Psicóloga Responde

Dicas úteis para o dia-dia

Acerca

Este é um exemplo de uma página do WordPress. Poderia editá-la para colocar informações sobre si ou sobre o seu site. é possível criar tantas páginas deste tipo quantas pretender e gerir todo o conteúdo a partir do WordPress.

Anúncios

85 comentários »

  1. Parabéns pelo excelente trabalho que você tem feito.
    E também MUITAS FELICIDADES por ter se tornado vovó!!!!!
    Sucesso…..

    Gostar

    Comentar por Raquel Abuliac Nadolny Zeiger | 10 de Janeiro de 2010 | Responder

  2. SOCORRO, preciso muitíssimo de ajuda de DICAS, MUITAS DICAS para brincar com minha filha de 08 anos. Não sei se é da idade mas ela adora repetições (de nooovo, faz de novo…) e eu enjôo rapidamente e não tenho quase nada de paciência pra ficar repetindo ou prestando atenção muito tempo, ME AJUDE.

    Gostar

    Comentar por Arthur Borges Ferreira | 17 de Janeiro de 2012 | Responder

    • Olá Arthur,
      Sugiro que quando você brincar com a sua filha se pré-disponha a repetir apenas duas vezes, e diga isto a ela desde o inicio. Seja franco com ela e vai preparando ela para término da brincadeira dizendo: esta é a segunda vez, e a próxima será a ultima. Assim ela sabe quando chegará o fim e você também se pré-dispõe a três vezes. Depois da terceira quando ela pedir mais, você diz: “A gente combinou três, e agora acabou”. Isto é educativo e ela não se acostumará a vencer pelo cansaço. Dê um beijo de “despedida” da brincadeira, para terminar bem. E sugira algo para ela fazer sem você: agora você lê seu livrinho, ou desenha alguma coisa bonita, ou assiste algo legal na TV enquanto eu também vou cuidar das minhas coisas: trabalho, banho, e-mails… Isto fará com que ela se sinta satisfeita. Saiba que através da brincadeira tudo o que a sua filha quer é receber amor. Termine com amor e se você sente que não aguenta mais, não se sature. Ela vai sentir que você se irritou e pedirá mais para acabar bem, e isto se tornará um circulo vicioso. Termine sempre bem e não se sinta culpado. A culpa te deixa irritado e estrago o momento bom. Ela pede pra repetir porque quer receber afeto. Termine a brincadeira antes de se irritar!
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 18 de Janeiro de 2012 | Responder

      • Ola

        Eu estava procurando uma resposta quando encontrei seu blog quando vc postou “como esquecer um grande amor” achei o seu contato e resolvi mandar um email para voçê fazendo minha pergunta esperando que voçê responda entao minha pergunta é essa:

        ‘Lea eu estava gostando de um garoto e ele falou que tambem gostava de mim ele é da minha sala e entao ficamos conversando nas ferias mas coisas aconteceram ele nao me respondia e pouco antes de voltar as aulas ele me mandou uma mensagem falando que nao queria mais nada que entre nos era so amizade por que ele estava com outra e essa segunda 20/07/15 voltou as aulas e esta dificil ficar na mesma sala e olhar pra cara dele mais hoje quarta 22/07/15 depois da escola eu mandei algumas indiretas no meu snapchat e ele depois de ve aquilo que eu postei me chamou e começamos e descutir fala o por que ele nao me falou antes eu falei q tava brava pq ele tinha me iludido e falamos varias coisas e agora eu nao sei o que fazer por que sexta 24/07/15 vai ter aula de novo e eu nao sei como criar coragem de olhar para ele de novo nao sei como reagir por favor me ajuda me responde o que devo fazer??
        (eu mandei isso em seu email mas preciso saber logo o que fazer)

        Gostar

        Comentar por Bianca .R | 22 de Julho de 2015

      • Você me pergunta o que deve fazer e eu te respondo: absolutamente NADA! Vá para a aula normalmente como se nada tivesse acontecido. Porque aquela que discutiu com ele ontem já não é a mesma de amanhã. Ontem você pensava de um jeito e agora você pensa de outro. Depois que você viu a reação dele, você mudou completamente a sua postura, ele foi insencível e agora dane-se o que ele pensa de você. Ficar se importando com o que pensam da gente é neurose! Se ele falar alguma coisa pra você, você simplesmente responde que já não é mais a mesma garota de ontem, que você pensou melhor e mudou. Pra ele esquecer aquela menina. Se você faltar à aula será muito pior, além de você perder a aula vai transmitir a ideia de que só não foi por causa dele. Viva a sua vida normalmente, converse numa boa com as amigas e aja de forma bem natural.
        O que passou, passou! Aprenda com esta experiencia e daqui pra frente pense bem antes de falar pra não ficar angustiada deste jeito! E xô neura!
        Felicidades,
        Um forte abraço,
        Léa

        Gostar

        Comentar por leamichaan | 24 de Julho de 2015

  3. Tem algum e-mail do qual posso conversar com voce?? Mandar a confusao que esta na minha cabeça??

    Gostar

    Comentar por Nayara | 29 de Outubro de 2012 | Responder

  4. olha td bem sou willian tenho 23 anos e vivo uma situaçao conplicada
    eu amo uma mulher mais so que a familia dela agora nao aceita nois mais juntos ja fiz de td pra ter ela de volta mais ela fala que a mae dela nao aceita nois dois juntis mais mais ela me ama ela me falou so que nois dois nao fica juntos por causa da familia dela mais nao consigo viver sem ela ela e a mulher da minha vida como fazo pra esquecer ela?ja fiz de td mais nao consigo viver sem ela ja tentei mais nada q faço adianta me ajudem

    Gostar

    Comentar por willian gomes rodriques | 15 de Abril de 2013 | Responder

    • Coloque sua mente em outra coisa. Se você ficar pensando que precisa esquece-la, continuará pensando nela. Foque em trabalho, estudos, amigos, outras garotas, etc. Que você esquecerá dela!

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 19 de Abril de 2013 | Responder

  5. ola sou ju, tenho uma filha de 8 anos q faz xixi a tdo o instante na calça, já levamos ao pediatra fizemos exames e ela não tem nada, simplesmente não segura o xixi está sempre molhada e não gosta de trocar a calça e as vzs até cocô faz e não qer trocar, tbem é mto agressiva com as 2 irmas 10 e 12 anos, é ótima aluna porém agressiva está sempre batendo, já tentamos de tudo eu axo, confiscar as coisas, recompensas, incentivos e nada. creio q seja criança com tdah. vc pode me orientar?obrigada

    Gostar

    Comentar por jucimara valentim | 7 de Maio de 2013 | Responder

    • Fazer xixi na calça é ataque inconsciente. Sua filha sente-se muito atacada por alguém, ou pelas irmãs, ou por alguém… Como foi recebida por vocês quando nasceu? Será que desejavam um menino?
      Este caso é necessário terapia para ela e orientação para vocês. Saiba que o pior que você faz e repreende-la, porque ela vai devolver o ataque fazendo xixi.
      Faça um teste, seja acolhedora, converse com ela sobre os motivos que ela se sente tão zangada e é tão agressiva com as irmãs. Penso que ela se sente injustiçada em relação as irmãs por algum motivo, ela com certeza se sente menos habilitada para fazer as coisas que as irmãs fazem, e ela não se sente reconhecida nas capacidades dela.
      Este é um caso para terapia,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 7 de Maio de 2013 | Responder

  6. Acabei de levar um fora, estou triste a bessa mas confiante que tudo vai melhorar. Sei que, embora ele seja um cara legal nao e o meu cara e desejo de coracao que ele encontre sua felicidade assim como vou encontrar a minha. Enfim, tudo passa e isso vai passar.

    Gostar

    Comentar por Tais Batista Martins | 7 de Setembro de 2013 | Responder

  7. Tenho um filho de 9 anos e outro de 2, quando o segundo nasceu o mais velho foi bem preparado e o recebeu muito bem, ele demonstra afeto pelo irmão e tem muito cuidado com ele, mas a relação comigo está difícil, ele não me obedece, está tirando notas baixa na escola e quer chamar minha atenção se comportando como o mais novo. converso com ele explico que não é legal para idade dele, procuro sempre dar atenção iqual aos dois, me preocupo muito com o desenvolvimento intelectual, pois gosta muito de tv e computador, apesar de impor dia e hora para usar. AONDE ESTOU ERRANDO?

    Gostar

    Comentar por Sabrina R Rocha | 18 de Setembro de 2013 | Responder

    • O mais velho está entrando na pré-adolescência, um período bem complexo da vida. Este menino vê o irmão vivendo plenamente a fase da tenra infância e inconscientemente sente-se enciumado. Sugiro que você não brigue, não faça cobranças, e acolha o máximo possível. Faça sinceros elogios, e demonstre as compensações em ser o mais velho. Confie em seu filho, saiba que quanto menos você cobrar e exigir, mais ele se responsabilizará por si mesmo! Escute com atenção as piadinhas, histórias, pensamentos e sentimentos que ele te conta. Procure lembrar-se de quando você tinha esta idade e dê a ele o que ele precisa! um tempo só para os dois seria ótimo, porque o menor não deixa muito espaço para o mais velho.
      Só o fato de você escrever para mim, revela o quanto você se interessa, está preocupada e ama o seu filho.
      Deixe ele perceber isso!

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 21 de Setembro de 2013 | Responder

  8. Olá Dra Léa, tudo bem ??…

    O meu convenio médico, tem no município de SP , 121 clinicas/consultórios de psicologia credenciados.
    Que critérios eu devo usar, para selecionar um profissional para eu fazer psicoterapia ??…

    Grato, abs , Miguel.

    Gostar

    Comentar por miguel cossignani junior | 23 de Outubro de 2013 | Responder

    • Olá Miguel, o profissional dever ser indicado, além disso precisa haver empatia. No primeiro encontro observe se você se sente acolhido, compreendido, e se vocês tem afinidade. Se a maneira dele escutar te convida a falar, e se o que ele diz te toca.
      Sucesso!
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 23 de Outubro de 2013 | Responder

  9. Olá, como faço pra agendar uma consulta nesta clinica, estou ligando há uma semana e só escuto uma gravação. Grata.

    Gostar

    Comentar por Márcia Oliveira | 19 de Novembro de 2013 | Responder

    • Olá Marcia, o numero é (11) 2628 1439. De fato é uma secretária eletronica que atende, isto porque não posso interromper a consulta para atender ao telefone. No final da gravação há um tempo para você deixar o seu nome e telefone, e assim que for possivel, ligarei para você e agendaremos um encontro.
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 19 de Novembro de 2013 | Responder

  10. Olá, sou lésbica tenho 18 anos e estava em um relacionamento de um ano e meio. Começamos um namoro perfeito, sempre felizes. Mas com o passar do tempo as coisas em minha casa estavam piorando e acabei indo morar com ela. As coisas pioraram, comecei a descontar meus problemas nela, ela fazia de tudo por mim mas mesmo assim eu a maltratava, mas eu a amva muito, me arrependia e pedia perdão. Teve um dia que eu resolvi sair da casa dela para ver se as coisas melhoravam ela emplorou pra q eu não fizesse mas eu fiz. ;O pior é q as coisas pioraram, as brigas se tornaram maiores, a família dela começou a me detestar. Ela resolveu terminar, mas eu implorei e ela voltou atrás, so que as brigas não melhoraram. Tinhamos planos juntas, mas tudo foi por agua a baixo. Ela diz q sofreu muito e q a gente não da certo. Agora ela quer reconstruir a vida, ta pensado em mudar da cidade sem mim, se tornou uma pessoa arrogante. A irmã dela me odeia e ela respeita muito essa irma. Essa irmã ta querendo levar ela ra morar na cidade dela. Essa minha ex tem 24 anos e diz que já sofreu muito na vida e não quer sofrer mais, ela diz q sou muito imatura e q eu não sou a pessoa que ela procura. O pior é q ela diz q me ama, mas q ela vai pensar no futuro dela. Disse pra gente ficar sem se ver, e que se fosse da vontade de Deus a gente voltaria. Eu não sei mais o q eu faço, ela é uma ótima pessoa e sei q poderíamos ser felizes juntas.
    Antes ela sempre corria atrás de mim mesmo quando eu estava errada. Hoje eu imploro pra ela. Me sinto muito culpada, não consigo parar de ligar e mandar mensagem so que ela diz que não existe uma reconciliação, que ela ta com a cabeça mais madura e q quer uma mor saudável pra toda vida e eu não demonstro isso. Ele diz que ainda me ama mas não como antes e pede pra eu mudar e amadurecer e quem sabe um dia se ela e nem eu tiver arrumado oura pessoa a gente fique junta, mas ela diz que no momento não me quer na vida dela.
    To me humilhando demais . peço perdão imploro ajoelho mas mesmo assim ela não sede.
    Oq eu devo fazer, tentar ou esquecer? Acho q nosso amor é verdadeiro mas ta pesando na cabeça dela é o sofrimento e q ela quer pensar somente no seu profissional.
    O q eu devo fazer?

    Gostar

    Comentar por Eliana Senna | 20 de Novembro de 2013 | Responder

    • Em primeiro lugar, pare de se humilhar. Quanto mais você se humilha, menos ela vai te valorizar, e você destroi a sua autoestima!
      Você está obcecada por ela. A obsessão nos adoece. O melhor a fazer é saber que isto o que você vive é passagem, não é eterno! E ter conciencia de que você fez o possivel para resgatar esta relação. Tente colocar a sua energia em coisas uteis e produtivas, ficar dando murro em ponta de faca é jogar fora o seu precioso tempo de vida! Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 22 de Novembro de 2013 | Responder

  11. Como faço para excluir minha mensagem?

    Gostar

    Comentar por Eliana Senna | 23 de Novembro de 2013 | Responder

  12. olá eu estou em um relacionamento umas 5 semanas com ela, sendo que fui eu que tomei a iniciativa de tentar ficar com ela pois sempre fui de olho nela, ela é mais velha tem 32 eu tenho 20 e ela tem um filho mais isso para min é irrelevante, estou apenas com problemas no relacionamento dez do começo ela me falou para não criar grandes expectativas pois ela gosta de min e não gostaria de me machucar mais a gente foi ficando e cada dia eu gostando mais e mais dela, eu sempre tento demonstrar o que sinto por ela mais é muito difícil ela me dar o retorno que espero pois exponho bastante meus sentimentos por ela mais ela não demonstra quase nada ela é bem tímida e já sofreu algumas decepções antigamente como vocês acham que posso quebrar isso e conseguir o retorno desejado?

    Gostar

    Comentar por edu | 8 de Janeiro de 2014 | Responder

    • Demonstre a ela que você a ama. Seja carinhoso com o filho dela e seja perseverante, este é o caminho!
      Felicidades,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 11 de Janeiro de 2014 | Responder

  13. olha eu fui trocada por meu namorado, mas ele ainda gostava de mim e eu gostava muito dele, sempre quando a gente saia, nós nos beijavamos e tal, toda vez que brigavamos ele vinha atras de mim, tinhamos uma relaçao de”amizade” entre aspas, então teve em novembro eu soube que ele tava namorando [nao sei se esta historia é verdade, pq as vezes ele mente], e eu to sofrendo muito com esta situação, poxa ja faz 4 anos e eu procuro muito ajuda nesses sites, por favor me ajude a me libertar.

    Gostar

    Comentar por Adelia | 16 de Janeiro de 2014 | Responder

    • Muito apropriado o termo que você usa: “me ajude a me libertar” – A palavra libertar que você usa revela o aprisionamento que você vive em relação a este rapaz. Sua mente, suas emoções e o seu corpo estão aprisionados em função deste menino. Sua energia está represada nele e não sobra mais Adelia livre para realizar outras coisas mais importantes para a sua vida tanto no âmbito profissional, produtivo e nas possíveis relações amorosas que estão impossibilitadas porque você é prisioneira e refém deste rapaz. Este moço manipula você para ficar presa nele, pra se libertar dele será preciso não cair nas armadilhar que ele prepara para manter você na dele. Ter você aprisionada nele lhe dá poder. E você pra conseguir fluir nas diversas áreas da vida precisa de um amor. Pelo visto,este rapaz atrasa a sua vida.
      Felicidades,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 17 de Janeiro de 2014 | Responder

  14. Olá Lea, tenho um filho de 9 anos e outro de 2, já lhe escrevi uma vez falando sobre este meu filho de 9 anos “em setembro de 2013”, me respondeu até que eu não deveria exigir tanto dele, cobrar menos, mas tenho tanto medo dele relaxar e ele achar não precisa mais ter responsabilidades já que não estou mais ali cobrando como é o normal. Ele só estuda, toma banho, escova os dentes e até para conversar com as pessoas se eu mandar. E se por exemplo eu não cobrar-lhe os estudos e ele ficar reprovado. Me lembro de quando era criança, minha mãe não precisava me mandar estudar.

    Gostar

    Comentar por Sabrina Rocha | 4 de Fevereiro de 2014 | Responder

    • Olá Sabrina,
      Seu filho de 9 anos já tem idade e maturidade para você manter uma conversa com ele bem gostosa e amistosa.
      Pode ser que quando ele entra numa brincadeira, no computador, ou num programa de TV, ele fica tão envolvido, que até esquece da vida. Isto é comum nesta idade.
      Nesta conversa você dirá pra ele que compreende que é muito gostoso brincar, mas a vida é feita de brincadeira, tv, lição de casa, banho, janta, etc… Que é bom ele poder fazer as tarefas como se fossem brincadeiras, ou seja, de forma envolvida, curiosa e gostosa, e procurar sempre se lembrar das responsabilidades dele. Vocês podem confeccionar uma tabelinha com as tarefas e os dias da semana ele pode ticar conforme for realizando. Diga que você não quer ser chata, mas é mãe dele e precisa lembra-lo de fazer as coisas. Por isto criança precisa de mãe.
      Boa sorte,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 5 de Fevereiro de 2014 | Responder

  15. Namorei um rapaz 7 anos, fiz planos para casar ter filhos e nada aconteceu e de uma hora pra outro terminamos por causa de bobeira e por causa de orgulho nenhum dos dois procurou um a outro. Hoje sou casada tenho um filho lindo que amo muito, mas eu n consegui esquecer o meu ex, n tenho contato nenhum só vejo de longe!!!! Tenho raiva de mim mesma que tento viver minha vida sem lembranças do passado e n consigo!!! Casei com um homem muito mas velho do que eu e n sinto aquele amor por ele, acho que conformei com a situação. ..tem hora que a vontade é de jogar tudo por alto e correr atrás do que eu perdi, mas eu penso no meu filho que n merece sofrer com um problema que ele n tem nada a ver! !!
    o que eu faço, me ajude eu guardo isso comigo já faz 4 anos!!!

    Gostar

    Comentar por raquel | 12 de Março de 2014 | Responder

    • O coração de uma mulher tem seus segredos. Você pode compensar o amor pelo ex através do amor que tem pelo seu filho. Sei que são amores diferentes, mas você tem um belo fruto do seu casamento. O tempo desgasta os casamentos e nós sentimos sentimos saudades de nossos ex namorados porque achamos que com ele seria melhor. Isto é ilusão, porque príncipe encantado não existe! Se estivéssemos casadas com o nosso ex, certamente a relação desgastaria e nós pensaríamos numa outra pessoa. é assim que funciona! Procure amar o que você tem. valorize as qualidades de seu marido e desvalorize os defeitos. ame seu filho e procure enriquecer a vida com cursos, trabalhos, hobbies, etc. Saiba que felicidade suprema não existe!
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 12 de Março de 2014 | Responder

      • Obrigada Léa, vou fazer de tudo pra ser feliz com meu marido e meu filho.bjusss

        Gostar

        Comentar por raquel | 12 de Março de 2014

  16. Oi Lea, me ajude por favor. Na intenção de querer o melhor pro meu filho, acabo o-agredindo psicologicamente, ele é muito lento, desatento, preguiçoso, não tem aquele espirito de ajudar o proximo, tenho medo do futuro dessa criança. Converso muito com ele, mas acabo perdendo a paciencia, é mais forte que eu. Meu filho tem 10 anos, posso ter a esperança de um dia vê-lo um homem de carater e bom coração. Como faço pra não agir dessa forma e apagar a mae negativa que o meu filho vê?
    Agradeço desde já sua atenção.

    Gostar

    Comentar por Sabrina Rocha | 24 de Julho de 2014 | Responder

    • Você age dessa forma porque ele não corresponde as suas expectativas, isto te frustra, a frustração gera raiva e a raiva faz você ser agressiva e sua agressividade faz você se sentir mal consigo mesma e mais frustrada e assim temos um ciclo vicioso. A única maneira de quebrar este ciclo é aceitar o seu filho como ele é. Aceitar é uma atitude interna muito dificil da gente realizar. Em primeiro lugar será necessário fazer o luto do filho dos seus sonhos e aceitar o filho real. O segundo passo é usar um “binóculo imaginario” – você sabe que o binóculo tem dois lados, um que amplia e outro que diminui, então, use o lado que amplia para enxergar as qualidades dele e o lado que diminui para as falhas. Desta forma sua frustração diminui. Além disso, você precisa educa-lo e não ralhar com as dificuldades dele. Educar não é ter crise de ansiedade cada vez que seu filho te frustra e sentir-se ameaçada em criar um filho que não corresponda teus anseios e então como ele ameaça sua imagem quanto mãe você enlouquece e agride ele, e a si mesma – (Esta dinamica é muito comum em todas nós mães). Educar é conversar com afeto, é acolhe-lo na dificuldade, é cuidar da autoestima dele para que ele confie em si e em suas capacidades para investir em nele mesmo e se esforçar. Lembre-se para que nosso filho seja um adulto admiravel precisamos cultivar e construir a auto estima dele. A auto estima de nosso filho é o ponto mais importante para ele se desenvolver bem.
      Talvez seja bom você fazer terapia, para compreender melhor esta questão narcisica, procure alguém em sua cidade. Eu atendo muitas pessoas por skype, no entanto, a primeira experiencia com psicologo é bom que seja ao vivo.
      Indico o livro: A autoestima de seu filho.
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 16 de Novembro de 2014 | Responder

  17. Olá , não consigo suportar mais o sentimento de inveja que sinto, já
    tentei de diversas maneiras fugir ou livrar-me desse sentimento, mas
    infelizmente, não consigo. Na escola, sinto inveja de meus colegas
    quando tiram uma nota maior que a minha em avaliações, quando
    apresentam excelentes trabalhos em público, quando possuem conhecimentos
    que não possuo, ou mesmo quando conseguem absorver conteúdos que
    tenho dificuldades. Sinto inveja deles, penso que são superiores a mim
    e que sou inferior a eles, e quando isso ocorre, vem o sentimento de tristeza e
    de raiva de mim mesmo. Começo a sentir vontade de desistir de tudo e de
    não ser nada. Invejo a capacidade intelectual de meus colegas,o esforço deles,
    suas conquistas e suas qualidades. Me inferiorizo na tentativa de ser superior.
    Sempre me comparo com meu próximo, quase que inconscientemente, na busca
    por tentar encontrar algo que ele não tenha mas que possuo, para me sentir
    superior. Quando não consigo, sinto inveja e me desvalorizo. Sei que devemos se
    valorizar e reconhecer nossas potencialidades, mas não consigo deixar de sentir
    esse sentimento que me magoa muito e me traz muita tristeza.
    Como posso deixar de me comparar? Como posso deixar de sentir inveja?
    Como posso viver minha vida sem compará-la a vida daqueles me cercam?
    Como posso ficar feliz quando erro algo que os outros acertam?
    Como posso mudar? Ajude-me por favor, não consigo mais suportar….

    Me envie a resposta por email se possível, ou como preferir

    Gostar

    Comentar por Lenex Almeida | 22 de Setembro de 2014 | Responder

    • Que linda a sua carta! Parabéns por sua sinceridade! todo o ser humano sente inveja, mas não admite. Você além de admitir, quer se libertar disso que tanto te faz sofrer! Adorei! Vou te dar algumas dicas:
      1- foque em si mesmo! Olhe para você e para suas capacidades e compare-se consigo mesmo, entre o que você era antes e o que você poder ser agora.
      2- Entre em contato com as suas reais precariedades e não caia na armadilha da onipotencia quando você é melhor e na impotencia quando você é pior.
      3- Comparação é o nosso veneno! é muito injusto comparar-se com outros porque você tem uma criação diferente, habilidades diferentes, educação diferente, pais diferentes, genética diferente, interesses diferentes, etc. Então pare de ser injusto e ficar se comparando!
      4- Existe a inveja negativa e a inveja positiva. A inveja negativa é aquela que a gente sente por outra pessoa, fica com ódio e canaliza nossa energia para destruir o outro. Assim perdemos tempo em construir coisas boas para nós. A inveja positiva é quando transformamos a inveja que sentimos do outro em desafio para nós. Ou seja: “se ele conseguiu, eu também posso”.
      Imagino o seu sofrimento quando fica aprisionado se comparando com o outro. Lembre-se que a inveja é a diferença entre você e o outro. Por exemplo: Ele tem e eu não… Liberte-se disso! Se for necessário procure terapia!
      Por fim, te felicito por sua coragem de compartilhar um sentimento humano e que quase ninguém assume! Só este seu gesto fala muito bem de você!
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 12 de Outubro de 2014 | Responder

  18. Olha. Eu tenho 15 posso parecer ainda mt nova ms ja passei nuita coisa na minnha vida eu. Nos meus trezes anos me apaixonei complietamente por um menino o nome sele e Lucas. E no começo foi mt dificil pq ele era muito galinha ms achu q foi da vontade de deus e agt fk dois anos. Junto e por incrivel q pareça. Minha fa.ilia n sabia pq nk ia aceita pelo fato deu ser mt nova. E o tempo foi passando qd chegou em fevereiro desse ano eu resolvi assumi nosso namoro. E podei na minha cabeça. Q se meu pai m deixasse eu fk cm ele eu iria morar cm minha mae em outra cidade e cv cm mru pai e. Ele n deixou entao sem. Me despedi do meu amado parti pra petropolis e qd cheguei aki ele. E eun quariamos. Fk longe entao fkmos um vom trmpo junto quer dizer um mes namorand so pot facebook entao nosso namo acabou e eu comecei asai co m outra pessoa o lucas tb ate. Ms eu n consivui entao resolvi. N fk cm ms ng pq eu amo o lucas d ms e ate ontem ele tava namo e cm issso me doia sq qd ele veio me conta q acabou n conti minha felicidade n sei oq rle sente por mim ele fl q n me esqueceu e ja faz oito meses q toaki queria sb cm q faço. Pra minha familia entender qeu o amo

    Gostar

    Comentar por Lorena | 9 de Outubro de 2014 | Responder

    • Pra nossa família acreditar na gente é necessário provar que crescemos e que somos maduras…

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 12 de Outubro de 2014 | Responder

  19. Sera qus meu amigo virtual gosta de mim ou so como amiga tipo ele fala que eu sou especial que sou diferente que vai mim espera que sou um anjo falamos muito em relacionamentos e tal mais talvez eu que to ficando maluca pois como ele vai gosta se nem mim conhece ele mim ver atravez de palavras e fotos nao tem vida sera msm ele so quer minha amizade realmente

    Gostar

    Comentar por brenafernandes | 10 de Outubro de 2014 | Responder

    • Será que é virtual ou real? difícil responder… que tal um encontro real num local publico onde você não corre risco para perguntar isto diretamente ao vivo para ele?

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 12 de Outubro de 2014 | Responder

  20. OI LEA, AINDA AGUARDO UM COMENTÁRIO SEU, (“SABRINA DE 24 DE JULHO”) JÁ RESPONDEU OUTROS POSTADOS DEPOIS DE MIM E PULOU O MEU. O QUE HOUVE?

    Gostar

    Comentar por sabrina | 14 de Novembro de 2014 | Responder

    • Olá Sabrina, penso que passou batido porque procuro responder todos, vou procurar o seu e pensar sobre algo. Sou psicologa, mas também humana e posso falhar. Você fez muito bem de me cobrar a resposta. Espero que outras pessoas que eu não respondi façam o mesmo que você! Afinal, ofereço este espaço para ajudar as pessoas a compreenderem melhor suas questões e encontrar soluções. Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 15 de Novembro de 2014 | Responder

    • Oi Sabrina, já respondi!

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 18 de Novembro de 2014 | Responder

  21. GOSTARIA DE FAZER UMA PERGUNTA A PSICOLOGA MAIS, MAIS NÃO ENCONTREI NEM UM LOCAL NESTA PAGINA PRA ISSO.

    Gostar

    Comentar por sidiney | 12 de Janeiro de 2015 | Responder

    • Olá Sidiney, você pode me enviar um e-mail com a sua pergunta!

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 12 de Janeiro de 2015 | Responder

  22. BOA TARDE. ADOREI VISITAR SEU BLOG.
    MANDEI UM EMAIL PARA VOCÊ . AGUARDO SUA RESPOSTA. OBRIGADA

    Gostar

    Comentar por ANA CLEBIA | 27 de Fevereiro de 2015 | Responder

  23. Oi Léa, tenho uma irmã de 33 anos que não tem nomorado e alguns poucos amigos no trabalho, mas não costuma sair com eles e nem sozinha.. Já sou casada, tenho dois filhos e ela quer sair comigo, mas as despesas para uma família de 4 pessoas é muito diferente de uma solteira, sem falar que com meus filhos juntos temos que fazer programação para crianças. Só me lembro dela ter tido dois namorados, é muito seletiva, critica, educada, porém nada simpática, frustrada. Quando tento conversar com ela sobre suas atitudes, ela é muito grosseira e não admiti seus defeitos. Reclama muito de tudo. Queria poder ajuda-lá, mas acho que ela não quer ser ajudada, gosta mesmo é de me atormentar. O que posso fazer por ela.

    Gostar

    Comentar por sabrina | 9 de Março de 2015 | Responder

  24. Tenho uma filha de 17 anos sempre deixamos ela sair com as amigas e sempre voltava tarde tipo 2 horas da manha agora ela arrumou um namorado de 18 anos e sai 11 horas e chega as 6 7 horas da manha comecei a pegar no pé dela mais ela esta ficando sem educação ela fala pra confiar nela que ela tem responsabilidade minha mulher esta conversando de sexo com ela ela fala que ela está doida que não esta fazendo nada não que quando fazer ela avisa e que estamos pegando no pé dela sempre demos liberdade de sair durmir na casa de amigas só que agora estou perdido no que faço estamos sendo muito criticado pela familia por deixar ela sair e chegar esses horários ela fala que os lugares que eles vão começam esses horários e acaba tarde antes a gente dava dinheiro pra ela sair somente uma vez por semana agora o namorado dela tem dinheiro pra pagar eles saien sexta e sábado e as vezes também no domingo no domingo ela chega mais cedo outra pré ocupação é que ele bebe e traz ela de carro já falei pra ela que eu busco ela mais ela fala que ele bebe pouquinho e não tem problema por favor me de orientação porque tem outra filha de 13 anos e já corrijo nela desde já muito obrigado

    Gostar

    Comentar por antonio | 19 de Abril de 2015 | Responder

    • Chega uma hora que a gente perde o controle sobre os filhos e o único caminho para chegar até eles é por meio de conversar de modo que eles se sintam acolhidos. Sugiro que num momento tranquilo vocês conversem com ela, sem jogar pedras, porque quando a gente joga pedra o outro põe um escudo. Digam que vocês a amam e que os tempos mudaram, que está difícil pra vocês conceberem os horários que ela fica fora. Digam que não se trata de vocês não quererem que ela se divirta e nem de vocês querem prende-la, mas se trata de afeto e preocupação. Digam que vocês se alteram porque são responsaveis por ela e estão vivendo um conflito: por um lado não querem prende-la e por outro precisam cuidar e proteger. Assim vocês abrem o caminho para a aproximação. A filha menor está vendo o sofrimento de vocês e também já aprende com esta experiencia. Quanto mais vocês demonstrarem abertos para escuta-la e acolhe-la, mais ela irá se abrir com vocês e isto aproxima. Em geral, com a filha mais nova a gente fica menos ansioso.
      A adolescencia é uma fase de rebelião, de trocar a familia pela turma e também é muito difícil para os pais. Saibam que se ela quisesse transar com o namorado poderia ir ao motel à tarde e dizer que foi ao cinema, penso que ela diz a verdade sobre o horário destas baladas.
      Vocês também podem orientá-la a ser firme e pedir um taxi para ambos se ela achar que o namorado bebeu demais. Em todo o caso, a bebida é bastante destrutiva, para o funcionamento da mente e do organismo, além de ter efeito cumulativo. Conversem isso com ela, assim ao menos lá na balada ela terá consciencia disto.
      Abraços,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 20 de Abril de 2015 | Responder

      • Muito obrigado lea gostei da orientação um abraço e deus te abençoe

        Gostar

        Comentar por antonio | 20 de Abril de 2015

  25. Leamichaan gostei muito de tudo que li aqui ,sou Esteticista e Massagista e Terapeuta ,você esta de parabéns aproveite muito que li aqui agradeço a você tem hora que precisamos de tirar um tempinho pra gente ver onde está os nossos erros e nossas vidas …o tempo passa e assim perdemos cada momento de viver a vida pela uma pessoa que não vale a pena…Deus abençoe hoje sempre muito sucesso paz amor saúde alegria felicidades um grande abraço ,,,Dani

    Gostar

    Comentar por Daneje Ferreira | 30 de Maio de 2015 | Responder

    • Obrigada Dani, fico feliz que você se beneficiou!
      Um forte abraço, com carinho,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 30 de Maio de 2015 | Responder

  26. Oi Lea, estou ansiosa no aguardo de sua resposta para o texto23.
    AGRADEÇO DESDE JÁ.

    Gostar

    Comentar por sabrina | 3 de Junho de 2015 | Responder

  27. Lea..boa noite
    olha eu novamente perdida no meu relacionamento. Ja pedi sua orientação as uns meses atras e segui seus conselhos. Deu tudo muito certo! Só q infelizmente resolve um e aparece outros.
    A briga começou pq emprestei umas roupas que ele me deu para uma amiga. Eu na o sou de emprestar , mas essa amiga e excessao da excessao. Disse que eu faço ele palhaço , que tudo que ele me da nao dou valor. Que não e só valor financeiro e sentimental tambem…
    Eu ja pedir perdao realmente tenho que mudar. Zelar das coisas que ele me da. Mas e meu jeito .
    Isso uma das coisas que desabafou que estava com saco cheio que vivo no celular assim vai . .ele falava com odio.
    Fiquei sem reação. Nao sabia que certas coisas o mogaria tanto assim.
    enfim terminou comigo e pior moramos juntos a 7 meses . Olha só a última frase da briga comigo. Voce pode continuar morando aqui mas nao tem espaço no meu coração. ( chega ser engraçado).
    Estou confusa se espero a raiva passar. Se converso mesmo assim mesmo ele com odio no coracao. Antes dessa briga estavamos indo tao bem. De repente desandou tudo. Me oriente mais uma vex Lea…por favor obrigada bjs

    Gostar

    Comentar por Mariana | 5 de Junho de 2015 | Responder

    • Mariana querida, este homem é muito sensivel. Ele deve carregar feridas profundas de relacionamentos anteriores ou da infancia. Qualquer deslize, por minimo que seja já toca na ferida e ela sangra. A vida fez com que ele desconfie que alguém possa ama-lo de verdade, por isso, inconscientemente ele fica buscando provas de que não é amado e a menor desatenção já é a comprovação que ele inconscientemente buscava para comprovar a teoria que criou sobre si de que não é amado. Isto gera ódio no coração dele e para se vingar ele diz que não te ama. ele é hipersensivel e você terá que tomar todo o cuidado do mundo ao se relacionar com ele para não magoa-lo, caso contrário, ele se frustrará e a frustração gera ódio!
      Dê um tempo a ele se recuperar que a relação vai voltar a ser tão boa como antes, e lembre-se muito cuidado e paciencia!
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 7 de Junho de 2015 | Responder

      • Muito obrigada! Lea

        Gostar

        Comentar por Mariana | 7 de Junho de 2015

  28. Preciso de ajuda.
    Tenho uma filha de 11 anos e não estamos sabendo lidar com ela.
    Fica com raiva de tudo,responde,está mal humorada o tempo todo ela sempre foi de personalidade muito forte mas ultimamente esse comportamento dela t me tirado do sério.
    Tenho outro filho de 5 anos o oposto dela, carinhoso e cuidadoso com todos e não sei mas automaticamente as atenções voltam pra ele e isso me mata Pq queria dar a mesma atenção pra ela mas a chatisse é tão grande que não consigo,pois ela está sempre a desobedecer.
    Não sei como lidar

    Gostar

    Comentar por Ines | 21 de Junho de 2015 | Responder

    • Sua filha está se sentindo roubada e por isso o mal humor. Ela nasceu primeiro e o irmão roubou o lugar que ela ocupava no olhar e no coração de vocês. Você diz que o seu olhar pelo menino transmite aceitação, alegria, afeto e vontade de ficar mais e mais junto dele. O olhar que você transmite a sua filha comunica que ela é chata, rabujenta, que não é aceita do jeito que é e que você não gosta de estar perto dela. Sei que é o jeito dela que provocou tudo isso, mas vocês entraram num circulo vicioso que o seu olhar aumenta a rabujice dela que aumenta o seu olhar frustrado e desaprovador e assim por diante. Você precisará se esforçar muito para interromper este ciclo vicioso e resgatar o melhor de sua filha. Ela está sofrendo, o irmão roubou a alegria dela. Esforce-se para que ela seja feliz outra vez, devolva para ela no seu olhar especular, que é o espelho onde ela se enxerga, que ela é amada, aceita, querida, que você tem prazer de estar junto dela. Procure evitar atividades afetivas com o menino na frente dela.
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 22 de Junho de 2015 | Responder

  29. Preciso de ajuda,namorei a 2 anos e 4 meses , no quando começamos a namorar ele insistiu que eu falasse quem foi meus ex,eu não queria fala mais de tanta insistência da parte dele que ,chegava a encher minhas paciência eu acabei falando dos meus relacionamentos que já tive. no dia que disse ele ficou de boa mais passou alguns dias ele começou a ter ciumes dos meus ex,começou a procurar eles em rede sociais e ate perguntar pra alguns dele o que aconteceu realmente entre nós.Hj ele tem 19 anos e eu 29 anos ,tirando isso nois sempre fomos unidos onde um ia outro tambem ia juntos ele sempre foi uma pessoa dedicada carinhosa e sempre fez de tudo por mim , o nosso motivo de brigas é sobre meus os relacionamento do meu passado,hj estamos a 20 dias separados, e ele me disse que me ama muitooo que sente minha falta sente saudades , sente saudades de conversa cmg, mais ele disse que sobre meu passado ele na entende porque me relacionei com tantas pessoas assim (tive 6 pessoas contando com ele) e agora ele disse que quer só ficar cmg, sair comigo , mais namorar serio no momento ele nao quer mais, mesmo que sente muita minha falta,e ele sempre deixou bem claro que nao tem outra pessoa na vida dele.

    Gostar

    Comentar por suelem | 23 de Junho de 2015 | Responder

    • A comparação é o veneno da nossa vida!
      Ele é dez anos mais novo que você e deve achar você um mulherão, se sente inexperiente e não está seguro quanto a propria performance, se sente um garoto diante de você. Ele pediu para saber quem eram os outros e não ta dando conta de ter visto o que viu. Pode ser que achou-os homens e na comparação se sentiu diminuido. Agora ele não aguenta ficar com você porque acha que os outros foram melhores, mais maduros e experientes. Ele só não se dá conta e não está compreendendo que você o elegeu assim como ele é porque provavelmente é de uma pessoa como ele é que você precisa, e na relação de vocês é a sua opinião que conta! Ele precisava uma uma ajuda terapeutica e ficar orgulhoso que você o escolheu!
      Tente conversr isso com ele,
      Sucesso e boa sorte!
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 23 de Junho de 2015 | Responder

  30. leamichaan, ja pedi pra ele ir , ele disse que ia atraz mais nao foi ,entao vou pedir pra ele ir a um terapeuta e vou com ele se for possivel, porque nao quero que um ciumes acabe com esse amor que nois sentimos um pelo outro, e ele me faz muita falta ja disse que eu escolhi ele pra ficar cmg, nois se da muito bem por isso no dia que ele vim na minha casa vou conversa com ele sobre essa hipotese.
    Oobrigado!

    Gostar

    Comentar por suelem | 23 de Junho de 2015 | Responder

  31. Olá, tenho 19 anos e não estou entendendo meus proprios sentimentos, sou muito fechada e um pouco tímida, a pouco tempo tive uma grande decepção amorosa, que me abalou muito e jurei a mim mesma que não teria e nem sentiria mais nada por ninguém, porem a pouco tempo comecei a prestar mais atenção do que devia em um amigo, ele tem um tipo de que “famosinho da internet” todas as meninas reparam nele, e meio que não sei o que posso estar sentindo, fico com vontade de chamar ele pra conversar porem fico com medo de estar atrapalhando, porem quando falo com ele parece que meu dia se ilumina e tudo filha mais leve, porem não sinto meu coração acelerar quando vejo ele como acontecia com o meu ex, mas quando conversamos, tudo fica mais leve e limpo, não sei o que esta acontecendo, e fico com medo de tudo.

    Gostar

    Comentar por Pamela | 23 de Junho de 2015 | Responder

    • Você fez um juramento que não poderá cummprir, e espero que não consiga mesmo, porque é muito jovem para nunca mais sentir nada por ninguém! Você teve uma decepção muito grande e isto te traumatizou e agora você tem medo de se apaixonar. Sim gostar de alguém é delicioso e arriscado. Há muita entrega, m sonhos, devaneios e a gente coloca muita energia e espectativa na relação. Por isso é perigoso, porque fica dificil corresponder a tanta espectativa. No entanto há um garoto que está mexendo com você e o apelido dele “famosinho da internet” revela que provavelmente ele adora e sabe como seduzir as meninas. Estes garotos podem conquistar muitas garotas e também faze-las sofrer. Sabendo disso, você já aprende com a experiencia anterior e sabe que é uma relação para curtir o momento. Assim você curte e não sofre! Será possivel?!
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 23 de Junho de 2015 | Responder

  32. Ola Léa eu sou a Suelem que fez um comentário no dia 23/06/ ,mandei aquele comentário pra vc e depois de dois dias voltamos foi muito bom ele foi na minha casa ,conversamos muito falamos de magoas de alegria ate de casamento,resolvemos tudo e marquei uma consulta no terapeuta pra ele , aceitou ir numa boa sem reclamar de nada rsrsrs.Mais agora surgiu um outro problema , ele passou na faculdade federal e ele vai ter que ir embora e a cidade eh muito longe de onde nois moramos uns 500 km eu disse pra ele que fiquei muito feliz por ele,mais vai fica muito dificil de nois se ver ,que la pra ele vai ser tudo novidade ,estudar muito muito mesmo,mais tambem vai ter farras festa e com isso ele pode esquecer de mim e ate larga por causa da distancia e por causa de farras, ele disse que nao que esta indo lá pra estudar e nao pra farrear (nao sei se ele vai se acostumar morar com um bando de homens fazendo bagunça e mexendo nas coisas dele , pq ele nao gosta de bagunça,nao gosta de coisas desorganizadas ) disse que vem pra me ver ,mais eu to com medo de perde ele pra sempre por esses motivos o que eu faço?

    Gostar

    Comentar por suelem | 23 de Julho de 2015 | Responder

  33. Tenho dúvidas…conheci uma pessoa ano passado virtualmente, de início fiquei com o pé atrás, depois de meses resolvi conhecer, foi mágico, o beijo, tudo foi perfeito, ele estava divorciado a pouco mais de um ano, e eu pesquisei bem achei o face dele e vi que era verdade tudo que contou, enfim namorados uns 2 meses apenas. Foi casado separou da mulher e foi morar com outra a ex virou amante e ambas engravidaram, a amante não o quis mais e ele voltou p esposa resumo não era feliz no casamento e hje os filhos adultos resolveu divorciar. Acredito que não era fiel… Não sendo preconceituosa ela é gorda e feia…observei o face dele tem umas 4 mulheres bem suspeitas, acredito que ele já se relacionou…é claro p mim, todas lindas… Quando ficamos juntos foi muito bom, mais do nada ele passou a me dar desculpas, sei que estava com outra ou outras, eu simplesmente evaporei, e ele me procurou muitas vezes, não respondi a ele, por último marcou um encontro com uma menina que trabalhava comigo, ela desconfiou q ele era meu ex e me pediu p mandar foto dele eu não conformei q o conhecia ele, resumo ele não ficou com ela e a usou para saber coisas sobre mim, acabou que eu fiquei bem chateada e ele me ligou e eu falei q não queria mais ele p ele não me procurar…ele insistiu muito mandou mensagens, vídeos… Tanto por celular quanto no face e nem sabia que ele sabia do meu face….bom passou uns 8 meses isso. Confesso que me apaixonei por ele eu nunca esqueci de nada, penso sempre nele, mais eu sou orgulhosa e não aceito traição e não acredito que as pessoas mudam. Ele é um homem rico e as mulheres o querem óbvio, e acho que acabam aceitando o que ele faz e voltam…enfim eu imagino isso, mais não tenho certeza. As vezes acho que ele pode estar sendo sincero, bom ele diz que se arrepende, que se pudesse voltar no tempo faria tudo diferente, pediu meu perdão por estragado tudo, que me amou e que ainda pensa em mim….acho que ele foi um sedutor que eu era só mais uma, e que ele não conseguiu fazer comigo o que estava acostumado fazer com outras, mentir e ter sempre que quisesse, ele é bem generoso, quando ficamos juntos nos primeiros encontro, viajamos, andamos de jet, lancha, fazia questão de comprar tudo p me agradar roupas, biquíni….presentes, jantares chiques, que mulher não cai em amores RS, mais eu não aceito eu prefiro não ter nada disso se não for sincero. Então eu não sei o que fazer, confesso que estou tranquila, mais toda vez q ele tem recaída, eu fico arrazada, por que começo a pensar nele novamente….Tenho medo de tentar de novo e me decepcionar. Respondi a ele que eu não o odeio, que eu fiquei com ele pq eu quiz que ele fez o quis TB, que os momentos que ficamos juntos foi muito bom que eu não esquecerei…mais q agora eu não estava disposta a tentar novamente nada…ele perguntou da minha vida filho, trabalho, que se preocupava comigo, que queria o meu bem, que ele era um novo homem, que queria meu perdão, daí eu falei da minha vida, por fim pediu p eu responder uma coisa…e eu não falei mais nada e nem ele… O que eu faço?

    Gostar

    Comentar por Ale | 31 de Julho de 2015 | Responder

    • Este homem é um sedutor e gosta de ficar transitando entre as varias mulheres que conquistou. Para ele quanto mais mulher ele conquista mais poderoso ele se sente. Não tenho duvidas que ele gosta de você, mas não se iluda, ele não é homem de uma só mulher. Se você optar em manter o relacionamento com ele, já entra nessa sabendo que será esporádico e que ele terá outras mulheres em relações paralelas. A escolha é sua. Você encara um homem assim?
      Pense bem,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 2 de Agosto de 2015 | Responder

  34. Nossa Léa, você falou tudo que eu precisava ouvir, é exatamente assim que eu penso, e por isso que cortei logo, porém eu sou uma pessoa extremamente radical me chateei já não quero mais, então eu fiquei confusa por não saber se estou sendo rígida demais…Eu nunca aceitaria um homem infiel, prefiro ficar só. Acho que as pessoas podem amar de verdade… Então eu prefiro aguardar a pessoa certa pra mim. Muito obrigada você é fabulosa!
    Um abraço. 🙂
    Ale

    Gostar

    Comentar por Ale | 3 de Agosto de 2015 | Responder

    • Que palavras boas de se ouvir! Fico feliz que ajudei!
      Um grande abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 5 de Agosto de 2015 | Responder

  35. história começou com um site de relacionamento o conheci a dez anos atrás, eu morava em uma cidade e ele em outra nos apaixonamos ele chegou conhecer uma parte da minha família, a princípio não cheguei a conhecer ninguém da família dele, somente a mãe através de webcam somente isso, acho que ele acabou se afastando por m motivos, tinha acabado de me separar e ele tava mais focado no trabalho e no filho, como até hoje,nestes dez anos eu tentei esquece-lo mais foi em vão, talvez por ter ficado uma coisa pendente voltamos a nos encontrar algumas vezes,cheguei a conhecer a mãe, os irmãos e os sobrinhos mas apesar disso nunca me senti segura em relação ao sentimento dele, nunca disse que me ama apenas que gosta,e p completar ru descobrir que usas estimulante sexual fiquei bolada… e ele nunca esta disponível p vir me ver eu que ligo e vou até ele, a última vez que liguei p ele,ele me disse que ia desligar o tel,isso era oito da noite disse que tinha acordado ele, como ele trabalha a noite toda e dorme o dia até ai tudo bem mas a minha resposta foi… então nao posso ligar hora nenhuma e ele trabalha a noite e de dia dorme, se eu ligo é porq sinto saudades, eu falei que não ia ligar mais, e ele falou liga a hora que vc quizer, mas fiquei magoada por isso, fico pensando no que fazer,acabar com essa história ou entender a situação dele por estar cansado…tô angustiada não sei o que fazer,por favor me de uma luz.

    Gostar

    Comentar por Adriana | 29 de Agosto de 2015 | Responder

    • Este homem parece ser bem individualista e ele já demonstra o que tem para oferecer e parece ser pouco. Se você está disposta a ficar com ele terá que se acostumar com este pouco que ele oferece e que sempre te deixa insatisfeita e terá que canalizar a sua energia em outros elementos da vida que podem te trazer mais satisfação é maior retorno. Tal como amigos, cursos, trabalho, lazer, viagens, etc…
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 30 de Agosto de 2015 | Responder

      • Brigada pelo conselho no fundo eu já suspeitava disso só queria um reforço de alguém experiente, com certeza nao vou criar expectativa.e ver no que vai dar sem me diminuir porq sou uma grande mulher e sei dos meus valores e me acho uma bela mulher.

        Gostar

        Comentar por Adriana | 1 de Setembro de 2015

  36. Eu estava sem noção do q fazer qdo achei o seu blog .Preciso urgente da sua ajuda dos seus conselhos.Tenho dois filho uma de 13 e um de 16 anos.Até dois meses atrás uma família maravilhosa.Meu filho trabalha estuda daquele jeito sempre estou na escola pra me orientar.Joga vídeo game mas não sai com amigos escolhe namorada a dedo.Mas arrumou uma namoradinha qdo conheci os país não gostei da educação que eles passam para ela.Assutei sou super conservadora somos cristãos ,mas sempre ouvintes dos filhos .Sempre se abrem conosco ,mas os país da menina de 16 anos são ateus e são liberais .E isso me assusta mandam namorar no quarto ,Pq preferem q se acontecer que seja na casa .A mãe da menina encorbeta qdo meu filho mata aula ,aliás coisa q ele nunca havia feito .E o que mais me preocupa é que a mãe da menina elogia muito ele e desfaz da filha .Fala que ele é lindo ,coxas grossas etc…que ela não merece ele etc.A mãe da menina vai no trabalho do meu filho vigiar ele ,ela liga pra ele manda msgs quase tdos os dias.Mas ele me conta mas não mostra td e o celular ta com bloqueio. Proibi ele de namorar na casa dela ,não confio nos país Pq até o pai o chamava pra assistir filme e mandava os dois pró quarto.Agora ele ta apaixonado cego ,e aqui em casa uma batalha meu marido travando uma luta com ele quase se batem por favor me ajude.

    Gostar

    Comentar por Daniele Fernanda Antunes | 3 de Setembro de 2015 | Responder

    • Você mesma já se considera super conservadora, isto é sinal evidente que não está aberta para novas ideias e novas maneiras de ser e de viver. No entanto, os pais da menina não são perfeitos, e falham quando dizem que ela não merece o seu filho, também que tanto esta mãe procura o seu filho? Ela não sacou que ele é o namorado da filha, e não dela? Mas penso que o mundo está perigoso e inseguro e que fazer amor é algo natural, afinal, o sexo é expressão corporal do amor que uma pessoa sente por outra, assim sendo, cabe a você orientá-lo para usar preservativo. Sugiro que você sempre converse com ele de forma compreensiva e acolhedora, também procure se abrir pro mundo atual, caso contrário, você corre o risco do seu filho se sentir bem mais à vontade na casa da namorada do que na sua. Ser mãe é acompanhar nossos filhos e nos abrir para novas possibilidades,
      Um forte abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 4 de Setembro de 2015 | Responder

  37. Boa noite Doutora!
    Muito legal o seu blog, tenho certeza que ajuda muitas pessoas 🙂
    Estou confusa em relação a que forma agir!
    Tenho alguns amigos no trabalho, e um deles se “apaixonou” por mim, se declarou e sempre fazia de td por mim. ..
    Até que um dia fomos a uma festa e o meu outro amigo foi me dar uma carona para irmos, e o cara que se apaixonou por mim disse para o meu amigo “nao se aproximar de mim porque eu estava com ele “(sendo que nunca havia com ele!).
    O outro leva isso ao pé da letra e eu estou MUITO afim dele porque somos bastante amigos e estamos juntos todos os dias…Acho ele incrivelmente parecido comigo, mesmo sendo imaturo e infantil em muitas coisas…
    Acho que estou vendo só as qualidades dele e isso está me deixando meio maluca.
    Ele fica gracinha, mas não parte pra ação, se eu não dou bola e ignoro ele fica me cutucando.
    Já chamei ele para vir até minha casa e ele não veio, uma vez deixou nas entrelinhas que ficar com amigo estraga a amizade e hoje descobri que ele quer ficar com uma menina que não é legal.
    Sou uma pessoa muito emotiva, não consigo esconder minhas reações, fiquei brava hj com ele, não conversei com ele ( lembrando que somos muito amigos e estamos sempre juntos).
    Estou bem decepcionada com essa descoberta.
    desculpe o texto tão grande!
    Vou tentar agir como uma pessoa normal, mas estou muito aborrecida mesmo com isso 😦

    Gostar

    Comentar por Paula | 7 de Setembro de 2015 | Responder

    • Você tem todo o direito de estar aborrecida, afinal você é humana! Saiba que é muito raro duas pessoas estarem na mesma sintonia com relação ao afeto amoroso, você gosta dele e ele gosta de outra, enquanto outro gosta de você e você gosta de outro… Assim é a vida, alguém tem que ceder… Só em filme que tudo se encaixa perfeitamente,
      Um abraço,
      Lea

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 8 de Setembro de 2015 | Responder

  38. Lea bom dia!!! entro nesta pagina, só para agradecer o que está a fazer com as pessoas, olha quanta coisa e situações diversas e você prontamente responde a maioria, maravilhoso seu trabalho, eu vejo da seguinte forma: Algumas pessoas se doam indo a hospitais, doando alimentos etc. Vejo alguns blogs e afins que o profissional cria responde algo e abandona. Parabéns Lea, apenas um admirador de seu trabalho que está inclusive me ajudando e muito. Abçs

    Gostar

    Comentar por naldi | 16 de Setembro de 2015 | Responder

    • Obrigada! Felicidades

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 20 de Setembro de 2015 | Responder

  39. Boa noite!! Sou G.N, tenho 18 anos e durante toda minha vida até hoje sempre tive o orgulho como uma proteção, como de costume já sofri demais por isso. As pessoas me tem como carrasca e forte, chegam a ter medo de mim rs.. Ao contrário do que parece, me decepciono facilmente, e me encantar não é uma das coisas mais difíceis, mas que cada vez me faz insistir que ser orgulhosa e me fechar seria a melhor forma. Em relação aos meu relacionamentos da mesma forma, namorei com uma pessoa por 6 meses, a distância, mas o mais extraordinário é que ele era meu melhor amigo e sempre tive dúvidas se ele era gay, até hoje tenho.. Um verdadeiro enigma foi essa história de 6 meses, recebi as mais lindas declarações de amor que uma menina pode receber, mas nunca me senti à vontade ou melhor nunca senti verdade, me esforçava porque eu cheguei a ter dó dele(L) por fazer tudo pra mim e eu sempre na esquiva, nunca baixava a guarda, nunca demonstrei sentimento. Na verdade esse é um dos outros grandes problemas, não sei demonstrar sentimentos, e meu maior medo é a solidão, tenho pavor de me sentir só. Sou uma garota de poucos amigos, e todos eles reclamam da mesma coisa, “é grossa e fria”, alguns anos atrás eu era ainda pior, já mudei bastante.. É uma espécie de ligação que faço entre orgulho e baixa auto estima, me fecho completamente. Depois do término nos falamos algumas vezes, mas nada de concreto. Depois dele(L),ou antes, existia um garoto(B) que passou um bom tempo atrás de mim, eu era surpresa até porque nunca ninguém tinha sido tão persistente, por meio de uma amiga minha, ele me mandava recados e palavras bonitas, só existia dois problemas, sou do tipo que tem que ter muita conversa pra chegar ao interesse da minha parte, antes de tudo um garoto tinha/tem que me ganhar pela conversa e atenção, e era tudo o que ele não fazia, e o outro era que eu não tinha o mínimo interesse, absolutamente nenhum. O que mais me atrair em um garoto é o sorriso, e como ele se comporta, dai então nele(B) eu não encontrava nada disso. Foram longos meses “aturando” ele no meu pé, ele e essa amiga minha que achava que formaríamos o casal ideal, acho que isso ajudo a que eu perdesse mais ainda o interesse. A gente morava em cidade diferentes, ele na capital e eu em um cidade a 60km, um dia ele foi lá atrás de mim, e eu já tava esgotada dessa história. Depois de 2 meses ainda continuava as investidas, e eu conheci o melhor amigo dele(A), mas não sabia, pra mim ele era de verdade um amigo, mas hoje vejo que dá parte dele tinha segundas intenções, marcamos de sair até que um dia ele disse pra mim que não podia porque o um dos melhores amigos dele era apaixonado por mim, e não podia fazer isso com ele, foi o desfecho pra mim, perdi a cabeça e logo disse “To criando raiva da cara dele”, isso chego até ele(B), e na época eu não estava nem aí. Discuti com o outro (A) até que perdemos contato. Fiquei sabendo pela minha amiga que ele disse a seguinte frase “nenhuma mulher fez isso comigo”, desde foi o fim. Depois de um ano vi o tal(B) só que dessa vez não foi com olhos de desinteresse, não sei o que aconteceu, achei bonito e charmoso, o sorriso principalmente, pela primeira vez me chamo atenção. Depois disso não o vi, e ainda tento entender isso…

    Gostar

    Comentar por Naylla Gomes | 23 de Setembro de 2015 | Responder

    • Tanta frieza, orgulho e proteção forma uma barrera entre você e os garotos, e você tem tanto medo de ficar só que para não ficar só, penso que já está só, porque quem não se entrega não tem ninguém, está só,
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 27 de Outubro de 2015 | Responder

  40. Léa eu gostaria de saber se vc tem um email para que eu possa “conversar” sobre alguns pontos que estou tendo grande dificuldade para lidar nesse momento.. Desde já agradecida

    Gostar

    Comentar por Paola | 26 de Outubro de 2015 | Responder

  41. Ola boa tarde!
    Eu não entendo por que minha mae sempre desfaz de mim…se eu corto o cabelo todos gostam e elogiam mas ele critica…minha comida é divina, todos elogiam mas ela so abre a boca para colocar defeitos. Eu não entendo esse comportamento dela.

    Gostar

    Comentar por Nira | 13 de Fevereiro de 2016 | Responder

    • Sua mãe compete com você, ela não consegue admitir que você receba elogios, ela tem a autoestima baixa e por isso não consegue enxergar as qualidades da filha, você precisa compreender que mães também sentem inveja dos filhos e se ela destrói o que você tem de bom é sinal que você incomoda com suas qualidades. Veja isto como um elogio, porque ninguém da paulada em cachorro morto.
      Desista de receber elogios e reconhecimento da sua mãe, pode ser que ela esteja devolvendo pra você o que a mãe dela fez pra ela. Este é o registro de mãe que ela tem e você mão merece pagar o pato!
      Um forte abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 21 de Fevereiro de 2016 | Responder

  42. Olá bom dia, será que eu posso mandar um e-mail solicitando ajuda? não está nada fácil.

    Gostar

    Comentar por Cristina | 12 de Julho de 2016 | Responder

  43. Olá! Boa tarde Léa! Seus textos são excelentes, mas escrevo para saber o que é crise existencial? Obrigado!

    Gostar

    Comentar por Alessandro | 27 de Outubro de 2016 | Responder

    • É quando a gente não sabe como existir; o que a gente quer fazer com a nossa vida, com o nosso tempo neste planeta, e nem qual é a nossa vocação.
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 11 de Novembro de 2016 | Responder


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: