Psicóloga Responde

Dicas úteis para o dia-dia

Como ser feliz?

O titulo deste artigo parece pretencioso, porque ao lê-lo dá a impressão de que conheço a receita secreta disso que todos nós passamos a vida inteira buscando: A felicidade.

Então, explico-me melhor – Hoje resolvi escrever sobre a felicidade simplesmente porque me sinto feliz sem razão específica, ou seja, não ganhei premio algum e nem recebi qualquer boa notícia. Meu encontro com a felicidade se deu num processo, e é este processo que compartilho aqui com vocês.

Tenho mil razões para me sentir infeliz e achar a vida uma droga (todos nós nos metemos nesse tipo de armadilha), e era nesta qualidade emocional que me encontrava ao flagrar-me infeliz e alimentando vorazmente tal infelicidade tornando-a mais forte, mais gorda e poderosa a ponto de impedir qualquer possibilidade de pensamento feliz.

Os pensamentos infelizes estavam tão inflados que ocupavam todo o espaço da mente e continuavam dilatando-se até não caberem mais e transbordarem. O transbordamento acontece quando necessitamos desabafar e nos queixar da vida. É precisamente nesta etapa do processo que tomamos emprestada a mente dos outros porque necessitamos mais espaço para conter tanta infelicidade. Precisamos ocupar a mente alheia porque nosso espaço mental e emocional está saturado.

Ao carregar nossa mente com pensamentos destrutivos cometemos um grande erro, porque admitimos a invasão dos pensamentos tóxicos em detrimento dos pensamentos úteis e produtivos para nosso desenvolvimento deixando-os de fora por não encontrarem espaço para existir dentro de nós.

Ao flagrar-me infeliz, (preciso dizer que só foi possível este flagrante porque evoquei a parte preservada de mim mesma, aquela que não estava enredada ou tomada de emoções negativas, porém, focada na tarefa de me enxergar), pude reconhecer-me alimentando os pensamentos prejudiciais e decidi reverter o quadro, ou seja, interromper o investimento em pensamentos tóxicos para poder colocar a energia na função em procurar pensamentos benéficos.

Assim descobri o segredo da felicidade. E pelo menos agora, amanhã já não sei, talvez encontre novos segredos. Quem sabe? Assim espero, contudo, hoje sei que ao atravessarmos situações angustiantes e até mesmo equipados com mil pretextos para sermos infelizes, ainda assim nos restam cem mil motivos para sermos felizes. Somos infelizes porque temos o mal habito de deixar que uma única frustração engolfe milhares de possíveis alegrias.

A gente dá o primeiro passo, este que descrevi acima, e de repente as ideias capazes de amenizar e até solucionar questões que nos fazem infelizes começam a pipocar com o calor que aquece nosso coração a cada pensamento feliz.

Léa Michaan,

17/07/2013

Anúncios

17 de Julho de 2013 - Posted by | como ser feliz?

5 comentários »

  1. Artigo muito interessante! Sou uma pessoa que estou passando precisamente pela falta de crença na felicidade. Masoquismo? Falta de força emocional? Não sei. Li os seus artigos na ânsia de encontrar respostas para os meus problemas: tive de pedir divórcio numa relação, ele deixou-me porque queria ser livre e ter qualidade de vida, e não me falou da existência de outra mulher – sócia maioritária da empresa.
    Muitas vezes sou assaltada por arrependimento de o ter feito!! Ele nunca me disse que não “gostava de mim”.
    O divórcio da pessoa que se ama é terrível
    Não vi outra saída para esta humilhação. A verdade, é que em mais de umas dezenas de anos de relação, apenas se preocupou sempre com o umbigo dele. com as coisas boas para ele.
    Dê-me uma ajuda , por favor, em privacidade. Quero ser feliz!!

    Gostar

    Comentar por Manu | 20 de Julho de 2013 | Responder

    • Respondi em seu e-mail particular, conforme você pediu.
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 21 de Julho de 2013 | Responder

  2. Minha mente me afoga como um tubilhão de pensamentos, todos de uma só vez. Preciso de ajuda antes que eu pereça socialmente.

    Gostar

    Comentar por Elaine | 29 de Agosto de 2013 | Responder

    • Minha cara Elaine, você precisa de ajuda terapêutica para lidar com este turbilhão. Um profissional que possa te ajudar a lidar melhor com as suas ideias, que te ajude a organiza-las e revelar a si mesma quem você é e o que de fato você deseja. A terapia vai ajudar você a se relacionar melhor com o mundo, a vida, o outro e, principalmente com você mesma!
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 30 de Agosto de 2013 | Responder

  3. Uma outra maneira conquistar um homem através do pronta para o romance

    Gostar

    Comentar por Pronta para a conquista | 6 de Fevereiro de 2017 | Responder


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: