Psicóloga Responde

Dicas úteis para o dia-dia

Carência afetiva

Tenho recebido muitas cartas em que este tema é o problema central dos meus leitores, por isso escrevo algumas linhas para aqueles que se sentem carentes. E atire a primeira pedra quem não sofre desse mal. Todos nós seres humanos sofremos, às vezes mais, outras vezes menos de carência afetiva.

Que situação difícil quando a pessoa de quem gostamos é colega de trabalho ou o teu vizinho, então você o vê direto. E agora? Não dá pra mudar de casa ou de trabalho. O que fazer?

Bem, vamos pensar. Pelo que parece, nestes casos, ele gosta de você como amiga, então não é o caso de lutar para conquista-lo porque daí você estará dando murro em ponta de faca. Pode acabar perdendo tempo, colocando muita energia em algo que já está perdido, e o pior, se desvalorizando.

Dizer: “você tem que partir pra outra”, é muito fácil, o duro é fazer isto.

Mas, para te ajudar, vou te contar alguns segredos:

1-      Você sabia que a gente escolhe gostar ou não gostar de alguém?

2-      Você sabia que ficar pensando nele e devaneando com ele é perder tempo e oportunidades em investir em alguém que de fato vale a pena?

3-      Você sabia que provavelmente você nem gosta do vizinho, ou do colega de trabalho em si, mas da imagem que você criou dele? Provavelmente você o idealizou e na vida real ele é muito diferente do que você idealiza, porque nada pode ser perfeito, sem defeitos ou falhas como acontece dentro das nossas ideias, então possivelmente você iria se decepcionar.

4-      Outra coisa, você o quer justamente porque ele não te quer, então ele se transformou num desafio pra você. Se ele te quisesse, acabaria perdendo a graça.

5-      Além disso, quando você pensa nele, você sofre. Então porque você acha que pensa tanto assim nele? Será que não é um pouco de masoquismo?

 

Querida amiga; Sugiro que você leia e releia o que te escrevi, depois tente colocar isto em prática e libertar-se deste “suposto” amor platônico que te aprisiona no qual você está enclausurada, não sobrando energia para investir num amor real e deixando você livre para viver um amor de verdade no qual você será correspondida e poderá dar e receber todo o amor que merece!

Sucesso!

Um abraço,

Léa

 

Anúncios

11 de Setembro de 2012 - Posted by | carencia afetiva

12 comentários »

  1. olá leia ME ENCOTRO ASSIM DESSA FORMA,E COmo SE VOCE ME DESCREVEU E QUERO ME LIBERTA DISSO
    SE PODER ME AJUDAR TE AGRADEÇO PORQUE NÃO FAZ MAIS SENTINDO A MINHA VIDA ,SE PODER ME RESPODER VOU DEIXAR MEU EMAIL BJUS XAU!

    Gostar

    Comentar por luciana santos | 16 de Dezembro de 2012 | Responder

    • Minha querida, releia o artigo saboreando, mastigando devagar, digerindo bem e coloque em prática!
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 16 de Dezembro de 2012 | Responder

  2. Mie Ke disse…

    A todos àqueles que necessitam de auxílio com a “carencia” e/ou “dependência afetiva”, enviem email para: evergreen127@lycos.com
    Se você quer conversar, se você sente sozinho ou sozinha, se você pensa que ninguém gosta de você, se sente que está sendo traído ou traída e quem ninguém te dá o merecido valor, por favor me escreva. Quero ajuda-lo ou ajuda-la a sair desse pesadelo, criar novas amizades, enxergar as coisas de outra forma, acordar para a vida e vive-la de fato. Sair dessa prisão. Compartilhem suas experiências, suas dores, seus medos, exponham o que sentem e pensam. Juntos podemos progredir e viver plenamente.

    Um abraço à todos,

    Mie Ke

    Gostar

    Comentar por Mie Ke | 26 de Novembro de 2013 | Responder

  3. A todos àqueles que necessitam de auxílio com a “carencia” e/ou “dependência afetiva”, enviem email para: evergreen127@lycos.com Se você quer conversar, se você sente sozinho ou sozinha, se você pensa que ninguém gosta de você, se sente que está sendo traído ou traída e quem ninguém te dá o merecido valor, por favor me escreva. Quero ajuda-lo ou ajuda-la a sair desse pesadelo, criar novas amizades, enxergar as coisas de outra forma, acordar para a vida e vive-la de fato. Sair dessa prisão. Compartilhem suas experiências, suas dores, seus medos, exponham o que sentem e pensam. Juntos podemos progredir e viver plenamente. Um abraço à todos, Mie

    Gostar

    Comentar por Mie | 14 de Março de 2014 | Responder

  4. Boa Tarde
    Dediquei a minha vida a uma pessoa durante 20 anos, o mesmo nunca fez nada por mim nem siquer lutou pelo meu amor nenhuma vez.
    Tenho um filho de 6 anos com ele, e a aroximadmente 20 dias estamos separados ele nunca gosta de dar satisfação se sentia solteiro e eu cobrei isto e nos insultamos fortememente e nos agredimos e e ele foi embora.Constamente me xinga de nomes feios quando fica nervoso, parece que so eu me emprenhei nesta relação e pra ele foi so costume e conveniencia.
    Tentei ligar mais ele nao quer falar comigo enem da atenão para o filho, porque sofro por alguem que so me fez mal e nao valorizou meu amor.
    Preciso de ajuda como seperar não quero mais sofrer, preciso esquecer pois ele nao ta nem ai e eu to aqui sofrendo muito.quando deveria ser o contrario

    Gostar

    Comentar por elizandra | 28 de Maio de 2014 | Responder

    • Olá Elizandra, vejo que você escreveu algumas cartas para mim, isto é sinal evidente que você está desesperada em busca de palavras que possam te ajudar a pensar e atravessar este momento tão difícil. De fato é injusto o que acontece com você. Parece que não há muito o que esperar deste homem, ele não te valoriza, não te respeita e você precisa mudar o foco de interesse porque deste homem não há o que esperar. Invista em seu filho, procure algum trabalho, invista em sua aparência, faça algum curso e pare de pensar no que você sofreu, sofre e se não parar de pensar nele, continuará sofrendo. Dê um basta neste sofrimento colocando suas energias em elementos da vida que te darão retorno, continuar pensando nele e se ressentindo só tira mais e mais suas energias e não te leva a nada. Dê a volta por cima! Seja forte para ser feliz!
      Um abraço,
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 29 de Maio de 2014 | Responder

      • Léa eu amo um rapaz dês de quando eu tinha 13 anos e nunca conseguir amar nenhum outro homem 😭😭

        Gostar

        Comentar por daniela | 11 de Junho de 2015

      • Você está obcecada por ele, você criou uma idéia sobre ele e ama a idéia que fez dele – você idealizou esta pessoa, e ninguém pode ser tão bom quanto é alguém idealizado! Procure libertar-se desta obsessão para amar alguém que corresponde ao seu amor!

        Gostar

        Comentar por leamichaan | 11 de Junho de 2015

  5. Boa tarde,
    Fui casado por 18 anos, tivemos uma filha que hoje tem15 anos, e me dou muito bem, mas como nem tudo são flores e o desgaste do relacionamento, eu e minha ex nos divorciamos a 2 anos atrás. Minha história começa agora…
    Com a separação me reservei a ficar sozinho, e dei férias pro meu coração.
    Questão de 1 ano atrás, através de uma rede social reencontrei uma pessoa que na minha adolescência representou muito em minha vida, mas que se encontrava casada, com um filho pequeno de 7 anos, e que seu casamento já não era mais o mesmo, se sentia muito sozinha, sempre a cuidar do filho, pois seu marido só se preocupava com o trabalho e seus pais. Ela, como filha única e sem muito contato com sua mãe, ficava isolada. Ela morando em outra cidade, Começamos a nos comunicar virtualmente e logo por telefone, me vi na adolescência, e o mesmo por parte dela. Marcamos um encontro e nos reencontramos, nossa!!! Melhor impossível, visto que a paixão veio a tona novamente…nos encontrávamos sempre que podíamos. Enfim, ela se divorciou faz 6 meses, mas ainda diz não poder assumir nosso relacionamento ainda, muito prematuro, sinto-a distante as vezes. Sou e estou completamente apaixonado por ela novamente, ela diz que sou extremamente carinhoso, prestativo e que sou seu homem, mas hora passa em minha cabeça o porque desta distância…
    Já tentei conversar, e ela diz estar tudo bem, que me ama também. Não quero e nem vou forçar a barra, só não sei como agir, não pressiono, sou paciente, ou seja, paciente até quando??? só fico esperando de um resultado positivo para o nosso relacionamento…
    Vocês, como mulheres.. Me dêem uma luz?!?!!
    Grato,
    Marcello.

    Gostar

    Comentar por Marcello Lira | 15 de Junho de 2014 | Responder

    • Pode ser que do mesmo jeito que logo quando você se divorcio desejou ficar um tempo sem compromisso, ela também queira isso. As pessoas têm ritmos diferentes, desejos diferentes e necessidades diferentes e é muito difícil obter sintonia, por isso aproveite o que ela pode te dar e mesmo que você esteja, neste momento, mais apaixonado por ela do que ela por você, aproveite o que ela têm para te dar e procure aceitar que a intensidade dos sentimentos entre vocês é diferente! Sei que não é fácil, porque requer maturidade e inteligencia emocional. Você pode investir a energia que não pode canalizar nela em sua filha, seu trabalho, estudos, viagens, lazer, etc. Cuidado para não ficar obcecado na moça!
      Pense nisso!
      Léa

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 23 de Junho de 2014 | Responder

  6. Eu amo muito meu namorado estamos 2 anos e 3 mes e eu to sofrendo muito com ele tudo nós brigamos sera que o amor acabou e devo parti pra outra?

    Gostar

    Comentar por samara carvalho | 16 de Junho de 2015 | Responder

    • Você diz que o ama, então antes de terminar procure identificar o que está acontecendo para vocês brigarem tanto e tente mudar isto!

      Gostar

      Comentar por leamichaan | 18 de Junho de 2015 | Responder


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: