Psicóloga Responde

Dicas úteis para o dia-dia

De onde nasce a nossa infelicidade?

Nossa infelicidade nasce da comparação!
Ao nos compararmos com outra pessoa, vemos o que esta pessoa tem ou é, então percebemos que nem temos o que ela tem e nem somos quem ela é, e ao voltar o olhar para nos mesmos sentimo-nos reduzidos, esvaziados, pequenos e empobrecidos. O olhar envenenado pela inveja destrói o que temos de bom. O olhar invejoso colocado na riqueza do outro e depois voltado para nós através da comparação se transforma em nossa pobreza. Este olhar intoxicado comunica: ele é rico e bonito e eu sou pobre e feio. Neste ponto o amor por nós mesmos se transforma num amor triste. Aí nasce a auto piedade: Já que não posso ser objeto de amor pela minha exuberância, ofereço-me à comiseração alheia, que seja amado pela minha miséria. A comiseração nasce do narcisismo; Já a sabedoria nasce do reconhecimento do que temos de bom, para o invejoso, isto é impossível porque ele está insatisfeito a maior parte do tempo. Não importa o que ele tenha, ele queria ser sempre maior e melhor do que é!
Vamos parar de nos lamentar, nós já desperdiçamos muito da nossa preciosa vida com lamurias. Quando esperamos coisas grandiosas temos a sensação de que a vida não faz sentido e ela se torna uma grande desilusão.
Para não cairmos nesse circulo vicioso de infelicidade, lanço uma pergunta: Qual é o sentido da vida? Simplesmente viver! É Viver por viver e saber que a vida é curta e que cada momento está repleto de possibilidades, beleza e amor, que ele nunca mais se repetirá e só nos resta agarra-lo e bebe-lo como se fosse a última gota de um delicioso elixir. E assim será!

Anúncios

8 de Junho de 2015 Posted by | para ser feliz | | 1 Comentário