Psicóloga Responde

Dicas úteis para o dia-dia

Traição

Caros leitores, tenho recebido algumas mensagens perguntando porque muitos homens sentem necessidade de ser “Don Juan”, ou seja mesmo estando casados, ficam conquistando outras mulheres. Aqui escrevo sobre o funcionamento psiquico dessas pessoas:

Quando lidamos com uma pessoa que possui uma dinâmica psíquica diferente da nossa sentimos necessidade de compreendê-la. Para compreender este Don Juan, temos que ter em mente que homens e mulheres são diferentes. A mente feminina e masculina é retratada na diferença de nossos corpos. Homens podem engravidar muitas mulheres ao mesmo tempo, enquanto uma mulher só engravida de um homem de cada vez, isto explica em parte a razão porque muitos homens sentem necessidade de seduzir várias mulheres simultaneamente porque cada mulher que se apaixona por ele aumenta a sensação de potencia dele. Em geral homens que precisam conquistar várias mulheres têm algum problema de autoestima e para compensar, seduzem várias mulheres. Cada mulher conquistada produz um breve alívio ao sentimento de menos valia. Mas, não resolve, o problema é entre ele e ele mesmo. Isto pode até se tornar um circulo vicioso porque o homem sente-se um infiel e sem caráter ao conquistar mulheres e por fim, o que ele acha que melhora a sua autoestima, na realidade também a deteriora. Depois de conquistada, muitas vezes a mulher perde a graça, porque não há mais desafio, e a necessidade do homem é conquistar, então ele precisa conquistar mais e mais na tentativa de tampar um vazio cujo rombo aumenta também mais e mais.

Acredito que este homem te ama, mas é o tipo de homem que precisa conquistar compulsivamente, do mesmo modo que existem compradores compulsivos que por meio dos objetos que agregam a si procuram preencher-se, ou comedores compulsivos que buscam em vão preencher o vazio interno e encontrar satisfação na vida, no mundo e em si mesmo empanturrando-se. Estas pessoas não percebem que além de não conhecer o seu real vazio, também não conseguem atingir a verdadeira satisfação.
Bem, a dinâmica psíquica é esta.

Espero que o texto te ajude a compreender e lidar melhor com a situação,

Um abraço,

Léa

Anúncios

20 de Novembro de 2012 - Posted by | homens que traem, traição

44 comentários »

  1. Acredito que é exatamente isso que acontece, pois quem gosta de trair sente esta necessidade de poder. Aconteceu na minha vida conjugal , até chegar um ponto que não suportei mais ser esposa de um Don Juan e mesmo sendo casada a 35 anos, eu resolvi separar-me de vez dele. Mas dei 4 chances , e ele só piora. Então, a decisão foi minha pois o sofrimento é grande ao saber que cada hora tem uma “bola da vez” na vida dele. Realmente o problema de vazio existencial é notado, pois nada nem ninguém o satisfaz. Concordo plenamente com tudo que foi dito por experiência própria!

    Gostar

    Comentar por Rosangela Vargas | 20 de Novembro de 2012 | Responder

  2. Concordo realmente com essa dinamica, porque conheco alguns amigos que sao vistos como conquistadores, nao entanto, estao sempre mal humorados, agressivos, nao demonstrando nenhuma autosatisfacao pelas conquistas propaladas por eles, que, afinal, parece nao os ajudar em muito.

    Gostar

    Comentar por tony oliveira | 21 de Novembro de 2012 | Responder

  3. Descobri que o homem com quem tenho um relacionamento é um Dom Juan virtual, e não tenho certeza se é real também. Moramos em cidades diferentes, fizemos um acordo de nos encontrar sempre que dá, mas ele sempre coloca obstáculos dizendo que é uma pessoa complicada, cheia de compromissos de trabalho, e sobra pra mim ir vê-lo. Ele nunca vem a mim. Nos falamos todas as noites via msn, faz mais de 1 ano, mas percebo que ele conversa com outras também. Há uns dias atrás, achei-o numa sala de bate papo e fingi ser outra pessoa. Que decepção! Sofri muito, pois na conversa ele queria conhecer a pessoa, marcar encontro. Contei pra ele e ele diz que não é assim, só quer conquistar, como uma diversão, mas se acaso se encontrar com a pessoa me avisa e terminamos. Ainda levei uma bronca dele que disse que o persigo. Na verdade, aceitei uma situação sem compromisso só pra ficar com ele, pois não consigo me livrar dessa paixão que sinto. Já terminamos uma vez e ele quis voltar. Sinto que logo que ele arrumar alguem interessante, vai me dispensar. Sou uma mulher independente, vaidosa, amorosa, responsável, artista plástica, pianista, professora, saí de um casamento sofrido de muitos anos…reconheço que deveria tomar uma atitude digna nesse caso. Mas como é difícil pra mim…nem consigo dar uma de difícil pra ele, sou muito insegura, sofro demais, acho que sou muito sensível aos meus sentimentos. Tenho raiva de mim. O que eu mais queria é que esse Dom Juan sofresse tudo o que já sofri com ele, mas sei que isso nunca vai acontecer.

    Abraços Léa e parabéns por seu trabalho.

    Gostar

    Comentar por Giulia | 20 de Dezembro de 2012 | Responder

    • Olá Giulia, você usou o termo certo: Don Juan é isto o que ele é.
      O que é um Don Juan? Alguém que só quer conquistar, que quer ter muitas mulheres apaixonadas por ele, e isto lhe dá poder. Ele se sente poderoso e quanto mais mulheres mais poderoso. Provavelmente a autoestima é baixa e ele faz isto para compensar. Ele procura palavras que as mulheres gostam de ouvir e fala não porque as ama de verdade, mas só para conquista-las. As mulheres adoram se sentir cortejadas e assim ele conquista um monte e fica administrando para não perder nenhuma. Tudo o que ele diz pra você e para as outras é aquilo que toda a mulher quer ouvir e é pura ILUSÃO. Ele ilude vocês para não perder o poder da conquista. Vocês não conseguem largar porque é muito bom sentir-se assim desejada, querida, amada, admirada, elogiada…
      A melhor coisa que você pode fazer é entender que você está vivendo uma mentira, é tudo ilusão e você está perdendo tempo em encontrar uma pessoa real que não vai ficar te bajulando, porque ele é um profissional da bajulação, mas será verdadeira.
      Desprenda-se deste homem o quanto antes,
      Liberte-se da necessidade de ser bajulada,
      Deixe de perder tempo da vida, você é artista, sensível e este homem te seduz pela sua sensibilidade e carência.
      Seja forte,
      Felicidades,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 21 de Dezembro de 2012 | Responder

  4. meu marido é assim ele conversa com mulheres no facebook..eu sei de td pq consigo ver algumas vezes o pior q eu sei o quanto ele é louco por mim..e ele engana elas falando q vai encontra las q isso q aquilo ai depois sempre ficam falando vc ñ veio e tal ..ai elle enventa uma desculpa esfarrapada e na verdade rir dessa cituação elle naum tem coragem de fazer isso só ñ consegue c libertar..tem alguma cura..algum tratamento?se puder me responder ficaria muito feliz .. meu email é pripri_bonequinha@hotmail.com..abç! agradeço desde ja.

    Gostar

    Comentar por Priscila | 24 de Dezembro de 2012 | Responder

    • Seu marido sente-se poderoso em conquistar virtualmente as mulheres. Ele vive no mundo da fantasia. Ele engana as mulheres fazendo-as perderem tempo e tem a sensação de ser poderoso, mas logo sente-se um enganador e precisa conquistar mais mulheres para compensar e isto está se tornando um circulo vicioso.
      Uma boa analise pessoal ajudaria-o a encontrar o que de fato pode fazer na vida real para melhorar a sua autoestima e esta necessidade em sentir-se poderoso.

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 25 de Dezembro de 2012 | Responder

  5. Olá, uma pergunta: Se existir alguma deficiência no casamento seja ela sexual, esta questão de Dom Juan pode vir a tona ?

    Gostar

    Comentar por Pica Pau | 28 de Janeiro de 2013 | Responder

    • Sim, pode.

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 29 de Janeiro de 2013 | Responder

  6. Tive um namorado com esse grande problema . De fato gostava de min eu ate creio q algum dia me amou . Mas no fim das contas .. não resistia a tentação de se auto afirmar sempre conquistando varios amores. No fim eu desisti de sofrer, e recorri a abrir mão de uma pessoa que vive dessa forma ..mesmo que a dor tenha sido bem significante e dificil pra min ate hoje eu afirmo q sou menos infeliz hoje do que quando estava com ele.Não digo q sou feliz ainda porque esse dia ainda vai chegar mais eu te afirmo que não sou tão infeliz como era com ele. Sempre me sentia humilhada e subjulgada. Ele não respeitava nem a minha presença ficava trocando olhares e bilhetes com qualquer mulher atraente que tivesse oportunidade. E ainda tinha um ciume doente de min. Mais uma prova de sua baixo estima.Cansada de viver esse inferno resolvi sumir.Não atendi mais o telefone. Mudei de endereço.De lugares.. de vida. Avisei aos amigos de confiança pra dizer q não sabem de min..e os que não eram de tanta confiança ou eram mais amigos do meu ex do que de min eu simplesmente sumi. Eu fiz isso porque não sabia terminar. Ele sempre me convencia que eramos eternos juntos e que nos amavamos. Na verdade ele não me convencia de nada eu que desistia no meio do caminho pra não ter que enfrentar a dor da separação.E pagava um alto preço de sempre viver a dor de ser traida humilhada enganada me sentia trocada por outra mulher mais atraente quando ele decidia me trair com alguem de seu interesse naquele momento. E no fim das contas eu não vivia apenas existia pra ele. Sempre elogiando meu corpo meu jeito meu cabelo meu sexo. Eu so me sentia usada.. e de fato era isso. decidi que aquilo não era vida. E resolvi que aquilo deveria parar. Foi ai que acabou. No começo ele não aceitava me procurou mas como ele sempre foi orgulhoso por ser um homem bem sucedido no trabalho na vida social e financeiramente acabou assumindo uma de suas amantes como namorada. E ate hoje me procura.. Se me ve com outro tenho certeza q não iria aceitar e por isso q eu nunca mais apareci nem vou . Frequento novos lugares mas tambem evito lugares q sei q poderiamos nos encontrar .. Não posso correr riscos não estou completamente curada desses amores que nos fazem mal.. Mas que saber de uma coisa.. Hoje voltei minha faculdade , fiz auto escola dirijo trabalho onde gostaria ate malho.. e vejo minha familia que tanto sentia falta quando estava com ele. hoje em dia eu vivo! Arrisque- se a se libertar! bjs

    Gostar

    Comentar por Stefani | 17 de Março de 2013 | Responder

    • AI AMEI SUA FORÇA, ESTOU PASSANDO MAIS OU MENOS PELO MESMO, LENDO SUA HISTORIA ME DEU FORÇAS PARA ME LIBERTAR E SER FELIZ…

      Gostar

      Comentar por CRISTINA ALVES | 13 de Abril de 2013 | Responder

    • eu vivi isso durante alguns anos de minha vida foi casada durante 25 anos , meu ex arrumou filho quando estava casado comigo eu tente perdoa-lo mas não deu ele tinha varias mulheres ao mesmo tempo ele tem 49 anos gosta de meninas de 18 ate 25 anos e os amigos dele são jovens mora com um amigo de 27 anos curti a vida como se hoje fosse o ultimo dia da vida dele temos 3 filhos sofro ate hoje sinto falta de ter alguém estamos separados a 3 anos ele vem toda semana visita nossa filha ,não consigo esquece-lo, mas parabéns vc e uma guerreira queria ter sua coragem boa sorte

      Gostar

      Comentar por sol lopes | 29 de Julho de 2013 | Responder

  7. Meu marido é assim, sempre descubro, ele nega, diz que tenho problemas mentais, que vejo coisas onde não existem.
    Temos dois filhos, e ele é louco pelas crianças. Sinto que ele gosta de mim, mas quer uma mulher completa (isso não existe). Me fere saber que ele está investindo em alguém, e me sinto roubada, além de enganada, pois os elogios e o tempo que gasta com essas conquistas, poderia estar gastando em prol do nosso relacionamento. Ele diz que sou insegura, que tenho auto estima muito baixa, mas como não ser assim convivendo com uma pessoa que não nos dá valor? Que só vê os defeitos? Isso tem cura? A separação seria uma saida?

    Gostar

    Comentar por raquel | 1 de Maio de 2013 | Responder

    • Você diz que ele é louco pelas crianças e que gosta de você! Penso que seria uma loucura destruir a família. Penso que se o seu marido tem relacionamentos extraconjugais, pode ser que para ele isto não é traição, não é romance, não é amor. Pode ser que para ele é como tomar um sorvete gostoso, é como praticar esporte e nada mais! Não destrua a família por causa de um casinho a toa, que não representa nada para ele. Se você destruir a família pode sofrer e se arrepender muito depois! Para você sexo está relacionado com sentimento, amor, romance, etc. Para ele pode ser como um sorvete e nada mais! Seja inteligente e salve o seu casamento e a sua família! Pense nisso!!
      Felicidades,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 1 de Maio de 2013 | Responder

      • Muito obrigada pela ateno, mas queira mais esclarecimentos. Isso tem tratamento? Pois algo que atrapalha muito nosso relacionamento. como se qualquer uma fosse melhor do que eu, que tenho mil e um defeitos e sou muito cobrada. Me sinto rejeitada e abusada, por no receber ateno e carinho, no h auto-estima que resista.Raquel Date: Wed, 1 May 2013 18:01:04 +0000 To: raquellala@hotmail.com

        Gostar

        Comentar por Raquel Lala | 1 de Maio de 2013

      • Minha cara Raquel, você esta insegura, e com a autoestima abalada, sugiro que faça terapia para resgatar a confiança em si e no mundo e também para cuidar da questão da autoestima! Se você dá espaço o outro ocupa!
        Um abraço,
        Léa

        Gostar

        Comentar por leamichaan | 2 de Maio de 2013

      • Prezada Léa, li muito a respeito desse assunto, e á uma doença, não é simplismente tomar um sorvete, é compulsão, e acretido que num relacionamento deve haver FIDELIDADE, e que qualquer casinho extraconjugal é traição mesmo. Sei que existem pessoas que gostam de manter um relacionamento aberto, mas não é isso que quero para mim, nem quero passar esse exemplo para os meus filhos. É muito comodo para um homem manter a forma de conquistador e ter a segurança de um lar. Se a base de uma familia e um casamento é o amor, a confiança, respeito, lealdade, complicidade, fidelidade, como posso salvar meu casamento com meu marido tomando sorvetes por ai?

        Gostar

        Comentar por raquel | 28 de Maio de 2013

      • Quem sabe uma boa conversa possa ajudar esta situação?  

        Gostar

        Comentar por leamichaan | 3 de Junho de 2013

  8. Eu estou numa situação muito confusa.
    Amo minha namorada, estamos juntos há 3 anos e 4 meses. Mas sou obcecado (não sei se esse seria o termo correto) por traição, e não é só da minha parte. Quando imagino ela se envolvendo com outro homem fico muito excitado.
    Já conversei isso com ela, pensamos em ir a uma casa de swing mas temos medo disso estragar nosso relacionamento, pois sou ciumento e esse ciúme me deixa excitado ao imaginar ela transando com outro homem.
    Não sei o que fazer…

    Gostar

    Comentar por Neemias | 24 de Maio de 2013 | Responder

    • Sexo e diferente de amor! Você pode amar a sua namorada, e nesse caso, o sexo se torna a expressão do amor que vocês sentem um pelo outro. Mas, o sexo pode ser algo de pele, tal qual um esporte ou como tomar um sorvete gostoso, nesse caso, penso que não há traição. Se vocês entrarem num acordo com as pessoas que se prestam a este papel. Mas antes de entrar nessa, conversem bastante e pensem bem e só façam esta proeza estando bem preparados, para que este capricho não estrague o amor de vocês!

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 26 de Maio de 2013 | Responder

  9. Oi, adorei essa matéria, os comentários e sua análise. Meu namorado parece ter esse quadro. Eu percebo que ele me ama sim, mas, cara, ele solta uma lábia com colegas de trabalhos e “amigas” virtuais. É assim mesmo, ele diz q ama a coitada etc e tal. Fica nisso. Eu percebi eu mesma q era lorota, fikei até achando q essa mulherada tá carente demais. Eu nem ligo. Ele é presente em nosso relacionamento , atencioso, faz minhas vontades, tenho uma filha de um casamento q ele trata superbem. Por causa disso, não termino com ele. Passeamos sozinhos, com a minha filha, fazemos mil programas e ele lá dando uma de Don Juan pra mulherada no computador ou no trabalho.Nosso sexo é maravilhoso e ele se entrega totalmente. Resolvi fazer o q, então?! Vou esperar ele m trocar por alguém,, porque s ele decidir isso, ficarei bem tb sozinha.Ele já se separou de mim uma vez. Sumi. Depois de uma semana disse q eu não era só uma conquista, mas q eu era importante pra ele. Estamos juntos até hj. Eu resolvi ignorar, adoro estar com ele, mas sinto q não o amo ainda.Comigo ele é amoroso e apaixonado na prática, na vida real, e não fica nesse negócio de bajulação. Detesto isso.Eu não bajulo ele. Ele fica por conta, mas eu dou uma d q “a fila pode andar” a qualquer tempo.Eu m sinto bem com ele, sou independente e ele é q corre atrás de mim. Dou muito amor pra ele e carinho. Mas ele é todinho como a senhora falou. Se ele um dia me trocar trocou, já sou separada mesmo, me acostumei em ter vida própria. É ele q vai perder, não eu. É assim q penso. Um abraço e adorei sua página.

    Gostar

    Comentar por TANIA | 25 de Maio de 2013 | Responder

    • Obrigada por compartilhar a sua experiência com a gente. Tenho certeza que muitas pessoas poderão aprender com a sua história e desenvolver a capacidade em ter vida própria! Um forte abraço, Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 26 de Maio de 2013 | Responder

  10. Boa Tarde amigos leitores, a um mês fui feito de idiota, e terminei um relacionamento de 6 anos, vim aqui para deixar meu depoimento como todos fazem, e tive o seguinte conselho: siga sua vida em frente, foque em seus objetivos, e passe pelo luto do fim do relacionamento.
    Sinceramente, é quase impossivel, afinal 6 anos você passa com uma pessoa é tenso.
    Meu caso é muito parecido com todos de vocês e gostaria de agradecer a todos por me mostrar que o caminho é recomeçar.
    Amo ela, faria tudo pra ter ela ao meu lado, só que infelizmente não podemos forçar ninguem a nos aceitar.
    E frustrante, dolorido, e ainda doi muito.
    Mas sinceramente, ela está vivendo a vida dela, e muito bem, a pessoa que tinha conhecido, infelizmente não existe mais, então deixei a partir e agora estou tentando recomeçar novamente, no inicio é muito chato e doloroso, pois tudo te lembra, você tem sonhos, você se pergunta onde errou, por que que aconteceu assim, para terem uma ideia pensei em tentar tirar minha vida.
    Vale a pena?
    Nunca irá valer, afinal temos que nos amar, temos que gostar de nós mesmo, pq vejo pessoas maravilhosas aki desabafando e contando historias iguais, diferentes, e algumas parecidas, então vamos nos achar, vamos nos encontrar.
    Segui os passos de voltar a gostar de mim.
    Voltei a praticar atividades fisicas, ” isso ajuda muito a esquecer os problemas”.
    Parei de deixar a bebida me controlar, pois é momentanea.
    Sumi da vida dela, larguei ela de lado.
    Comecei a focar no meu trabalho, faculdade e etc. ” melhor forma de se sentir bem”
    Mas ainda conto a vocês, é dificil esquecer mas se estou conseguindo dar a volta por cima, acho que todos conseguem.
    Obrigado a todos pelos comentarios, pois me confortou e se precisarem de algo estou a disposição.
    Meu agradecimento total vai a uma pessoa que é uma pessoa inteligente que realmente tem otimos concelhos que é a Léa.
    Brigado por tudo e um grande abraço a todos.
    Atenciosamente,
    renan.c.o@hotmail.com

    Gostar

    Comentar por renan | 1 de Julho de 2013 | Responder

    • Bom dia o meu problema é um pouco parecido com o de muitas pessoas, eu conheço a minha ex noiva a mais de 5 anos, eu a conheci depois de um baque grande na vida dela, ela namorou com o primeiro namorado dela por mais de 5 anos, só que ele se envolveu em coisas erradas e acabou morrendo e isso deixou marcas nela mesmo após 7 anos, ela até hj se sente culpada. Quando nós nos envolvemos eu era imaturo até demais e ainda sou um pouco, eu gostava dela e muito, só que eu sempre fui um conquistador de sair com muitas garotas, aí eu saia com bastante garotas e ela não percebia só tinha muitos ciúmes, só que uma dessas minhas fugidas eu acabei sofrendo um acidente de moto e fiquei entre a vida e a morte, eu sou uma pessoa religiosa e no momento que eu estava agonizando no chão fiz muitas promessas a Deus e uma delas é que eu ia me casar com ela e que ia dá um jeito na minha vida, só que depois de alguns meses e mesmo com o movimento do meu corpo muito debilitado, eu acabei mudando de ideia e voltei com os pensamentos antigos de sair com outras mulheres e sair com os meus amigos para curtir, só que ela percebeu que eu estava diferente e acabamos terminando e depois eu me arrependi aí quando pedi para voltar, ela não quis voltar comigo e liguei diversas vezes e depois de menos de 1 mês ela assumiu o namoro com outra pessoa, aí acabou eu fui para o meu lado tive que superar tudo sozinho fazer de tudo para não entrar em depressão e me dediquei a fisioterapia e a minha faculdade, recuperei o movimento dos meus ombros, voltei a malhar, a jogar futebol e fui muito feliz, sai com mais algumas mulheres por esta solteiro e namorei por 2 meses com uma garota, mas eu terminei por que não conseguia sentir nada por ela. Aí depois de 2 anos e 6 meses ela entrou em contato comigo e marcamos de nos vê, ela foi muito sincera na conversa dela disse que o que sempre quis de mim foi que eu amadurecesse e se sentir segura por que não se sentia assim perto de mim, aí nós voltamos e no começo foi mil maravilhas nos amamos como louco, só q depois de um tempo eu voltei a ficar confuso e criar bloqueio dentro de mim e depois de 2 semanas de noivado eu quis terminar com ela por esta confuso e me sentir atraído por outra garota que eu tinha conhecido na academia, só q a minha mãe me convenceu a não terminar o noivado, falou que eu ia me arrepender depois de uns meses quando eu a visse com outra pessoa, só que o estrado já estava feito por que eu tinha me tornado uma pessoa soberba demais, egoísta, arrogante, sempre me mostrava superior a minha noiva, ela ficava muito triste pedia para eu ir para os lugares diferentes e nunca ia e ficava paquerando muitas garotas em outros lugares, ela percebia que eu conversava com muitas mulheres, só que no final de 2012 tivemos uma briga feia, aí eu joguei muitas coisas na cara dela, falei coisas pesadas e depois desse dia ela nunca mais foi a mesma pessoa, ela acordou algumas pessoas do trabalho dela a aconselharam a levantar a cabeça e viver a vida dela, aí ela parou de me procurar preferia passar o tempo com os amigos do trabalho e tbm ela ficou muito misteriosa ela que sempre gostava de mexer no meu celular não deixava mais eu mexer no celular dela, e ela ficou com uma certeza enorme que eu a traí e eu fiquei por noves meses tentando conquista-la e fiquei quebrado e eu tenho certeza que ela saiu com outra pessoa só que ela nega, ela sempre foi uma mulher fiel, só que eu peguei alguns furos, alguns lugares que ela falava que ia, era mentira, ela tinha ido para outros lugares e quando ela estava voltando a ficar bem comigo, estava fazendo relação comigo novamente e me ligando, era como se ela tivesse saído com outra pessoa e já estava pronta para se entregar a mim de novo, só q aí eu cometi uma besteira, descobri a senha do face dela e vi um recado de um homem casado do trabalho dela todo se querendo, aí eu a liguei furioso no impulso perguntando se ela estava me traindo, só que ela nem tinha respondido a mensagem do cara, só que era tarde voltamos, só que ela voltou diferente e eu não confiava mais nela, ficava a sufocando o tempo todo, ficava a ligando e perguntando, fiquei neurótico, fiquei procurando as coisas, ficava perguntando se ela transou com alguém e ela dizia que não, só que eu não podia falar nada por que tive relações com outras pessoas e não podia ficar indagando ela, mas mesmo assim eu a indagava de perguntas, só que ela ficou furiosa com isso e sai da casa dela brigada com ela, e depois disso ela não quis me vê mais, ela disse que estava cansada de cobrança e desentendimentos, e que tinha acabado, ela preferiu terminar pelo telefone, ela falou que gosta de mim mais não vê futuro para nós 2 e disse que eu só vejo as minhas necessidades e que ela tbm não esta bem e que um não esta fazendo bem ao outro, ela falou que vai se consultar com o psicólogo e até já marcou as consultas, ela falou que se sente muito culpada pela morte do primeiro namorado dela e tbm se sente muito triste pela ausência do pai dela na sua vida, falou que era para eu procurar ser feliz com outra pessoa, só que eu sei que ela gosta de mim e que um dia ela vai querer voltar, só que eu sempre tive dúvidas se ela é a mulher certa, ela foi a única mulher que eu amei, e sempre tive vontades de amar outra pessoa para vê como seria, só que eu não aguentaria outra separação e depois voltar de novo, eu crio um bloqueio e não vou ter mais força para isso. Mas uma coisa eu aprendi dessa vez nunca faça com o outro o que vc não quer que faça contigo, esta numa relação faça de tudo para ser fiel e verdadeiro, por que o mundo dá voltas e um dia as coisas sempre mudam de lugar, a sensação que eu tive ela já teve que foi de perder o amor da sua vida, e isso é muito triste, ainda sabendo que ela fez de tudo para me esquecer, ela não queria voltar a sentir o que sentia.

      Gostar

      Comentar por Alexandre | 2 de Outubro de 2013 | Responder

      • Sou casada a 11 anos, e ja perdoei algumas traições do meu marido, e digo uma coisa a dor de ser traida e o sentimento da insegurança, é horrivel, é muita dor, a vontade de separar é enorme, mas apos algum tempo afastados, a vontade de estar junto é grande também. É uma pena ver que existem tantas mulheres honestas e fieis, e tantos homens que traem e nao tem forças de mudar suas atitudes,voltando ao mesmo comportamento. É triste saber que o arrependimento e mudança de atitudes vem tão tarde, depois de afastarem seu unico e exclusivo amor.
        Desejo sorte p vc, e te aconselho realmente a mudar suas atitudes, busque a Deus e decida o que quer da vida, mas nao nos braços de outra, se realmente a ama e a quer de volta, mude, se vc mudar de verdade , ela voltara com vc, pois um grande amor, nunca se esqueçe, e o amor tudooo suporta. Abraços.

        Gostar

        Comentar por Sonia | 2 de Janeiro de 2014

      • Agradeço o seu depoimento e a maravilhosa sugestão para as pessoas que sofrem com traição!
        Um abraço,
        Léa

        Gostar

        Comentar por leamichaan | 5 de Janeiro de 2014

  11. Olá, concordo com td que vc escreveu sobre traição, gostaria de sua real opinião sobre minha situação, sou casada a 11 e tenho 2 filhos, desde o inicio do casamento meu marido dava indicios de ser um homem conquistador, olhava p mulheres e as elogiavam,vi isso algumas vezes,sem ele perceber que havia visto, ele varias vezes pegou telefone de mulheres e ligava p elas,e com o tempo eu decobria,ja deu em cima de uma amiga minha,e tentou sair com ela,quando eu provo que sei o que ele fez ,ele pede perdão,quando eu n tenho provas ,ele diz que sou doida e doente.Eu n sei mais o que fazer,tenho muita vontade de me livrar disso,n consigo confiar em alguem que mente tanto,mas o amo muito,ele diz que me ama,mas muitas veze n liga p mim,eu fico muito angustiada sem saber o que fazer da minha vida,sofro muito com td isso,por favor me ajude,me dê sua opinão,bj.

    Gostar

    Comentar por Ana | 2 de Agosto de 2013 | Responder

    • Assim como existem homens que precisam conquistar muito dinheiro, existem homens que precisam conquistar várias mulheres para sentirem-se potentes e poderosos. Parece ser este o caso do seu marido. O problema é que você sofre com isso. Então você está num conflito: Por um lado o ama e não quer viver sem ele e destruir a família; Por outro lado, não aguenta mais as investidas dele em outras mulheres. O que fazer? Você disse que já conversou e que de nada adiantou. Agora chegou a hora da tomar uma atitude porque você não aguenta mais continuar assim. Então pense bem. Será que você prefere aceitar que ele investe em outras mulheres, assim como quem joga um esporte, ou toma um sorvete gostoso. Ou você prefere dar um ultimato e se houver uma próxima traição, então romper de uma vez por todas?
      Você também pode dar um tempo, como um susto para ver se este chacoalhão o transforma.
      A escolha é sua,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 4 de Agosto de 2013 | Responder

      • Olá, agradeço pelo seu conselho,estou refletindo sobre o que vc escreveu.Parabéns pelo seu trabalho, admiro muito,e que vc continue ajudando quem precisa com seus conselhos, que são baseados nos seus anos de estudo, ,pois são muitas pessoas que necessitam de orientações e o acesso ao psicologo ainda é muito difícil, tanto pelos valores cobrados e tanto por ser poucos profissionais contratados na rede publica.

        Gostar

        Comentar por Ana | 5 de Agosto de 2013

  12. Olá, vivo um dilema, sério ao contrario de vocês estou aqui falar de um crime. eu estava com uma menina* de 22 anos que me amava mas era o 1º namorado. vivia a pressão de ser deste um relacionamento de quase 3 anos. Não tinha amigos, minha amizade era facebook e ai de mim se falasse com amigo ou garota… enfim, dei minha senha de facebook, e fiquei triste com meu comportamento em conversar com garotas, eu sei falhei mas estava longe de mim. tinha depressão e comprava compulsivamente pois não conseguia ser o cara TOP que ela queria pra mostrar as amigas. estava com auto estima baixo mas ela não me ouvia, só pensava nela e no que eu tenho que conseguir na vida: desisti. tentei terminar na boa com ela mas ela não aceitou, mimada fazer o que?
    fingi um desabafo no Facebook e acabei fazendo um encontro no facebook, ai minha ex leu e terminou comigo.
    um mês depois tentamos reatar, mas sabia que ela queria conhecer outros caras, mas ela não dizia na minha cara, enfim, eu achei errado ficar preso* psicologicamente com ela estava abalando meu emocional, e fui duro denovo com ela mandando uma carta bem FDP*. ela retornou a carta me chamando de tudo q foi nome e dando um ponto final pra gente* fui lá corri atras e ela fechou a porta na minha cara, hj passados 4 meses esta com alguém ai mas enfim respeito a decisão dela. era só uma menininha* e eu tenho q cuidar das minhas coisas, não posso ter ficado refém dela e esperar ordens pra decisões minhas da minha vida.

    Gostar

    Comentar por caiko | 6 de Setembro de 2013 | Responder

  13. ola bom dia, gostaria de fazer uma pergunta, como faco para entrar em contato com a sra??

    Gostar

    Comentar por silvia | 5 de Fevereiro de 2014 | Responder

  14. Ola, gostaria de pedir uma opiniao profissional em relaçao ao meu caso:
    namoro ha 3 anos com um homem inclusive moramos juntos. Estavamos morando em cidades separadas no ano passado e ele veio juntar-se a mimem fevereiro deste ano. Sinto que ele sente muito amor por mim, porém tem necessidade de conquistar mulheres. Ele diz que tem uma baixa auto estima e se sente bem em saber que pessoas podem gostar dele. Ha dois anos ele ja tinha me traido e eu perdoei. Ontem, uma mulher me ligou dizendo que o conheceu num site de relacionamentos e que estavam tendo um relacionamento desde setembro. Ele confessou e disse que era apenas uma conquista e que estava so e que tem essa compulsao. Me pediu pra perdoar mais uma vez, que dessa vez faria um tratamento pra se livrar disso. Gosto muito dele e tinhamos varios projetos juntos. Me questiono se se ele sabia que tinha problemas, porque nao foi buscar tratamento antes e so apenas quando eu descobri a infidelidade. Ele alega que desde que veio morar comigo, nao tem mais relacionamento algum com ninguem e que nao pretendia mais te-los. Agora ele ve o grande mal que causou e que vai perder a vida dele (todos os projetos comigo) por causa disso. Nao sei se perdoo e fazemos uma terapia ou se deixo essa pessoa problematica e egoista pra la e sigo minha vida.

    Gostar

    Comentar por Leila | 6 de Maio de 2014 | Responder

    • Antes de desistir faça alguma coisa em prol, para manter esta relação. Procure auxilio de um profissional para ajudar vocês. Isto só fará bem para ambos. Os dois aprenderão com a experiência, se conhecerão melhor, tanto um ao outro e a si próprios, expandirão a mente e se no final decidirem separar, será uma decisão madura e bem pensada.
      Um forte abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 6 de Maio de 2014 | Responder

  15. Olá, me identifiquei muito com o texto. Tenho 33 anos e estou fazendo terapia. Meu psicólogo falou sobre a síndrome de Don Juan e após algumas leituras, me entendi como tal. Já tive várias mulheres, a derradeira me abandonou pois sabia que eu vivia flertando mulheres tanto virtualmente como presencialmente. Estou em processo de luto e desapego, e confesso que estou sofrendo um tanto pois não sabia que esta mulher era, provavelmente, a mulher da minha vida. Estou um tanto preocupado com isso pois não quero me tornar um velho obcecado por conquistas efêmeras e sexo casual. Minha questão é saber se essa síndrome tem cura (se é que eu posso considerar como uma doença) e se possui, como sarar essa obsessão. Não encontrei nada sobre uma possível solução desse problema. Será que isso a gente leva para o resto da vida? Grato por demais!

    Gostar

    Comentar por Don Juan | 25 de Julho de 2015 | Responder

    • Existe um caminho para você se curar disso: Muito esforço! Você está pagando caro por esta tendencia, perdeu a mulher de sua vida. Com ela você tinha um relacionamento estável, duradouro e era feliz. Agora tudo o que você tem são as ilusões de conquista. Porque você precisa provar para si mesmo que é capaz de conquistar? Por que você põe o tempo todo a prova o seu poder de sedução? Agora que tal usar todo este potencial para tentar reconquistá-la e depois provar para ela e para si mesmo que você tem força de vontade para mudar?
      Felicidades,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 26 de Julho de 2015 | Responder

  16. Oi,muito interessante e bem escrito seu texto, estou pesquisando sobre o assunto e seu texto prendeu minha atenção.

    Gostaria de sua opinião sobre meu relacionamento. Moro com um rapaz que já me traiu algumas vezes, umas eu fingi que não sabia e outras eu perdoei. Acontece que ele fica conversando com várias mulheres em redes sociais, algumas eu já peguei, outras já vieram atrás de mim para contar, etc etc. Já conversei algumas vezes e já pedi para a ele parar, mas esta constância permanece. ele sempre fala que só conversa, que hoje não te coragem de me trair, mas eu não acredito. Se eu estou perto, ele nunca usa o celular e para dormir, dorme grudado com o celular.
    Eu já estou bem cansada dessa situação, já conversei, já pedir, já´briguei e a pessoa continua nessa. Ele não ajuda em casa, não arruma a cama, fica grudado no telefone até dar o horário dele trabalhar.

    O que vc me aconselha a fazer??
    Muito obrigada.

    Gostar

    Comentar por Maria | 21 de Agosto de 2015 | Responder

    • Ele não é o tipo de homem de uma só mulher! E se você escolher ficar com ele terá que conviver com estas situações! Agora a pior coisa é querer mudar o outro é ficar passando sermão e destruindo o outro é sai mesma! Pense bem e depois compartilhe sua decisão com ele. E então ele terá que decidir se conseguirá pagar o preço para ficar com você ou se não conseguirá mudar e precisará abrir mão de você!
      Qualquer decisão será difícil, lembre-se que não existe par perfeito!
      Felicidades,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 27 de Agosto de 2015 | Responder

  17. Meu marido n tem mais muito desejo por mim e em uma conversa longa e profunda disse que gosta de conquista adora conquista mas depois que ela axaba perde a graça. O que faço para acender o desejo nele novamente?

    Gostar

    Comentar por profrosycardoso | 23 de Setembro de 2015 | Responder

    • Faça -o desejar te conquistar novamente!

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 28 de Setembro de 2015 | Responder

  18. Eles se acham e depois vem correr atrás de novo!

    Gostar

    Comentar por Elitania | 30 de Setembro de 2015 | Responder

  19. Como tratamos isso ?? Tem cura ???

    Gostar

    Comentar por Adriana | 12 de Abril de 2016 | Responder

    • O que você chama de cura? Parar de sofrer por alguém que nos traiu, ou o traidor parar de trair?

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 13 de Abril de 2016 | Responder

  20. Preciso de ajuda urgente! Eu fui traida e não consigo perdoar… Fico deprimida, emagreci demais depois disso, tenho crises de pânico, tenho sensações de que a qualquer momento ele fará isso de novo… Eu tô desempregada e temos um filho pequeno.

    Gostar

    Comentar por cris | 23 de Dezembro de 2016 | Responder

    • Em primeiro lugar procure respirar e
      Não se desesperar! Você não pode depender dele para viver! Procure voltar a ter um emprego, arrume-se bonita, cuide-se, valorize-se e serás valorizada

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 26 de Dezembro de 2016 | Responder


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: