeira vez que o vi. Nós eramos extremamente carinhosos e apaixonados um pelo outro (pelo menos era o que ele demonstrava, as vezes achava que ele me amava mais do que eu a ele) mas brigávamos muito.. Por coisas bobas, por ciumes, coisas pequenas que aconteciam e sempre após as briguinhas voltávamos a ficar super bem. Eu queria estar o tempo todo com ele e acabei deixando meus amigos e família de lado. Vivia na casa dele, pois moro de favor e ele não podia frequentar minha casa, saiamos com os amigos dele o tempo todo (que descobri depois que viviam falando que queriam ele solteiro e falando pra terminar comigo). Ele vivia me pedindo pra não ser tão explosiva e que “orgulho não levava a nada” e resolvi ouvir ele pra diminuir as brigas.. Só que quem começou a brigar foi ele, ele deixou de ser o calmo da relação e meio que “tomou o meu lugar” nesse sentido. Ainda sim, continuávamos grudados um no outro, até que um dia de briga, fui beber com os amigos pra tentar “esquecer” e acabei me encontrando na casa dos pais dele (onde ele mora) atrás dele. Passaram algumas semanas, tudo estava relativamente normal, até que brigamos mais uma vez, eu disse que amava muito ele, mas que parecia que a não dávamos certo juntos. Ele então pediu um “tempo” (coisa que ele dizia não acreditar). Passado alguns dias, como eu estava sofrendo muito sem ele, resolvi ligar para tentar acabar com esse tempo.. Infelizmente ele disse, friamente, que queria terminar comigo, eu aos prantos e ele sem demonstrar nem um pouco de tristeza. Já vai completar um mês e eu não consigo esquecê-lo. Lembro dele em tudo que faço e em todos os lugares que eu vou e costumávamos ir juntos.. Não consigo parar de chorar todos os dias e sinto muito a falta dele, mas sei que ele não me quer mais, pois tentei reatar e ele só me humilhou. Uma pessoa que antes jurava amor eterno, que fazia planos de morar junto de repente me trata hoje com desprezo, até um certo ódio na forma como fala comigo. Eu não durmo nem como direito, não consigo socializar com as pessoas e nem sentir atração por ninguém. Acredito que nunca mais vou amar ninguém como amo ele e tenho medo de passar o resto da minha vida com essa sensação de angústia e arrependimento. Perdi meu amor próprio, minha vontade de seguir em frente e não sei mais o que fazer.. Tudo que eu queria era poder ter ele na minha vida de novo, nem que fosse como amigo..

    Gostar

    Comentar por Laura Nascimento | 3 de Fevereiro de 2016 | Responder

    • Compreendo o seu sofrimento, vocês estavam na mesma sintonia e agora estão em sintonias diferentes. Antes ambos desejavam-se mutuamente, agora algo desviou a atenção dele para outra direção e você permanece voltada para ele. É isto faz você sofrer porque é muito difícil perder algo, e você o tinha e depois perdeu.
      Agora vai levar um tempo pRa você se conformar com esta situação em relação a ele. No entanto, assim como ele surgiu na sua vida, outros poderão surgir, mas para que isto aconteça você terá que se abrir para conhecer novas pessoas.
      Você precisa aceitar, se conformar, atravessar o luto desta perda e então, você supera esta dor,
      Um forteabraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 7 de Fevereiro de 2016 | Responder

  57. Bom dia durante 11 tive do meu lado uma pessoa maravilhosa morávamos nos fundo da casa de minha mãe, não brigávamos muito, tínhamos sim harmonia comunicação etc
    Percebo que a vida mudou depois que ela começou a trabalhar em uma empresa e tinha algumas colegas que viam a vida de outra maneira … Curtição
    Ela começou a mudar
    Hoje faz um 1 ano que ela optou por dar um tempo dizendo que estava sufocada .
    Não consigo ficar sem pensar nela . Sempre fui um marido atencioso e isso me intriga
    Também acho Q não consigo viver sem ela
    Hoje ela mora com um irmão
    Não sei o que fazer
    Ela não sai do meu pensamento

    Gostar

    Comentar por Danilo silva | 27 de Fevereiro de 2016 | Responder

    • Esta moça viu que a vida pode ser bem maior do que ela vivia e desejou conhecer mais do mundo, da vida, das pessoas e de si mesma. A maneira como vocês viviam ficou estreita pra ela. Acontece que ela cresceu e abriu a mente e você permaneceu no mesmo lugar. Que tal olhar para os lados e ver que o mundo é muito maior do que o alcance dos seus olhos?!

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 27 de Fevereiro de 2016 | Responder

  58. Eu estou em um relacionamento a dois anos,eu faço tudo por ele,largo tudo pra ficar com ele.Vejo que não tenho mais a minha própria vida. Ele trabalha,joga seu futebol, estuda e fica comigo,eu fico em casa o dia todo ansiosa pra que ele chegue e na maioria das vezes ele chega cansado.Cobro muito dele porque eu queria que ele me desse a mesma atenção que doou a ele,mas é impossível, porque quem está com problemas sou eu.Nao enxergava isso, mas agora consigo ver,procurava respostas ,e nao encontrava. .porque ele nao é carinhoso e atencioso comigo?
    Eu vejo que ele é, mas não como eu,porque eu passei do limite.Eu vivo apenas pra ele e esqueci de mim.Nao sei comp mudar essa situação,e ajude por favor.

    Gostar

    Comentar por Renata | 6 de Março de 2016 | Responder

    • Ai esta o seu erro! Você vive mais pra ele do q pra você. Você se anulou por ele e quer que ele faça o mesmo por você. Isto não é uma relação saudável!

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 10 de Março de 2016 | Responder

  59. Oi. Sou casada a 5 anos e tenho 1 filho de 3 anos. Tudo certo com meu esposo. Estou com ele a 12 anos. O problema é minha amiga de faculdade. Somos amigas a 6 anos mas de um tempo pra ca ficamos muito proximas. A gente briga as vezes mas fazemos as pazes rapidamente. Tem 1 ano que eu penso nela todos os dias. Sinto ciumes e vontade de ficar ao seu lado. Ja brigamos por isso por eu sufoca-la as vezes, dai me afastei um pouco. So q sua mae ficou hospitalizada 3 meses e ela veio me procurar e eu dei um apoio e tanto, senti como se fosse minha mae. Depois q a mae morreu ela se afastou de mim, dissevq queria ficar sozinha. Eu sofri muitoo. Hoje depois de 5 meses somos amigas, saimos, e tal. Mas eu sinto algo mais forte por ela. Varias vezes ja pensei estar apaixonada, outras penso ser uma carencia afetiva de algum buraco da minha infancia. Ja tentei tirar ela da cabeça mas ta dificil. Ela me magoou muito depois q a mae morreu mas eu ainda sofro por ela. O q faço??? As vezes ate choro escondido.

    Gostar

    Comentar por Paula | 8 de Abril de 2016 | Responder

    • O ser humano é bissexual, mas, chega um momento que temos que renunciar. Parece que está moça mexe muito com você, mas você tem uma família, e terá que fazer uma escolha sabia e responsável.
      Você pode compensar este sentimento pela moça, por alguma outra coisa mais possível? Curso, esporte, cultura, etc?
      Nós podemos ter varias e diferentes paixões na vida.procure deslocar a paixão para coisas mais possíveis,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 6 de Maio de 2016 | Responder

  60. Bom dia, Cara Lea Muito bonito seu trabalho através de um meio de comunicação tão ágil e rápido como nos é a internet. Esta semana se posso dizer assim, estou perdendo uma grande pessoa, que fez muita diferença em minha vida, por ventura de minhas atitudes e também do meu ciúmes exagerado com a mesma. Parece que quanto mais distante fico, mais aumenta a dor entende. Nunca vivemos juntos em um lar, apenas nos vemos em finais de semana , pois moro em uma cidade distante da mesma. Sinto que já perdi quem eu mais amo e não estou conseguindo entender as mudanças que ela me pediu quanto as minhas atitudes. Sempre que vou até ela procuro o máximo possível compreender ela e seus compromissos, pois são muitos principalmente aos finais de semana momentos esses em que posso estar com ela. Mas nunca reclamei de ter que ir junto ou estar junto nos mesmos compromissos sempre procurei apoiar a mesma, sempre me dediquei a mesma e nunca deixei ela sozinha, jamais abandonei ela e hoje sinto que estou sendo abandonado sem ao menos ter conseguido entender o por que. Meus pensamentos me levam sempre ao contrário de tudo, pois a mesma me pediu amizade mas não suporte isso em saber que amo muito ela. Na amizade penso em me mudar de estado, sumir da vida dela apagar tudo e desaparecer abandonar emprego sair da rotina que tinha, pois meu pensamento é pra ela e acho injusto não poder ser compreendido. Por onde começar minha vida se não consigo contar co a pessoa que me trás segurança, apoio? Desde já agradeço a sua atenção. Obrigado Bom dia

    Gostar

    Comentar por Robson | 3 de Maio de 2016 | Responder

    • Parece que você se anulou por ela, fez tudo o que ela queria e ao seus desejos? Seus anseios? Seus projetos? Onde está você? Quem é você? Do que você gosta? Porque não impõe as suas vontades? Parece que ela perdeu o interesse por você porque você se anulou por ela.
      Antes de procurar a ela ou outra pessoa para se relacionar, entre mais contato consigo mesmo e descubra-se.
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 6 de Maio de 2016 | Responder

  61. Meu caso é um pouco diferente. Tenho um amigo que quando esta sozinho comigo me trata bem ajente brinca e fica na paz, mas o problema é que quando apareceu outro que faz tudo pra que eu me afaste fez com que meu amigo mudasse comigo me tratando com desprezo afinal e totalmende diferente de quando estamos sosinhos. Tenho siumes
    E pior ainda eu vou ter que viajar pra um lugar que talvez fique por la por muito tempo. Fico imaginando o que vai acontecer e tenho medo de que nossa amizade acabe de vez.
    Alguem desse blog me ajude dizendo o que posso fazer por favor.😯😳😔

    Gostar

    Comentar por Erik | 12 de Maio de 2016 | Responder

    • Este amigo não é a única pessoa do mundo, existem muitas pessoas que merecem recebe a sua atenção mais do que ele, que são recíprocas, e não te frustam tanto quanto ele. Às vezes nós damos mais importância para o outro do que este dá para nós, e isto dói. Nós precisamos aprender a escolher dar nossa energia para as pessoas que merecem, para não sofrermos tanto,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 14 de Maio de 2016 | Responder

  62. 😳😳

    Gostar

    Comentar por Erik | 12 de Maio de 2016 | Responder

    • Já respondi para você, siga minhas orientações e ser feliz,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 14 de Maio de 2016 | Responder

  63. Olá, estou com um problema! Tenho um marido à dezenove anos, temos dois filhos. Somos carinhosos um com o outro.
    No sexo tudo pega fogo, sentimos desejo um pelo outro. Ele já me largou algumas vezes no passado sem explicação nenhuma. Depois de anos sossegou. Más de uns três anos pra cá. Ele vive falando que quer ter outra esposa e outros filhos. E que ama a cidade dele. Bom aí ele vai embora, e não passa dois dias e volta arrependido. Ele me prometeu que isso não ia mais acontecer. Más sempre acontece. Uma vez ele me disse que tinha vontade de fazer outra vida. Más tem medo de arrepender e eu não aceita lo de volta. Não entendo ele diz que me ama, ama os filhos. E no entanto tem esse comportamento. Acho que ele está me usando. Só que eu sofro muito, pois nao sei à que horas isso vai acontecer de novo. O mais engraçado é que quando estamos muito bem e que isso acontece, Todos na família acham que ele tem algum problema. Eu queria que ele acabasse logo com isso. Se ele for de novo. Por Deus, não o aceitarei de volta. Sei que vou sofrer más vai ser a última vez! Ps:
    É um ótimo pai, ótimo marido, todos gostam muito dele. Trabalhador, responsável. Então não sei no fundo quem é ele!

    Gostar

    Comentar por Diana lucia faria | 22 de Maio de 2016 | Responder

    • Parece que seu marido é perfeito, o único problema é que ele sofre de dupla personalidade. Tem momentos que você é a mulher da vida dele, tem momentos que ele teima que seria melhor se casasse com outra pessoa. Ele sofre da síndrome do e se…
      Nada é perfeito na vida e este é o problema dele. Penso que seria bom se você não o levasse tão a sério cada vez que ele diz que vai sair de casa, uma vez que você já sabe que ele vai voltar. Se você decidir não aceita-lo mais, não saberá se ele está com você porque te ama, ou porque tem medo de você não aceita-lo mais. É uma oportunidade de expandir a mente e tentar conviver com a loucura do homem que você ama, afinal, cada um de nós temos as nossas loucuras,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 22 de Maio de 2016 | Responder

  64. Bom dia,

    Estou precisando de ajudar, gostaria de saber que n consigo pensando com meu ex? Como? Não sei como curar uma tristeza que sempre se e faz presente … Deus não deseja investir nos sentimentos e sim nos pensamentos. Para suportar a tristeza basta um, mas para desfrutar a felicidade são precisos dois são felizes sabe.. Pois e sinto falta dele ainda. Eu nem acredito mais na felicidade verdadeira. Tô tristeza até hj. Mas vou tentar te esquecer meus problemas.. MEU DEUS!!!!😦

    Na verdade, eu amo mt ele, mas ele faz coisas errado que situação de vergonha e grave ai descobri no cel dele, já terminei com ele por isso. Nada é perfeito na vida e este é o problema dele. Pois é, já sofri por ele.

    Obrigada pela sua atenção.

    Gostar

    Comentar por Luise | 30 de Maio de 2016 | Responder

  65. Bom tive meu primeiro namorado com 15 anos e ficamos juntos durante 1 ano e so nos separamos por imposiçao dos meus pais e ficamos separados por 4 anos, ao longo desse tempo nunca o esqueci e por mais que eu tenha tentado outros relacionamentos sem sucesso parece que nunca outro rapaz me deixava feliz como ele me deixava, nehuma outra presença era como a dele e inumeras vezes sonhei em voltar com ele mas nunca o procurei por orgulho. Acabou que ele me procuro e acabamos voltando e indo por um mes apenas morar juntos e tivemos que separar-nos novamente sempre por causa de pessoas se metendo nunca por vontade nossa. Ficamos novamente seis meses longe eu mudei de cidade oq nao resolveu nada , sempre aquela tristeza infinita. Acabou que ele foi morar la comigo por dois meses e por força alheia nos separamos pra variar. E agora estou sozinha e triste, acho que jamais vou consegui superar isso, pq nenhum outro homem me faz me sentir bem e realizada como ele fez, longe dele estou sempre com o coraçao apertado, amgustiada , agoniada e sofrendo por ele que nunca sai de meus pensamentos. Sera que um dia posso superar isso?

    Gostar

    Comentar por Thaisa Ferreira | 17 de Junho de 2016 | Responder

    • Porque vocês não podem continuar namorando? Qual é o problema?
      O que impede vocês de manterem o namoro mesmo que seja em cidades diferentes? Se vocês terminam agora é precipitado, vocês se separam quando ainda o afeto continua.
      Pense nisso e lute pelo seu amor,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 23 de Junho de 2016 | Responder

  66. Ola, tenho 22 anos sou casada a 5 anos e Me sinto completamente dependente de meu Marido,e sofro muito com isso pois sinto que sou incapaz de tomar uma decisão sem antes consulta-lo.
    Nao me sinto bonita e pra ajudar engordei 15Kg e agora ele me chama de gordinha sei que ele faz isso de uma forma “carinhosa” levando na brincadeira so que isso acaba comigo pois sinto que não sou boa o bastante pra ele e sinto que sem ele nao tem sentido viver.

    Gostar

    Comentar por Marilia | 14 de Julho de 2016 | Responder

    • Antes de precisar dele para viver, você precisa precisar de si mesma! Comece a investir em você, exercícios físicos, se cuidar, estudar algo, trabalhar, se fazer bonita no corpo, na mente, no lazer, ter interesses…
      Não é saudável transformar o outro na razão da nossa vida. Todos nós precisamos um objeto de vida, o outro não pode ser este objeto.
      Resgate o interesse por si mesma e pela vida que ele vai se interessar mais por você,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 20 de Julho de 2016 | Responder

  67. Olá. Adorei o texto. E gostaria de uma ajuda. Eu já namorei algumas vezes e nenhuma dessas vezes eu encontrei a pessoa certa. Por mais que eu gostasse da pessoa, aconteciam pequenos sinais de que não era aquilo que queria. Hoje com 22 anos, sei o que quero para minha vida. Sou muito racional, não sei se é tão bom. Enfim desde então saio com muitos pretendentes e muitos sao como eles ou os que sei que não são, já acho que não vai dar certo porque ele é melhor do que eu (sendo que no fundo mesmo sei que sou bonita, vou formar agora e etc). E só sei que alem da angústia ao sair pela primeira vez com a pessoa e sentir baixa auto estima, eu fico desde a primeira saída, assim: “sera que vai dar certo? Será que vai me pedir em namoro?” E assim vai 24 horas por dia. Ansiosa para ter alguem ao meu lado que realmente dê certo. E as vezes fico depressiva por sempre me frustar. Acho que coloquei como desafio isso e não consigo relaxar. Obs: em todos os encontros, sempre demonstro muita auto estima, sempre muito tranquila e uma ótima companhia. Minha auto estima sei como melhorar, faço por onde todos os dias. Mas essa procura e medo de nso me pedir em namoro tornou insuportável. Desde já obrigada

    Gostar

    Comentar por bela | 22 de Julho de 2016 | Responder

    • O fato do rapaz não te pedir em namoro não significa que você não seja bonita, atraente, sensual, inteligente ou interessante. Se o cara não te pede em namoro, é sinal que a questão é com ele mesmo, é ele que não se sente preparado para um compromisso, ele que é inseguro…
      Você não pode colocar a sua autoestima nesta condição de ser ou não pedida em namoro.
      Só ficar nesta expectativa, nessa ânsia ja te tira a espontaneidade, já atrapalha a saída!
      Esforce-se para se libertar deste anseio! Confie no seu taco e desfrute a vida!
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 29 de Julho de 2016 | Responder

  68. olar léa sou casada a dez anos, e meu esposo mi despresa muito eu amo ele de mais quando vou procurar ele para fazer as pazez ele diz que não quer saber de mim ,mim despreza na frente de familia vizinhos e ate da nossa filha de nove anos eu não tenho mais pai nem mãe nem irmãos so tenho emfim minha familia se acabou so tenho ele e minha filha ele diz que vai mim trair depois pede descupa e diz que não vai fazer isso e cada vez que ele fala isso eu sofro ainda mais eu choro direto porque ele mim despressa e diz que não gosta mais de mim mais eu não consigo viver sem ele eu amo de mais as vezes eu estou com dores de colica de cabeça emfim ele finge que não ver e vai trabalhar e não liga nem para saber como estou eu ligo pra ele pra mim dar um pouco de atenção mais ele desliga na minha cara e manda eu ir atras de um macho que mim queira porque ele não sente mais nada por mim e so de olhar na minha cara ele diz que dar nauseas e da vontade de cuspir e vomitar eu estou louca estou escrevendo isso aqui chorando eu to ficando magra eu não mi cuido mais eu não tenho mais vida e nao adianta quantas pessoas dizem para eu deixar ele eu digo que não vou deixar porque eu amo ele de mais eu não tenho mais vida não ligo pra mim arrumar não saio de casa não ligo pra comer pra tomar banho pra nada nem pra minha filha estou ligando o que eu faço mim ajude porfavor obrigado por a atenção se poder conversar comigo mim mande alguma resposta um conselho por o meu email por favor mim ajude

    Gostar

    Comentar por lucivania | 3 de Agosto de 2016 | Responder

    • O seu problema é exatamente isto! Você se abandonou! Se quer que o outro de valorize, você precisa se valorizar primeiro! Cuide-se, arrume-se, ponha em evidencia a sua beleza! Que tal procurar um trabalho? Que tal procurar um objeto de vida? Ter outros interesses e se tornar uma pessoa mais interessante?! Ao invés de se preocupar com ele, comece se preocupando consigo mesma e saia do lugar de vitima, não espere que o outro vai tirar você deste buraco!
      Seja feliz!
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 18 de Agosto de 2016 | Responder

  69. Olá
    Eu queria uma ajuda sobre a minha vida pessoal,eu queria terminar com a minha esposa mais nao consigo,ja estamos juntos a 2 anos.
    Eu quero terminar porque ela não me entende,ela quer sempre escolher minhas amizades,n gosta que eu jogo bola e outras pequenas coisas,.as vezes me sinto muito triste,fico dentro de casa dia inteiro, sinto falta de sair um pouco pra conversa com algum amigo ela é contra isso..ela acha que eu tenho que fazer tudo do jeito que ela quer,eu tenho 25 anos ela tem 36.nao sei o que eu faço
    Fico com medo de terminar e me arrepende lá na frente..
    Me sinto sem forcas pra superar a ausência dela..
    Estou muito confuso
    Preciso de ajuda!

    Gostar

    Comentar por Jociel | 27 de Agosto de 2016 | Responder

    • A vida é uma só, o cônjuge não tem o direito de ditar o modo como vamos viver! Seja feliz, este é o meu conselho,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 13 de Setembro de 2016 | Responder

  70. Não é a resposta que busco não é meu caso esse em questão .
    O meu caso que que hoje minha ex na data do ocorrido esposa ela saiu de ferias com nossos filhos e no meio da viagem decidiu não mas voltar alegando que queria ficar próxima de sua família esta Cidade fica a duzentos quilômetros da casa nunca restringir ela de viajar sempre que possível fato e que tínhamos uma empresa uma confortável ela decidiu isso e nunca consegui manter um diálogo com sempre ela estava em fuga . Tentei muito contorna isso e mais derrepente me vi só sem ela e nossos dois filhos . Ela em momento algum me disse estou lhe deixando mas com o passar de alguns meses e a minha impotência de fingir que estava tudo bem foi minando nosso relacionamento e gerando conflitos .
    Depois de um tempo tentando manter está situação vi que ela havia planejado tudo quando questionada bingo.
    Eu a amo, amo nossos filhos .
    Minha vida acabou não tenho a mulher que amo não tenho meus filhos a empresa está falida . Me fechei para a vida . E a única maneira de me libertar e tirar o que ela mais valoriza a sua própria vida . Estou ciente das responsabilidades qie isso me trará .

    Gostar

    Comentar por Júnior Oliveira | 4 de Setembro de 2016 | Responder

  71. oi tudo bem nem sei por onde começar, namoro a 1,08 meses, foi muito difícil pra conquistá-la ela ta completando 18 esse mês, tenho 26 tive que enfrentar os pais dela por essa relação pois eles não permitia, sabe agora entendo o pq deles não querê permitir, fiz de tudo por ela sempre fui constante sempre estive com ela a via todos os dias parei de fazer muitas coisas por ela mais ela nunk me entende quando tento conversa com ela tipo ela não me da atenção ela não me procura só eu sempre eu o cara a investir nesse relacionamento to cansado sabe brigamos esses dias não queria a perde mais tbm não quero estar correndo atras dela, sei que tenho uma parcela de culpa pois me dei de mais, que mundo é esse que pra gente ter valor tem que dar desprezo a amo muito mais não quero me humilhar mais.sinceramente não sei o que fazer as vezes penso que ela não me ama ela diz que me ama mais isso não e suficiente pois as atitudes dela prova ao contrario agora estou dando gelo nela mais parece que ta doendo mais em mim do que nela.

    Gostar

    Comentar por jackson coelho | 4 de Outubro de 2016 | Responder

    • Ela não te valoriza e te oferece migalhas. Você não é obrigado a se contentar com isso. Pare de investir suas energias nela e invista em quem sabe te valorizar e que te ofereça afeto de verdade!
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 2 de Novembro de 2016 | Responder

  72. Isso acontece comigo estou com uma pessoa a muito tempo e ela diz que não vive sem mim , me sinto mal e por isso não término realmente já tentei conversa mas ela não consegue seguir em frente .. não sei oque devo fazer!

    Gostar

    Comentar por thiago | 29 de Outubro de 2016 | Responder

    • Ele te sufoca porque transformou você na razão dela viver. Ela não sabe viver pelos projetos de vida, transitando de forma saudável entre os amigos, familiares, projetos de vida, trabalho, estudos, viagens, etc. ela nāo está conseguindo se relacionar com você de forma saudável. Ela está obssecada por você e faz você se sentir culpado por ser mais livre e saudável nesta relação,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 14 de Novembro de 2016 | Responder

  73. Olá
    Queria muito conselhos, eu namorei dois anos , e ele foi meu primeiro em tudo, meu primeiro amor..bom quando largamos eu tentei de várias formas volta com ele ,fui sempre sincera. Fiz coisas possívels e impossívels para pode ficar pelomenos mais uma vez com ele. Durante anos eu e ele sempre tivemos recaidas , e eu sempre tinha esperança de volta com ele,mais ele sempre se afastava de mim, namorou duas meninas já,ele deu 3 chance pra uma delas, e pra mim que ele dizia e diz q sou a preferida , q gosta , se importa , nunca deu uma chance, durante esses 4 anos largados , a gente sempre ficou de vez em quando , o máximo q ficavamos afastados era 6 meses , mais o mundo gira e sempre acabamos no mesmo lugar, não sei oque faço to sofrendo muito com tudo isso,ta difícil seguir frente, pq até hj tenhp esperança de que vai da certo , mais meu nedo é de nunca conseguir superar isso …. me ajudem:/

    Gostar

    Comentar por Fernanda sales | 15 de Novembro de 2016 | Responder

    • Parece que neste momento a qualidade do afeto que você tem por ele é diferente da qualidade do afeto que ele tem por você! Esta na hora de você aceitar que existem outras pessoas que vão te frustrar menos, enquanto você insistir em ficar com ele, ele vai te frustrar mais e mais. Você esta dando murro em ponta de faca! Liberte-se desta ilusão, valorize-se e procure alguém que te valoriza também,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 16 de Novembro de 2016 | Responder


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: